Com Queiroz e Weintraub, um vendaval balança Jair Bolsonaro levando-o à depressão

New York Times faz editorial sobre "escolha triste do Brasil" por ...

Jair Bolsonaro está enfrentando um inferno astral interminável

Pedro do Coutto

De fato, o vendaval produzido pela engrenagem acionada por Abraham Weintraub e Fabrício Queiroz seria capaz de balançar qualquer governo e produzir reflexos extremamente negativos para os que ocupam o poder, como é o caso do presidente Jair Bolsonaro, que com certeza conhecia os modos de atuação desses dois personagens dramáticos na galeria da política e da administração pública. Isso de um lado.

De outro, há os videos que focalizaram a demissão de Weintraub e também a reação do próprio Bolsonaro à prisão de Fabrício Queiroz.

NO BANCO MUNDIAL – As imagens falam por si. No primeiro caso, para surpresa geral quem anunciou a demissão do ministro da Educação foi o próprio Weintraub e não o presidente da República, que assinou o ato. Weintraub , esse personagem sombrio, demolidor e desastrado tomou a iniciativa de divulgar que iria trabalhar em um banco retornando à sua profissão.

No segundo caso, a imagem transmitida também pelas redes de televisão apresentaram um Bolsonaro triste e abatido, remetendo o quadro para o plano da depressão. A depressão é sempre causada por um fato entristecedor e o impacto na alma da pessoa.

Sem me afastar do assunto, dou o exemplo de Getúlio Vargas no desfecho trágico de 24 de agosto. E o episódio que vou narrar deve ser analisado pelos historiadores do amanhã.

ATENTADO A LACERDA – Vargas estava num redemoinho por causa do atentado a Carlos Lacerda que causou a morte do major Rubem Vaz. Entretanto, uma semana antes de sua morte, o presidente da República pediu a seu filho Maneco Vargas que vendesse uma fazenda que possuía no Rio Grande do Sul, estado que foi seu berço político.

Chegou a Vargas a informação de que a fazenda tinha sido vendida por Maneco Vargas a Gregório Fortunato, chefe de sua segurança pessoal. O embaixador Edmundo Barbosa da Silva, em um almoço comigo e com o economista Gilberto Paim narrou a atmosfera de abalo que envolvia o caso.

Vargas dirigiu-se a Barbosa da Silva, seu oficial de gabinete, que naquele tempo era responsável pelo cerimonial do Palácio do Catete e disse que chamasse Gregório Fortunato à sua sala.

FORTUNATO ERA CORRUPTO – Vargas chegara finalmente à conclusão de que Gregório Fortunato era corrupto, pois como chefe da segurança jamais poderia comprar uma fazenda. Deixou escapar uma frase que ficou na História: “Nos porões do Catete corre um rio de lama. O tiro no pé de Lacerda foi vibrado nas costas do governo. Só morto sairei do Catete.”

Gregório, ajoelhado aos pés de Vargas começou a chorar. Nesse dia Vargas dissolveu sua segurança pessoal.

Voltando ao tema Bolsonaro verifica-se ter ele tentado na live defender indiretamente Queiróz. As imagens falaram por si. O governo passou a correr risco, como corre risco a nomeação de Weintraub para o Banco Mundial.

CONVOCAÇÃO DE GUEDES – A nomeação de Weintraub pode ser objeto de um requerimento convocando o ministro Paulo Guedes, proposto, por exemplo por Rodrigo Maia ou Alessandro Molon. A convocação de Guedes se explica pelo fato de o ministro da Economia ter concordado com a nova tarefa de Weintraub.

###
O JORNALISMO E AS FONTES CRISTALINAS DA INFORMAÇÃO

O leitor deste site tem me criticado por nos meus comentários citar habitualmente O Globo, Folha de São Paulo, Folha, Valor e a Globo News. São episódios do jornalismo de análise seja ela política ou cultural. Todas as pessoas que escrevem tem de se basear em algum ponto capaz de desenvolver seus textos.

Me lembro por exemplo que o intelectual José Lino Grunewald, que foi meu amigo, tornou-se responsável pelas matérias que publicava pelo conhecimento no país do cinema sueco, consagrado depois entre nós com a exibição dos filmes de Ingmar Bergman. Mas ele não partiu do nada. Leitor do “Cahiers du Cinema” inspirou-se na fonte de André Basin, redator chefe da revista. Basin teve grande importância na cultura da França.

Como estou constatando basear-se em uma fonte não é concordar com tudo o que passa pelo seu cristal. É partir de um ponto concreto. Agradeço ao leitor Policarpo Caminha pelos textos que publica e que me deram motivação para escrever esta matéria.

Ingmar Bergman, André Basin e José Lino Grunewd serão sempre lembrados como grandes atores de uma arte imortal como o cinema. Porque principalmente o cinema, como dizia JLG, é a única arte que destaca o comportamento humano. E isso diz tudo.

28 thoughts on “Com Queiroz e Weintraub, um vendaval balança Jair Bolsonaro levando-o à depressão

  1. Não é preciso possuir dons prescientes para a certeza de que terá um final de carreira política triste, melancólico! O Dilmo já é o pior presidente de toda a história republicana.

  2. Bom dia , leitores (as):

    Senhores Pedro do Coutto , Carlos Newton e Marcelo Copelli , acredito o Presidente Jair Bolsonaro está colhendo o que plantou , pois se tivesse desde 2018 obrigado seus filhos e o assessor Fabrício Queiroz , a prestarem esclarecimentos a polícia e ao ministério público do RJ envolvidos nas investigações , não teria levado esses problemas para a Presidência da República , com o agravante por ter feito acordos ” ESPÚRIOS e CRIMINOSOS ” com o Presidente do STF Dias Toffele , o Presidente da Câmara de Deputados Rodrigo Maia e o Presidente do Senado Federal David Alcolumbre , para paralisar e neutralizar as ações dos orgãos públicos de fiscalização , controle e proteção do Estado Nacional , visando proteger seus filhos e a si mesmo , não estaria por isso agora , em plena crise médico/sanitária .

    • Sr. José Carlos Cabral,
      As rachadinhas, são um problema menor.
      Tem muita treta embaixo do tapete da familícia.
      O presidente virou o brasil do avesso, é evidente que tem coisas escabrosas que não podem vir à tona de jeito nenhum.
      Simples assim.
      Cordialmente.

  3. Bom dia , leitores (as):

    Senhores Pedro do Coutto , Carlos Newton e Marcelo Copelli , acredito o Presidente Jair Bolsonaro além de ser vítima de seus filhos , ele também é de seus maus e péssimos assessores e conselheiros jurídicos , desde o início das investigações , mandando – os fugir da autoridades .

  4. JOSE CARLOS VOCE ESTARIA CERTO SE NAO FOSSE BOLSONARO O CHEFE DESSA QUADRILHA,ESTA ENVOLVIDO ATE O PESCOÇO ELE ESTÁ LEVANDO PARA O PLANALTO O QUE ELE FEZ DURANTE OS 30 ANOS NA POLITICA.NÃO ESQUEÇAMOS QUE BOLSONARO FOI FILIADO DO PP DE MALUF POR MAIS DE 15 ANOS E NUNCA DENUNCIOU AS PRATICAS CORRUPTAS NO PP E NOS OUTROS PARTIDOS.

  5. O governo dele ficou insustentável, melhor seria ele renunciar e fazer como Collor, tentar posteriormente uma vaga no parlamento, seja deputado ou senador, melhor do que sofrer o desgaste de um processo de impeachment.

  6. Hoje mais um dia quente nesta TI, de um lado as costumeiras diatribes do nosso presidente e do outro a batalha diária dos companheiros comentaristas em volta das notícias, fatos e opiniões dos colunistas e editores.
    O resultado? Praticamente zero, porque afora o prazer e oportunidade de ler as opiniões e pensamentos inteligentes e criativos exarados pelos mesmos de sempre (não nomino para evitar ciúme) e o dissabor de ter que aturar os disparates e conotações ofensivas destilados pelos outros (não me atreveria a identificar), NADA, mas nada mesmo se resolve em termos práticos, já que o governo continua inoperante administrativa e estrategicamente, pois segue dedicado e empenhado na sua campanha eleitoral para 2022, ignorando totalmente a tragédia social, econômica e humanitária deflagrada pela pandemia e a anemia crônica de justiça social que nos aflige, mesmo porque já ficou demostrado que não possui nem a vontade nem a competência necessária.
    O Congresso, pela sua vez, inerte pelo seu gigantismo e absenteísmo de seus membros sem a mínima sensibilidade ou preocupação social, atentos exclusivamente aos conchavos partidários que resultem em influência eleitoral e bônus financeiros, useiro e vezeiro em legislar em causa própria para garantir as oportunidades de saque e a cobertura legal para a correspondente imunidade.
    O Judiciário, desprestigiado e hostilizado devido à sua dissociação da justiça e do interesse público em numerosos casos pretéritos, à conivência com os legisladores numa política recursal absurda, elitista e inédita no mundo civilizado, tipo jabuticaba, destinada à proteção dos poderosos e à politização e ativismo legislativo ostentados ultimamente.
    É fácil perceber que o nosso sistema de governo incluindo seus três poderes está falido, sem rumo, sem entropia, e podre moralmente, com o único objetivo de manter os privilégios e imunidade de seus membros mais graduados.

    • Caro F.Moreno,

      Comentário irrepreensível, contundente, incisivo.

      Parabéns!
      Aplaudo esta tua postagem, pois também a considero pontual e correta quanto ao momento presente.

      Abraço.
      Saúde e paz.
      Te cuida, meu!

  7. Os motivos e causas se acumulam desde o Descobrimento e são infinitos e impossíveis de enumerar e detalhar, e não seria eu, sem formação nem maiores conhecimentos de antropologia e sociologia, que tentaria explicar os aspectos humanos, como as aparentes tendências de nossa população para a esperteza, malandragem, amor à lei do menor esforço, paixão pelos direitos próprios e ignorância das obrigações cívicas. Já, a arquitetura funcional do sistema me parece mais fácil de entender.
    O Legislativo poderia ter 500 Rui Barbosa e não funcionaria satisfatoriamente, o seu gigantismo, 513 deputados e 81 senadores e o pluripartidarismo, 33 partidos políticos, junto com, aproximadamente 25.000 funcionários, entre concursados, comissionados e terceirizados, não permitirá nunca uma gestão eficiente dessa superestrutura formada por 594 gabinetes individuais com lotações integradas por secretários de indicação pessoal dos titulares, e ainda uma infinidade de gabinetes de lideranças partidárias e da Mesa, além das Comissões e toda a estrutura administrativa, essa a cargo dos concursados e, tudo isso, para a produção escassa e de má qualidade de matéria legislativa que todos conhecemos. O outro impedimento para um correto funcionamento do Congresso é a motivação pessoal e formação intelectual e moral de seus membros. Sabemos que a carreira política, em quase todo o mundo, perdeu muito do seu idealismo e sentido patriótico, mas no Brasil conseguiu a desmoralização total, especialmente depois da prostituição dos ideais socialistas por parte do PT, hoje é uma unanimidade que uma carreira política é um empreendimento sem risco nem capital com total chance de riqueza, imunidade e poder, o populismo, a demagogia, a propaganda enganosa, as promessas ilusórias e enormes quantidade de dinheiro são os atributos necessários para que um candidato, não interessa sua qualidade pessoal, passe a representar milhões de cidadãos, tudo isso financiado por oligarquias ou grupos econômicos que depois passarão a conta a você, contribuinte.
    O Executivo padece dos achaques de um presidencialismo numa constituição parlamentarista, um presidente todo poderoso, limitado e fiscalizado por um Congresso a venda em nome da governabilidade e por um Judiciário sutilmente subordinado ao Ordenador de Despesa que tem o poder sobre enorme volume de dinheiro e milhares de cargos públicos que compram vassalos e consciências, tudo isso resultando no eterno descaso pelos reais problemas do pais, a educação e o desenvolvimento humano, pois é mais fácil criar uma bolsa qualquer que os lembre de em quem votar nas próximas, já que se facilitar educação de qualidade, pode ser que venham a votar em outros melhores.
    O Judiciário, ah o Judiciário! Era para ser o poder moderador, justo e perfeito, guardião das leis, do direito, da moral pública e da civilidade, mas também foi corrompido, pelo poder da função, pelas benesses e mordomias do serviço público, pelos orçamentos do Executivo, pelas vias recursais que permitem amaciar para poderosos e abonados, salvando as aparências e assim, esquecendo um pouco do que era para ser, ficou um pouco mais difícil dizer: ”Ainda há Juízes em Brasília” O STF é uma prova nítida de como se corrompe uma instância judicial: Elabora-se uma constituição canhestra que atribui Foro Privilegiado (uma jabuticaba) a todos os parlamentares e mandatários do pais; atribui-se ao STF (corte constitucional) e Tribunais de Justiça a jurisdição direta sobre os privilegiados (conforme o nível funcional) atuando em primeira instância; atribui-se ao STF, além da competência de julgar em primeira instância as ações cíveis e criminais das autoridades federais, o exercício da última instância em todo tipo de recurso. E aí está o pulo do gato, uma corte idealizada nos países civilizados para interpretar e julgar infrações constitucionais, aqui passou a ser uma Vara Comum de Justiça e Último Grau de Apelação com a consequência imediata de milhares de processos acumulados sem a mínima possibilidade de resolução rápida, o que logicamente justifica o apetite insaciável por recursos humanos e financeiros e a cereja do bolo, a desculpa legal para os decursos de prazo que inadvertidamente acabam beneficiando os réus Vip. Não basta-se essa disfunção de nossa Corte Suprema, há ainda o método de escolha de seus ministros, essa a maior jabuticaba judicial do universo, os senhores ministros são escolhidos ao leu pelo Presidente de plantão (depois queremos crucifica-los por salvar a cara do padrinho, gratidão também é uma virtude).

  8. Quando aqui cheguei, em 1956, o slogan da esperança era o “Brasil, país do futuro” do Stefan Zweig, e o governo de Juscelino o confirmava, mas decorridos mais de sessenta anos vemos que o nosso presente não correspondeu àquele otimismo e o nosso futuro, se não formos capazes de mudar o status quo, apresenta-se sombrio. Por isso, eu sugeriria, a partir de agora, deixar de lado, um pouco, as críticas e discussões e concentrar essa inteligência e criatividade tão abundante nas escaramuças diárias do blog, na geração de ideias, sugestões e soluções para mudar isso que aí está.

    • Meu amigo, F.Moreno,

      Por mais que tentemos discutir ideias, conceitos, períodos, a verdade é que jamais encontraremos um denominador comum, uma vertente de intenções que cobririam o Brasil de ações e medidas para o seu desenvolvimento e paz, pois estamos a milímetros de uma grande convulsão, QUE NÃO SERIA SOCIAL, não, pois o pobre e miserável mal conseguem se manter em pé, mas IDEOLÓGICA!

      O pensamento tacanho, obtuso, deplorável, de Bolsonaro, objetiva a cisão do país, o seu desmantelamento, a sua destruição como se encontra:
      a direita e extrema-direita não aceitam conviver com aqueles que não são seus seguidores!!!

      O ódio é tanto, que o comportamento antes de gente pacífica, respeitadora, se mostra violento, agressivo, insultuoso, beligerante!

      As passeatas em apoio ao “mito”, e à forma como se dirigem ao STF e Congresso, IMPULSIONADOS pelo presidente da República, gerou até mesmo empurrões em ENFERMEIROS e MÉDICOS, pelo fato de protestarem contra as condições de trabalho;
      jornalistas não podem mais fazer as suas reportagens externas diárias;
      a Globo virou inimiga de Estado;
      a OMS é uma sucursal da Rússia;
      a pandemia é uma gripezinha;
      STF e Congresso não lhe deixam “trabalhar”;
      esquerdistas devem ser mortos;
      ministros são substituídos quando ousam criticá-lo;
      o autoritarismo tomou conta do Planalto;
      a incompetência é característica desse governo;
      a insensibilidade pelos pobre e miseráveis é um escândalo;
      crises diárias;
      problemas constantes;
      soluções inexistentes;
      planos de governo significam elaborações para se manter no poder;
      a diversão dominical de Bolsonaro é atiçar o povo contra ele mesmo;
      o presidente jamais quis a paz, a união, o congraçamento em prol do país!

      A cada dia temos encrencas, problemas, provocações, acusações … menos perceber que Bolsonaro trabalha para resolver nossas mazelas, pelo contrário, ele faz questão de aumentá-las!!

      Os outros dois poderes seguem os mesmos:
      ineficientes, incompetentes, corruptos, inúteis e, no caso do STF, cada vez mais INJUSTO, PARCIAL E TENDENCIOSO!

      Não admito, Moreno, que a guria líder dos “300”, que desafiou Moraes publicamente, em atitude típica de uma jovem CONDUZIDA por políticos inescrupulosos, na ânsia de agradar ao presidente – exagerou nas suas manifestações é verdade -, que o Supremo tenha determinado a sua prisão!

      Mais uma vez os ministros cospem na Justiça, demonstram mesmo que usam vários pesos e medidas em defesa de seus interesses e conveniências!
      Lula, Zé Dirceu, Temer … e vários outros ladrões desta nação e do povo, livres, leves e soltos!

      A guria, imaginando ser o He-Man – eu tenho a força! – constatou, lamentavelmente, que apenas serviu de bode expiatório para Bolsonaro!
      Disse o que ele gostaria de falar para o parlamento e STF, mas a guria é que foi presa!

      E não concordo com a sua prisão, não!
      E expliquei acima:
      uma guria detida porque assim quis o Supremo, e ladrões- os maiores do mundo! -, ainda dando palpites sobre o atual momento nacional completamente livres e POR DETERMINAÇÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL!!!

      Meus Deus, que critérios são esses de “justiça”??!!

      Olha, parceiro, eu já postei várias sugestões, ideias, planos de governo, desde antes de Bolsonaro e com ele no governo.
      Tenho feito a minha parte como cidadão.

      Logo, sinto-me moralmente capaz de criticar e, veementemente, a omissão, a falta de criatividade, a ausência de trabalho por parte do Planalto.

      O gabinete do presidente virou uma usina de discórdia, de segregações, de divisões internas, de antigos aliados se tornarem inimigos, e de defesas sobre acusações que tem recebido, muitas procedentes!

      Neste caso não se trata de “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”.
      Bolsonaro não é água e tampouco rochedo.
      Trata-se de uma pessoa intratável, antissocial, instável, desnorteado, confuso, de grandes limitações mentais, sindrômico em ser perseguido, e de uma personalidade extremamente frágil, então busca o apoio desesperado nos seus seguidores.

      Bolsonaro nos levará à ruína!

      O povo já dilacerou;
      como país não temos mais unidade;
      como Pátria, somente seus defensores que se concedem esse direito;
      como Estado, o presidente e sua equipe o fizeram de laboratório para suas experiências, onde a maior delas é fazer bolinhas de sabão, soprando um canudo com água misturada ao produto!

      A coisa tá feia, muito feia.
      Eu diria horrível.
      E, LITERALMENTE, quem viver, verá!

      Abração.
      Saúde e paz.
      Te cuida, meu!

  9. Esqueci, caso não era cssado, espero que ao concorrer a uma vaga no legislativo, seja lá qual for, que nunca mais seja eleito, é tudo que um sistema democrático não aceita, projeto de ditador, incompetente, despreparado, desorientado, desmiolado, desqualificado, dissimulado, aja adjetivos com d, renúncia é a única solução no momento.

  10. Moreno teu ultimo paragrafo do primeiro nos remete a pensar em outras formas de organização social já que esta apodreceu ,não funciona para a maioria da população.

    • Zenobio, eu não vejo como pretender sair um dia desta armadilha, onde causas e efeitos se retroalimentam e se blindam, sem refundar o berço de tudo, e não o vejo tão impossível como prenuncia Bendl. Só enxergo um meio viável e possível, UMA NOVA CONSTITUIÇÃO, uma constituição sem os vícios de origem, elaborada por uma Comissão Constituinte e nunca por parlamentares para legislarem em causa própria, elaborada após a decisão plebiscitária popular sobre a forma de governo. Uma Comissão exaustivamente representativa das regiões, setores de atividade, religiões e classes sociais nacionais, com candidatos selecionados pela Justiça Eleitoral e escolhidos em votação nacional.

  11. Discordo de quem diz que o governo é incompetente,não é,pois estão fazendo o que se propôs a fazer:destruir as instituições e todo o aparato estatal.Isto está claro no ministério da saúde e na educação observem o estrago que estão fazendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *