Com a privatizao, quem administrar os preos da energia? Subiro na mesma escala dos combustveis?

TRIBUNA DA INTERNET | Conta de luz continuar em agosto com taxa extra mais  elevada, informa a Aneel

Charge do Tacho (Arquivo Google)

Roberto Nascimento

A privatizao da Eletrobrs ser um crime contra o Brasil, se for concretizada. Ser que repetiro o absurdo feito pelo ento presidente Fernando Henrique Cardoso, que privatizou uma das maiores mineradoras do mundo, a Vale do Rio Doce, por R$ 3 bilhes, quando valia R$ 1 trilho, no mnimo?

Estimar a Eletrobrs, num valor de 67 bilhes j seria motivo para convocao de uma CPI, mas no Brasil de hoje no podemos contar com isso.

ESTADO MNIMO O pior que tambm no podemos contar com a Procuradoria-Geral da Repblica nem com o Tribunal de Contas da Unio. Essas duas instituies do Estado, alis, que deveriam ser tambm privatizadas. Se para ter o Estado Mnimo como querem, privatizando nossos maiores patrimnios pblicos como a Eletrobrs e Petrobras, muitas outras instituies perdem a razo de existir.

Olha, seria uma economia significativa para o pas. No isso que os neoliberais querem? Ento, que a privatizao seja como a anistia poltica ampla, total e irrestrita.

Como registrou Nlio Jacob aqui na Tribuna da Internet, as concessionrias privadas s tem compromisso com o lucro. A responsabilidade social e a integrao nacional no tm a menor importncia para essas empresas privadas.

POR EXEMPLO As concessionrias privadas de energia tero lucro no eixo Minas, Rio e So Paulo, alm dos Estados do Sul, mas e o Norte do Brasil, to carente de energia eltrica, por causa dos entraves geogrficos. Tem hidroeltricas, mas, poucas linhas de transmisso.

Por que preciso ter preocupao com a energia? Ora, o Brasil vivia no feudalismo na dcada de 40. O poder civil, com Getlio Vargas e o apoio de militares nacionalistas, criou a Companhia Siderrgica Nacional, a Petrobras e depois a Eletrobrs, o trio do progresso da industrializao brasileira. A iniciativa privada nada fez para tirar o pas do atraso. Foi o Estado, com seu poder financeiro, que investiu na industrializao, que ora vive uma fase dificlima.

E OS PREOS? – Agora, vo entregar tudo para os empresrios, tirando do Estado mais um trip do progresso, talvez o ltimo. Quem controlar a poltica de preos? A Bolsa de Nova York, claro. Nenhum presidente ter poderes de conter a poltica de preos da energia, como Bolsonaro no tem hoje com o aumento dos combustveis.

O Brasil experimentar aumentos casados de combustveis e energia eltrica. Sabemos que esses dois setores so vetores de inflao e carestia, principalmente para os mais pobres. A iremos reviver a inflao no padro de Sarney e FHC.

E ainda tem outro detalhe, que piora ainda mais esse desastre. Se o concessionrio experimentar prejuzo no negcio, por m administrao, por exemplo, e desistir da concesso, ser indenizado por investimentos no amortizados, conforme o ministro Tarcsio de Freitas, da Infraestrutura, defendeu para os concessionrios que desistiram dos Aeroportos do Galeo (Rio) e de Viracopos (Campinas). O empresrio desiste e por isso indenizado.

FIM DO CAPITALISMO – E se essa moda pega? O sujeito vai a uma agncia, compra um automvel financiado, usa vontade por dois ou mais anos, ento desiste do carro, alegando um motivo qualquer, pode ser at a pandemia, e pede indenizao. Que farra, hein! Seria o fim do capitalismo. E da? O que o ministro Tarcsio de Freitas est fazendo com o Galeo, indenizando a empresa Changi de Singapura, o chamado socialismo reverso. Tira do Estado para dar para o Privado.

Assim, o Brasil pode estar caminhando, a passos largos, no rumo do separatismo. assim que comea, de insatisfao em insatisfao. Depois iro chorar e espernear, conforme faz hoje, o presidente Vladimir Putin. Quem fez a lambana j morreu faz tempo, me refiro a Mickail Gorbachev e a Bris Yeltsin.

Quem ser o Yeltsin brasileiro? A Eletrobrs ter o mesmo destino dos aeroportos? E a Petrobras, seguir o mesmo roteiro macabro? O povo brasileiro no merecia gestores desse naipe.

18 thoughts on “Com a privatizao, quem administrar os preos da energia? Subiro na mesma escala dos combustveis?

  1. Mas se eles no estivessem dispostos a entregar, no estariam onde esto.
    Digo isso, porque a Petrobrs to potente que precisa de dcadas para destrui-la. Como tem acontecido desde 1990.
    PS: Pode ser consequncia de meu analfabetismo geopoltico, mas a meu ver os militares foram “obrigados” a entregar o poder para os civis porque o Brasil estava dando certo.
    Se tivessem lutado pelas “diretas j’ que j tinha o povo mobilizado, o presidente eleito seria inevitvelmente o Eng Leonel de Moura Brizola e a o desenvolvimento continuaria a par e passo com o dos militares e melhor ainda, acompanhado de “Educao” ampla geral e irrestrita para o povo; mas, ento deixaramos de ser quintal dos ianques.

    • Concordo com voc Jos Pereira Filho.
      No h outro caminho para o desenvolvimento da nao, do que o investimento exponencial na Educao de tempo integral.
      Foi o que BRIZOLA fez, entregando 500 Centros Integrados de Escola Pblica, os CIEPS. Nenhum sucessor de BRIZOLA construiu uma nica unidade, inclusive os dois governadores do PDT, Garotinho e Rosinha. No acredito que Ciro, o faa. Ele nem comenta sobre esse legado educacional do BRIZOLA. A ideia foi de Darcy Ribeiro e Niemiyer colocou prtica. Vocs j pensaram nesse trio de gigantes no Planalto?
      Os retrgrados Brasileiros no perdoaram Leonel BRIZOLA.
      Hoje, quem menos gasta com Educao, mais endeusado pela Avenida Paulista.

    • J estamos pagando muito caro hoje, Dirceu. E pior, os servios so de pssima qualidade.
      Os trens da Supervia privatizada so um horror na prestao de servios.
      Os aeroportos, no s o Galeo no, hein, pioraram o atendimento aos Passageiros e as tarifas de permanncia e dos aluguis comerciais aumentaram 300%.Que fazer? No tem jeito, nem reclamando para a Agncia Reguladora.

  2. Vejam bem o que ocorre hoje nessa farra privatista:
    As Rodovias privatizadas, que deram prejuzo e trs Aeroportos deficitarios que foram devolvidos, o governo est indenizando, o Concessionrio privado, que desistiu da Concesso, por conta dos investimentos realizados e ainda no amortizados.
    O ideal seria decretar a Caducidade do Concessionrio, que desistiu, o que isentaria o governo de indenizar. Mas, o governo prefere pagar a indenizao pedida pelos desertores, do que enfrentar a Judicializao da contenda e pior, a desmoralizao das Privatizaes junto a opinio pblica. Eles temem, mais do que tudo, que o povo perceba, que as Privatizaes esto sendo um mau negcio.

    O Ministro Tarcsio de Freitas o maior entusiasta das indenizaes. Tarcsio, aceitou de pronto, pagar 3 bilhes para o Concessionrio Lavajista do Aeroporto de Viracopos que desistiu da Concesso em 2018, apesar do parecer contrrio da Anac. Parece, que houve uma congruncia de propsitos, tanto, que o aeroporto de Viracopus, provavelmente ser relicitado no segundo semestre de 2022.
    Vida que segue, diria Luiz Bunnel, o surrealista espanhol, que filmou : O Fantasma da Liberdade.
    Se Salvador Dali estivesse vivo, constataria, que o BRASIL hoje, o maior pas Surrealista do Mundo.

    LEI DAS INDENIZAES POR DESISTNCIA DE CONCESSES

    No Caderno de Economia, do Globo deste sbado, os reprteres Eliane Oliveira, Geralda Doca e Ivan Martinez- Vargas enfatizam a dificuldade do governo com a desistncia das Concesses. Ttulo da matria jornalstica:

    Governo tem dificuldade de relicitar Concesses que foram devolvidas.
    Depois das devolues de aeroportos, o governo federal comea a ver a situao se repetir em rodovias.
    Michel Temer criou uma Medida Provisria em 2016 (752/2016), que resultou na Lei da Relicitao no ano seguinte- 2017: LEI (13.448).
    Essa Lei permitiu o pagamento de indenizao em caso de Devoluo da Concesso, eufemismo para Desistncia.
    Olha a, o presidente Temer teve a capacidade de assinar essa Medida Provisria, que favorece o mal gestor da Concesso, dando um prmio ao Concessionrio, que desiste do negcio.
    Foi para isso, ex-presidente Michel Temer, que sua excelncia esteve no epicentro da derrubada da presidente Dilma?
    Que vergonha.
    O TCU precisa ficar atento, com a liberalidade dessas indenizaes. Conforme os reprteres descrevem, o TCU de forma reservada, teme que a Lei das Indenizaes por desistncia pode atrair investidores aventureiros, por causa da indenizao de investimentos no amortizados.
    Isso j est acontecendo e se alastrando, conforme a neta do dono da empresa ITA, Camilo Cola, que faleceu em novembro de 2020, disse sobre o investidor Sidnei Piva, que assumiu o controle da companhia em 2016 e est levando o grupo a Falncia.
    Outro caso, comea a ficar claro, um investidor Srvio est comprando a Carteira do Plano de Sade da AMIL e ainda vai levar 3 bilhes da UNITEDHEALTH para assumir o negcio.
    J se sabe, quem ir perder. Um doce para quem cravar nos 340 mil que pagam suas mensalidades e esto j, com dificuldades nos laboratrios e no atendimento Geral.
    Os rgos de fiscalizao do governo, se preocupam com os lobos e as raposas deixando os cidados pagadores de impostos, ao sol e ao sereno.

  3. Em 1978 eu pagava 100 IPCA por m3 de gua da Sanepar ( Estatal de gua do Paran).
    Em 2022 eu pago 285 IPCA por m3 de gua desta mesma Estatal Sanepar ( quase trs vezes mais).
    Um telefone estatal em 1978 custava U$D(3.000,00) Em 2022 um telefone fixo instalado pelas empresas privadas por 2% deste valor.

    • Vitor, de 1978, quantas vezes a moeda oscilou? No tem como comparar os preos, confirme voc sugere.
      Nesta poca, realmente, a oferta de telefones fixos no atendia todos os consumidores.
      Qual a razo? Aps a entrada do Estado a partir da dcada de 50, visando alavancar a industrializao do Brasil, at ento focada na Agricultura e na Pecuria, foram criadas as empresas Estatais, na rea de Energia, Telecomunicaes, Petrleo e Siderrgicas.
      Da dcada de 80 em diante, o pndulo estatal mudou lentamente, para o protagonismo das empresas privadas, com o argumento de que o Estado devia cuidar somente da Educao, da Sade e da Segurana.
      Como se fez isso?
      Deixaram de investir em novas estaes de telecomunicao, compra de cabos, enfim, deixaram o sistema apodrecer para justificar a privatizao.
      Quando ento, conseguir privatizar o Sistema de Telecomunicao no governo FHC, como num passe de mgica,no BNDE jorrou dinheiro na mo dos novos CONCESSIONRIOS para investir no setor. Todas as telefnicas estaduais foram privatizadas e a Embratel. Logo foram instalados equipamentos de ltima gerao e adveio o celular, satlite, cabos de fibra tica.
      Hoje, voc compra um pacote de dados mensal, que est includo telefone fixo, sinal de dados para o computador e televiso a cabo com todos os canais a disposio. O servio no barato, a no ser quem compra ” gatonet”.
      E mais, o celular voc tem que comprar. Quanto custa um celular de ltima gerao?
      Em relao ao consumo de gua, principalmente aqui no Rio de Janeiro, vamos aguardar para comparar o custo do consumo nos prximos meses
      No creio, que ser menor, do que pagamos mensalmente agora.
      O tempo dir, quem est com a razo.

  4. Em 1998, trabalhava na transformao do FPSO em uma plataforma de explorao no estaleiro Ishibrs no Caju/RJ.
    Muitos tcnicos Ingleses e eu ‘pegava carona’ nos tablides ingleses e o que me chamou ateno foi que eles apelidavam os que tinham comprado estatais inglesas, privatizadas pela ‘dama de ferro’, de ‘Fat Cats’ ou gatos gordos, pois s queriam ‘mamar’ e quando no dava os lucros esperados, eles ‘caiam fora’.
    PS: Aqui em pindorama, deveriam chamar-se ‘vampiros gordos’.

    • Muito b lembrado, Jos Pereira.
      Margareth Tatcher, a primeira ministra da Inglaterra, era chamada de musa das Privatizaes. Ela foi copiada aqui pelos conservadores.
      O Brasil, suas Elites no inovam em nada, esto sempre copiando o que vem de fora e sempre os piores exemplos.
      Pergunte aos ingleses, se os servios privatizados l melhoraram?
      Quando os lucros no acontecem os CONCESSIONRIOS privados devolvem para o Estado. Aqui no Brasil tem acontecido a mesma coisa.
      Esse repeteco globalizado.
      Acho muito difcil, que o governo da Inglaterra indenize o privado que desiste da concesso, conforme ns estamos fazendo, na maior cara de pau. Ministrio Pblico e TCU, quedam-se inertes sobre esse caso absurdo.

  5. Caro Roberto Nascimento;
    possvel comparar preos de diversas pocas.
    Sucia, Inglaterra, EUA possuem ndices ( IPC) desde 1,850.
    No Brasil, a FGV tem bons ndices desde a dcada de 40 ( Do Sculo XX). No caso brasileiro, devemos tomar um cuidado adicional com o numerador da frao. Mil ris,cruzeiro, cruzeiro novo, etc. Sempre dividindo por mil; e no caso especial do real, dividindo por 2,750.

    • Se voc observar, Vitor, e comparar os preos das tarifas de energia, do gs e dos trens e metr, so hoje muito mais altos e os servios so praticamente os mesmos e em alguns, como os trens urbanos, at piorou.
      s usar os transportes urbanos privatizados para experimentar o sofrimento do povo trabalhador.
      O empreendedor privado tambm no melhorou o transporte de carga.
      Se no fosse o Estado investir na Ferrovia Norte e Sul, iniciativa de Sarney, o BRASIL iria parar, na logstica de exportao de gros.

  6. Caro Roberto;
    A privatizao (ou a estatizao) no uma receita de sucesso garantido. Existem casos pelo mundo afora de sucesso na privatizao e vrios casos aonde o Estado precisou reestatizar. O problema dinmico e deve ser encarado caso a caso, sempre levando em conta o resultado final para a populao ( para o Funcionrio da Estatal, sempre ser melhor trabalhar para o Estado).

    • Nesse particular estou de pleno acordo com voc, Victor.
      O processo dinmico ou deveria ser.
      Ainda no tive a oportunidade de ver com esses meus olhos j fatigados pela ao do tempo, nenhuma reestatizao.
      Quando ocorre a desistncia das Concesses, principalmente as recentes, de Estradas e AEROPORTOS, o governo prepara uma nova Concesso, que eles denominaram de: Relicitao
      O processo demorado e burocrtico, como quase tudo no Brasil.
      Por exemplo: o Concessionrio do aeroporto de Viracopos desistiu da Concesso em 2018 e at agora no foi Relicitado. Segundo o ministro Tarcsio, o ser no segundo semestre. A empreiteira, que estava na Lava-jato ser indenizada pelos investimentos no amortizados.
      Tenho uma dvida:
      Viracopus foi privatizada em 2012. A Lei que previu a indenizao em caso de desistncia, assinada pelo presidente Michel Temer em 2017, alcana o caso jurdico perfeito, antes da promulgao dessa Lei? Creio que no deveria alcanar, pelo Princpio Constitucional da Anterioridade.
      Com a palavra o TCU.
      Acho que vou fazer uma consulta, aos senhores Ministros do Tribunal de Contas da Unio.
      Com certeza melhor trabalhar para o Estado. Os empresrios, os engenheiros e economistas da iniciativa privada adoram presidir uma Estatal, indicados pelos polticos. Por que ser ? No tenho a menor ideia.

Deixe um comentário para Jose Pereira Filho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.