Com o total errado e juros de 8,75%, estamos pagando, anualmente, 146 BILHES. Com o total verdadeiro e juros de 10%, pagaremos 180 BILHES. Loucura.

Que vai subir ningum duvida e pior, no discorda. S que so dois os problemas e as divergncias. 1 – Sero dois ou trs aumentos neste 2010? 2 Agora subiro 0,50 ou 0,75? Comentando e analisando as falas de Meirelles.

1 Para ele sero (ou seriam) trs aumentos. O primeiro, esta semana, o segundo, julho ou agosto. Ou julho garantido e agosto a seguir, no fosse a eleio que est praticamente em cima.

2 Diante da possibilidade de no poder fazer trs elevaes por causa dos prejuzos eleitorais, a opo: aumentaria 0,75 agora e a mesma coisa em julho, ento j estaria fixada a deciso. Haja o que houver, 0,50 ou 0,75 hoje, repetindo no meio do caminho, o juro P-A-S-S-A-R- de 10 por cento.

Quem quiser acertar, pode cravar 0,50 ou 0,75, as chances so as mesmas. Diante do aumento, quem tiver dado a percentagem certa, afirmar, sem qualquer dvida: Eu no falei, no falei?. Na verdade, podendo ser uma elevao ou outra, existe um fator que ter enorme influncia.

Esse fator o nmero de vezes em que esse juro amaldioado, mas admirado por Meirelles e os aventureiros globais, ser aumentado. Se no fosse ano eleitoral, seriam trs modificaes. Mas diante da falta de tempo, por causa da trajetria eleitoral, podem ser apenas duas. Nesse caso estar mais prximo da realidade, quem adivinhar 0,75.

Os aventureiros que tm o privilgio da intimidade com Meirelles deixam escapar, que ele no admite nada abaixo de 0,75. Como tambm no tm coragem para aumentar 1 por cento de uma vez, lgico, visvel e evidente em qualquer anlise, que o aumento de 0,75 ser o favorito e consequentemente o favorecido.

Assim, com duas ou trs elevaes, o efeito desastroso para o pas ser o mesmo. No momento estamos recompensando, (palavra certssima) esse capital imoral com 8,75 anuais. Qualquer que seja o aumento ou o nmero de vezes desse aumento, chegaremos (ou at ultrapassaremos) os 10 por cento de juros anuais.

Esse assunto um verdadeiro fator sigiloso para o governo. S falam no total da dvida, quando necessria a comunicao oficial. E a chamada mdia amestrada, praticamente no noticia e nem admite comentar, troca o silncio pelos favores que s o governo pode proporcionar.

Agora vejamos a tragdia que esses juros representam, usando os dados do secretrio-geral do Tesouro, um dos raros participantes srios, corretos e jamais acusados de irregularidade. Em fevereiro veio a pblico, informando e afirmando: No primeiro ms deste 2010, pagamos de juros da dvida interna, 12 BILHES E 200 MILHES.

E acrescentou: Pagamos integralmente com a ECONOMIA feita a partir do dficit primrio. faclimo multiplicar esse pagamento comunicado pelo secretrio, pelos 12 meses do ano.

Chegaramos ento, aritmeticamente, a 146 BILHES E 400 MILHES. Outra concluso: como os juros estavam (e estaro at amanh) em 8,75, gastamos ou desperdiamos, nesses trs meses de 2010 (caminhando para o quarto), do que chamam de juros mas que deveriam chamar de extorso: os 12 BILHES E 200 MILHES mensais citados pelo secretrio.

***

PS A partir dos 10 por cento do segundo aumento, estaremos amortizando a dvida, com a importncia identificada MENTIROSAMENTE COMO ECONOMIA, de 146 BILHES E 400 MILHES, anualmente.

PS2 – Mas h um outro fator complicador, que o total da DVIDA. O secretrio do Tesouro minimiza o total. No est faltando com a verdade, lgico, mas deixa de acrescentar os nmeros MOBILIRIOS dessa importncia. E importantssimos.

PS3 Se esse total fosse apresentado com os nmeros verdadeiros, estaramos DEVENDO mais de 1 TRILHO E 800 MILHES. A juros de 10 por cento, precisaramos anualmente de 180 BILHES. Cobertos, segundo o governo com a ECONOMIA.

PS4 Como vimos, com juros a 8,75% e com os nmeros oficiais e no os verdadeiros, pagaramos todo ano, 146 BILHES E 400 MILHES. Passando para os 10 por cento, e apresentando a conta verdadeira, teremos que pagar esses 180 BILHES. S de juros, sem amortizar o principal.

PS5 Aproveitem, examinem, faam os clculos e concluam: QUANTOS PROBLEMAS, PRINCIPALMENTE DE INFRAESTRUTURA, PODERAMOS RESOLVER COM TANTO DINHEIRO PARA INVESTIR?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.