Com projeto do FGTS, Cunha coloca o governo em xeque-mate

Pedro Venceslau
Estadão

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), quer usar o projeto que altera a correção do FGTS a partir do índice da caderneta de poupança para constranger o governo e criar uma blindagem contra as críticas recebidas pelo apoio que deu à polêmica proposta que regulamenta a terceirização do trabalho no Brasil.

Defendida pelos representantes da indústria, a terceirização foi combatida pelo PT e alvo de críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na festa do Primeiro de Maio da CUT. O discurso ajudou a restabelecer os laços da legenda com suas bases nos movimentos sociais, especialmente entre os sindicalistas.

O projeto do FGTS, tornado público na quinta-feira pelo blog Direto da Fonte, da colunista Sonia Racy, por sua vez, será tratado como prioridade total pelo peemedebista e seus aliados. De autoria tripla – assinam o líder do PMDB na Casa, Leonardo Picciani (RJ), Paulinho da Força (SD) e Mendonça Filho (PE), líder do DEM -, o texto visa criar uma agenda positiva para os três partidos, que apoiaram e garantiram a aprovação da terceirização na Câmara.

A avaliação dos governistas no Congresso é de que o Planalto será constrangido a se opor a uma medida popular no momento em que tenta aprovar o pacote de medidas de ajuste fiscal.

REGIME DE URGÊNCIA

Cunha já avisou aos aliados que pedirá regime de urgência, o que faz com que a proposta corte caminho no trâmite da Câmara. Antes de ser votado, o plenário precisa destrancar a pauta e aprovar ou rejeitar projetos e medidas provisórias do pacote de ajuste fiscal, como a mudança no seguro-desemprego e o projeto do pacote anticorrupção que tipifica o crime de enriquecimento ilícito. “

A iniciativa é muito bem-vinda. Esperamos que o PT não faça coro contrário a essa justa iniciativa”, diz o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), líder da minoria na Câmara.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A remuneração do FGTS é ridícula, o que torna o projeto mais do que necessário. É corrigida pela TR (Taxa Referencial), mais 3% ao ano. Como a TR é menor que a inflação, o trabalhador nunca consegue ter ganho real no saldo do FGTS. Pelo contrário. Quem tinha R$ 5 mil em 2002, hoje possui R$ 7.279,84 na conta do FGTS. Se a inflação tivesse sido compensada, teria R$ 9.783,35″. É uma vergonha. (C.N.)

21 thoughts on “Com projeto do FGTS, Cunha coloca o governo em xeque-mate

  1. Caro CN … Bom dia!

    É claro que passei para a Oposição, dentro do PMDB … após me manter independente, desde a Comissão da Verdade – que só relatou meia verdade!!! Não aguentei as mentiras nos 10 minutos de terça-feira passada!!! Como um partido que nem tem 100 deputados em 513 conseguiu fazer tanto??? e em nenhum momento citaram os aliados … … … par

  2. Caro CN … Bom dia!

    É claro que passei para a Oposição, dentro do PMDB … após me manter independente, desde a Comissão da Verdade – que só relatou meia verdade!!! Não aguentei as mentiras nos 10 minutos de terça-feira passada!!! Como um partido, que nem tem 100 deputados em 513, conseguiu fazer tanto sozinho??? e em nenhum momento citaram os aliados … … … para mim, chega!!!

    Falta agora Eduardo Cunha RESTAURAR os 12% máximos de juros … desfazendo o que foi aprovado no 1º ano do 1º Governo Lula!!! !!! !!! Abr.

  3. Vamos ver o comportamento dos ‘trabalhistas’ do Grã Circus Petralis. A Dilma vai vetar, da mesma forma que o Lulla vetou o fim do fator previdenciário?

    • Caro Paulo_2 … nunca li Eduardo Cunha afirmando que não seria feito o ajuste fiscal … … … o que Eduardo Cunha e Renan Calheiros estão promovendo é o DesAparelhamento petista … assim como o PMDB desaparelhou o Autoritarismo arenomilitar, está desaparelhando o Autoritarismo lulodilmopetista … … … que é DesAparelhar??? ??? ??? por enquanto tem sido mostrar ao PT que não tem votos suficientes para impor seu programa … … … ontem, o PMDB só apoiou o ajuste, após o PT assumir!!! está entendendo a mudança??? antigamente era servido prato feito – agora o povo está sabendo quem é que cozinha … está mudando e vai mudar mais ainda – se apoiarem EC e RC!!! !!! !!!
      … … …
      “6. Intimamo-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que eviteis a convivência de todo irmão que leve vida ociosa e contrária à tradição que de nós tendes recebido. 7. Sabeis perfeitamente o que deveis fazer para nos imitar. Não temos vivido entre vós desregradamente, 8. nem temos comido de graça o pão de ninguém. Mas, com trabalho e fadiga, labutamos noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós. 9. Não porque não tivéssemos direito para isso, mas foi para vos oferecer em nós mesmos um exemplo a imitar. 10. Aliás, quando estávamos convosco, nós vos dizíamos formalmente: Quem não quiser trabalhar, não tem o direito de comer. 11. Entretanto, soubemos que entre vós há alguns desordeiros, vadios, que só se preocupam em intrometer-se em assuntos alheios. 12. A esses indivíduos ordenamos e exortamos a que se dediquem tranqüilamente ao trabalho para merecerem ganhar o que comer. 13. Vós, irmãos, não vos canseis de fazer o bem. 14. Se alguém não obedecer ao que ordenamos por esta carta, notai-o e, para que ele se envergonhe, deixai de ter familiaridade com ele. 15. Porém, não deveis considerá-lo como inimigo, mas repreendê-lo como irmão. 16. O Senhor da paz vos conceda a paz em todo o tempo e em todas as circunstâncias. O Senhor esteja com todos vós. 17. A saudação vai de meu próprio punho: PAULO. É esta a minha assinatura em todas as minhas cartas. É assim que eu escrevo. 18. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos vós!” (2Ts 3)
      … … …
      Na Oposição … não como inimigo … só repreendendo kkk KKK kkk

      • Lionço, então o PMDB é o cavalo paraguaio.papagaiou e vai votar alinhado com a Anta pelos cargos recebidos. Cai a máscara mais uma vez do partido servil. Mas, tu e os teus comparsas não deveriam esquecer que quem os elegeu foi o povo a não a Anta e a eles, os eleitores, vocês devem satisfação. Mas, do jeito que o PMDB está agindo estou quase acreditando que o Janot tem razão.

  4. Já falei e repito, o problema com o rendimento do FGTS não tem nada a ver com o tipo de aplicação que é feita com esses recursos.

    Aliás, parte desses recursos é aplicada até em títulos do Tesouro Nacional que possuem rendimento de até 13,25% equiparável à taxa selic.

    O verdadeiro problema com o rendimento do FGTS advém do montante disponível para aplicação. Isto é, entre os depósitos e saques, resta sempre um montante menor disponível para aplicação e rendimento.

    O raciocínio é o mesmo com uma poupança, se eu deposito continuamente bons fluxos de recursos em minha poupança, mas, no decorrer do período de aplicação eu saco, também, várias vezes quantidades significativas, o total disponível para o cálculo do rendimento será pouco significativo.

    Por exemplo, em 2013 o total depositado no FGTS foi de R$94,4 bilhões. Se este montante tivesse sido mantido intocável, o rendimento sobre este total de recursos teria sido um. Entretanto, os saques em 2013 atingiram R$75,7 bilhões, restando disponível uma arrecadação líquida de R$18,7 bilhões sobre os quais incorreu alguma correção segundo as aplicações a que foram destinados.

    Em 2014 o total depositado no FGTS foi de R$104,7 bilhões, muito boa a arrecadação por sinal. Ocorre que na outra ponta foram sacados R$86,3 bilhões, sobrando uma arrecadação líquida de R$18,4 bilhões. E só sobre ela incorrido os juros segundo o critério de aplicação desse fundo.

    Então, não se trata de atrelar os recursos disponíveis a aplicações de baixo rendimento. Pode até ocorrer isso, quando, por exemplo o FGTS é direcionado à empréstimos ao BNDES que empresta à taxa de juros de longo prazo (TJLP), isto é, juros subsidiados. Aí sim, a remuneração do fundo junto ao BNDES cai substancialmente. Mas, é apenas uma parte dos recursos. Outra parte é aplicada a juros remuneratórios maiores.

    De qualquer forma, tenho a impressão de que a lei a ser editada deve tratar a matéria da seguinte maneira: o rendimento do FGTS não será inferior ao rendimento equivalente à poupança.

    Mesmo assim, sabendo que tal rendimento incorrerá sobre uma parcela bem inferior ao montante dos depósitos, isto é, ao que restar do fundo após os saques.

  5. Em tempo, mesmo a poupança este ano rendendo 7,3% perderá para a inflação que não ficará abaixo de 8,20%. Este é o prognóstico.

  6. O problema é que faliram com o FAT. Não é só a poupança, como quebrara, com tudo estão diminuindo até o Seguro Desemprego.

  7. Caro Wagner Pires … saudações!

    Coloquei mais um gráfico em meu blog – é só clicar no meu nome!!!
    Desta vez é sobre a queda nos valores dos royalties … nem apurei as participações!!!
    Olha o ajuste fiscal aí, Wagner Pires!!!
    Abração!!! Fica com Deus, o MISERICORDIOSO!!! !!! !!!

    • Bons gráficos de linha, bem apresentáveis. Eu, particularmente gostei mais do gráfico de acompanhamento de produção em 2014.

      Seria interessante, sobre os royalties o sr. fazer um trabalho mais acurado estatístico e econômico. De repente até descobrir qual o fim que os estados beneficiados estão dando para tais recursos.

      Grande abraço e fique com Deus!

  8. Já há bastante tempo,quando e trabalhava em um banco, a transferência dos depósitos do FGTS eram transferidos do banco para a conta do trabalhador de três em três meses. Os bancos ficavam com o rendimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *