Com demora nas decises econmicas, Maia prev “desemprego recorde e inflao voltando com fora”

Maia reclama do atraso da pauta da Cmara, obstruda pela base governista

Luiz Calcagno
Correio Braziliense

O presidente da Cmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se disse pessimista sobre o cenrio que o Brasil enfrentar em 2021. Isso, por conta da demora do governo em definir as prioridades econmicas e pelo atraso da pauta da Cmara, obstruda pela base do governo em uma disputa pela presidncia da Comisso Mista de Oramento.

Segundo o parlamentar, o ministro da Economia, Paulo Guedes, est isolado no governo, na defesa da necessidade de encontrar solues para enfrentar a crise econmica provocada pelo coronavrus, respeitando as regras do jogo isto , o teto de gastos. Maia falou pouco menos de uma hora em uma live, nesta segunda-feira, promovida pelo jornal Valor Econmico.

PREOCUPAO – Logo de incio, confrontado com o cenrio atual em relao ao de julho, no qual havia uma grande tenso entre parlamentares e governo, o presidente da Cmara disse estar mais preocupado hoje do que em julho. Alertou que o pas entrar no prximo ano com uma dvida muito alta, com o desemprego batendo recorde e a inflao voltando com fora.

Para ele, a responsabilidade pela busca de solues no pode vir somente dos parlamentares, mas do Executivo e do Legislativo juntos. E nosso tempo j passou, avisou. O deputado voltou a insistir na aprovao da Lei de Diretrizes Oramentrias (LDO), no incio de dezembro. Mas, antes, quer ver aprovada a Proposta de Emenda Constituio (PEC) 186/19, que regulamenta e cria gatilhos para a manuteno do teto de gastos.

Se fizermos a conta dos prazos para passar o oramento fundamental que a gente tenha a PEC Emergencial aprovada antes. E no simples. Tem pontos muito polmicos, muitos parlamentares ficam assustados. Um lder experiente disse que, de 17 a 19 pontos em que se pode cortar no oramento, destacou que tm 10 ou 11 que no aceita nem conversar. um momento muito difcil, de insegurana grande. Ningum sabe o que vem e h uma falta completa da organizao da agenda, criticou.

PROJEO - O parlamentar destacou que o oramento primrio ser de cerca de R$ 1,48 trilho, mas que as despesas correntes representaro R$ 1,41 tri. E a projeo dos tcnicos de que precisamos de mais R$ 80 bilhes nas (despesas) discricionrias para a manuteno da mquina, observou.

Precisamos de um limite do teto de gastos. claro que tenho uma expectativa muito grande, acho que a reforma tributria o caminho para fazer o Brasil crescer. Conseguimos aprov-la (na comisso). Falta organizar o texto com o governo, que o ministro Paulo (Guedes) s vezes tem dvida em relao ao fundo, que queremos um fundo que vai tirar dinheiro do governo. De forma nenhuma. Temos um acordo com ele, salientou.

PARTICIPAO – Para Maia, vai ser difcil falar em cortes sem que o presidente Jair Bolsonaro participe do debate. O receio de que um processo nesses termos passe a ideia de que o Legislativo quer tomar decises revelia do governo, incluindo apenas o ministro da Economia. No tem soluo fcil. Na poltica, muitas vezes, assim. Se quisermos a PEC Emergencial e o Oramento, precisamos andar rpido e com coragem para que a Cmara possa ter condies de fazer o debate e promulgar a matria, sugeriu.

O temor de Maia de que o relatrio da PEC Emergencial s seja apresentado depois de 29 de novembro, quando ocorrer o segundo turno das eleies. Assim, a aprovao e promulgao s viria, nos clculos do deputado, em fevereiro.

ELOGIOS - O presidente da Cmara elogiou o secretrio de Governo, ministro Luiz Eduardo Ramos, e os lderes do governo na Casa. Para Maia, o problema no a articulao no Legislativo, mas a indeciso do Palcio do Planalto sobre o que ser feito.

Nenhum de ns tem certeza do que o governo vai fazer. Cada semana tem uma linha de atuao. Numa, balo de ensaio em prorrogar o auxlio emergencial; noutra, prorrogar o estado de calamidade. E voc no v uma posio de governo em relao PEC Emergencial e agenda das prximas semanas. Isso tudo atrasa e gera insegurana em todos, disse.

4 thoughts on “Com demora nas decises econmicas, Maia prev “desemprego recorde e inflao voltando com fora”

  1. Sem saber o resultado definitivo da eleio presidencial americana, o nosso gnio poltico j declarou seu amor incondicional ao Trump. Espero que numa visita aos USA no fique hospedado em hotel do seu dolo com o nosso dinheiro.

  2. Inflao de dois dgitos; desemprego idem.
    Cenrio mais do que ideal para um “salvador da ptria” querer o poder incondicional para si e para seu cl por muitas e muitas dcadas.

  3. Falou o chileno Felinto Epitcio Botafogo, o deputado que no fede e nem cheira e que a TI define como o “grande fiador da democracia brasileira”, a que nvel chegamos. Esse vagabundo ainda vai ser preso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.