Com a encenação, Maluf chegou a enganar muita gente, menos os médicos e juízes

Resultado de imagem para maluf preso

Maluf usa sapatos inadequados a pessoas inválidas

Carlos Newton

A Tribuna da Internet se caracteriza por ser um espaço democrático, no qual os participantes expõem suas opiniões livremente e com a maior franqueza. Constata-se aqui a evidência do “brasileiro cordial”, identificada pelo grande jornalista, sociólogo e historiador Sérgio Buarque de Hollanda em sua obra mais conhecida, “Raízes do Brasil”. No caso da prisão de Paulo Maluf, por exemplo, muitos comentaristas defenderam a tese de que ele deveria ser beneficiado pela prisão domiciliar, devido a seu precário estado de saúde.

Essa visão humanitária é louvável e necessária. A aplicação da Justiça jamais pode ter conotações de vingança, as punições precisam sofrer limites. No caso de Maluf, porém, montou-se uma grande farsa, porque seu estado de saúde nada tem de precário.

FALSO CÂNCER – Como dizia Nelson Rodrigues para alfinetar seu grande amigo Otto Lara Resende, o mineiro só é solidário no câncer. E foi justamente o alardeado argumento de que Maluf estaria com câncer na próstata que causou maior comoção às pessoas de bem que nunca estiveram pessoalmente com o político e não sabem do que ele é capaz.

Agora, com o minucioso laudo do Instituto Médico-Legal, ficou confirmado que Maluf não tem câncer. Pelo contrário, operou e extraiu a próstata em dezembro de 1997 e não ocorreu remissão – o paciente está curado. Mas é claro que ficaram sequelas, como a incontinência urinária, que obriga o parlamentar a usar fraldas geriátricas. Mas isso não é motivo para não cumprir pena. Afinal, se o ministro Eliseu Padilha pode trabalhar normalmente nessas condições, comparecendo todo dia ao Planalto, por que Maluf não poderia passar férias numa colônia penal, como diria Jorge Benjor?

Resultado de imagem para maluf preso

A muleta estava dentro do carro e Maluf só usou na PF

QUASE INVÁLIDO – Houve também quem se compadecesse ao ver as imagens de Maluf trôpego, usando muleta e sendo apoiado por agentes federais. Mas era tudo encenação. Maluf nunca foi visto de muleta na Câmara, onde usava uma discreta bengala e se movimentava por todo canto, sem a menor dificuldade.

Nos aeroportos de Congonhas e Brasília, jamais foi visto embarcando ou desembarcando em cadeira de rodas, que é obrigatória para passageiros com problemas de mobilidade, que têm de sentar sempre na primeira fila.

FILMAGENS REVELADORAS – Quando foi se apresentar às autoridades, as televisões filmaram Maluf andando até o carro e entrando pela porta traseira, sem ajuda de ninguém. E a muleta estava dentro do veículo. Além disso, ele calçava sapatos sociais pretos, e quem tem problemas para caminhar sempre usa tênis ou sapatos especiais, com sola de borracha, para não escorregar.

Ao sair do carro, na Polícia Federal, Maluf mal podia ficar em pé, usava a muleta e pedia ajuda a quem estivesse próximo, como se realmente não conseguisse andar. Foi um quadro capaz de causar compaixão e até revolta ao brasileiro cordial. Mas era só uma impactante encenação. Por seu desempenho, Maluf até faz por merecer o Oscar de Ator Coadjuvante, pelo menos.

###
P.S. –
O laudo pericial só teve um erro, ao revelar “incontroverso quadro de saúde do reeducando”. Chamar Maluf de “reeducando” é Piada do Ano, porque ele um réu altamente irrecuperável, que sempre debochou da Justiça.

P.S. 2 – Por fim, esperamos que os brasileiros continuem a ser cordiais, embora estejam hoje sendo explorados por criminosos insensíveis, que conseguiram dominar os principais cargos da política, como fez Maluf, que quase chegou à Presidência da República, lembram? (C.N.)

12 thoughts on “Com a encenação, Maluf chegou a enganar muita gente, menos os médicos e juízes

  1. Sinceramente este pilantra não me enganou. Não acredito em 99,999999% dos nossos polítocos. Eus os classifico com os piores adejitovs que existem em nossa língua.

  2. Ai vem a pergunta, roubar tanto para que? Para no fim da vida ter que recorrer a vigarice para não ter que morrer num calabouço? Ou ele tinha plena certeza que jamais seria preso? E o que esta acontecendo é apenas um acidente de percurso.
    Caixão não tem gaveta, leva só o corpo, então roubar em demasia, só pode acarretar problemas, mesmo neste Brasil do temer misericordioso com os ladrões.
    O Brasil muda pra valer, ou isto ainda vai acabar no “PAU”.

  3. Caro Carlos Newton,
    Você já sabe o quanto admiro o seu trabalho e a sua pessoa ….apenas gostaria de pedir para que vocé sempre mantenha este senso de perspicácia, sagacidade, e o humor quando comenta as matérias…pois , apesar de todo o descaso por parte dos governantes , políticos e magistrados que se consideram acima de todos, tenho orgulho de ser brasileira e tenho fé que um dia seremos um país honesto , tranquilo para se viver e com qualidade de vida em todos os sentidos….volto a dizer pessoas como você , Dr. Jorge Béja e outros, são importantes para que está mudança ocorra… obrigada por vocês existirem….
    Feliz 2018 a todos! Com coragem, força, saúde, paz e muita luz!
    Abraços.
    Suely

    • Prezada leitora e comentarista Suely,
      Sua escrita caiu-me como um BÁLSAMO, pois o que assistimos o que está ocorrendo neste pobre país já ultrapassou do limite do suportável.
      Que DEUS PAI CELESTIAL ilumine o povo brasileiro para que um dia, o que a leitora almeja finalmente aconteça em nossa amada pátria Brasil: um país honesto, tranquilo para se viver e com qualidade de vida em todos os sentidos….
      Que todos NÓS tenhamos um 2018 muito melhor do que está sendo essa desgraça que é 2017.
      Que tenhamos saúde, paz e, sobretudo coragem e força para que tenhamos de volta a nossa amada pátria Brasil.

      • Caro João Amaury,
        Só nos resta ter esperança sempre e sempre, senão a vida fica complicada….a gente sempre escolhe qual lado da vida quer levar….eu prefiro o bom, o belo com alegria e fé…. mas com seriedade ….fazendo a minha parte…que bom que minhas palavras possam ter te tocado…vamos ser otimistas mesmo …. vale a pena acreditar!
        Abraços e felicidades.
        Suely

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *