Com toda certeza, hoje é o dia do maior panelaço do mundo

http://www.jj.com.br/galerias/noticias/1000/codigo_0012781/2015-03-09_21-39-29_1.jpg

O panelaço de hoje deve entrar no Livro Guinness de Recordes

Carlos Newton

Mesmo sem contar com a participação da presidente Dilma Rousseff, que pela primeira vez deixa de aparecer no programa do PT na televisão, está prevista para hoje a realização do maior panelaço do mundo, algo digno de ser inscrito no Livro Guinness de Recordes. O fenômeno político brasileiro é impressionante, porque o governo acaba de completar apenas quatro meses, mas seu prazo de validade se mostra mais do que vencido, o consumidor está revoltado e exige a devolução do produto.

A arrogante e presunçosa Dilma Vana Rousseff se transformou numa pálida lembrança daquela mulher que se julgava uma gerentona, capaz de conduzir este país aos rumos do desenvolvimento econômico e da justiça social. Hoje, a suposta doutorada em Economia não significa mais nada, foi obrigada a terceirizar o Ministério da Fazenda para um executivo do grupo Bradesco que nem constava da linha de frente da corporação, pois não integrava o Conselho Administrativo nem a Diretoria, e o nome dele não aparecia nem mesmo entre os executivos principais, estava no quarto escalão.

De fato, Joaquim Levy não é nenhuma sumidade e trabalhava apenas como gestor de um dos fundos de investimento menos procurados do Bradesco. Foi escolhido para o ministério apenas por ser o único que já tivera experiência governamental, como Secretário do Tesouro no início do primeiro governo Lula.

SEU TEMPO PASSOU

Depois de entregar a Economia ao inimigo do PT, Dilma Rousseff se viu obrigada a abrir mão também da articulação política de seu governo, que ficou a cargo do vice Michel Temer, que ela desprezou solenemente durante seu primeiro mandato de quatro anos. De repente, o veterano político paulista, que nunca foi bom de voto mas é mestre nos bastidores, passou a ser a solução para refazer a base aliada do governo.

Já se preparando para assumir o poder “in totum”, Temer vai embromando enquanto pode, porque sabe ter recebido uma missão impossível, porque ninguém acredita mais em Dilma Rousseff, seu tempo já passou e ela nem percebeu.

Realmente, o governo não tem mais salvação, respira por aparelhos, entrou em estado terminal e não há marqueteiro que dê jeito.

REFÉM DE SI MESMA

A presidente da República não pode mais sair dos palácios, está refém de si mesma nos quatro quilômetros que separam o Planalto e o Alvorada.

Para a família Rousseff, o final de semana prolongado foi um desespero. A presidente viajou para Porto Alegre, disposta a brincar com o neto e espairecer. Na sexta-feira, estava na casa do ex-marido quando foi surpreendida com um protesto popular do lado de fora. Preferiu ir para o seu apartamento, mas no dia seguinte a cena se repetiu, com outra manifestação. Dilma então pegou o Aerolula e voltou para Brasília, para reassumir o papel da pobre menina rica que vive em palácios, mas não pode sair às ruas.

UM REPÚDIO QUE SE ALASTRA

O pior é que esta decadência é marcada por um repúdio que está se alastrando. No domingo, pela primeira vez nas últimas décadas, a abertura oficial da maior feira pecuária do país, a Expozebu, em Uberaba (MG), não teve a presença de presidente da República nem de governador do Estado. Dilma e Fernando Pimentel desistiram de comparecer. Mesmo assim, houve protesto contra o governo, com buzinas e apitos, cartazes e faixas pelo impeachment, mensagens contrárias ao PT e pedindo o combate à corrupção.

Hoje à noite o PT exibe na televisão o programa institucional do partido. Pela primeira vez, a presidente não participará nem será exibida qualquer imagem dela. O objetivo é evitar o panelaço que ficou acertado de ser feito toda vez que ela aparecer em rede nacional de TV.

Sonhar ainda não é proibido. Os dirigentes petistas podem sonhar o que quiserem. Mas o fato é que logo despertarão, tal o barulho do panelaço, que sempre se mistura com o buzinaço dos automóveis. Para os petistas, será um pesadelo que ficará para sempre marcado, porque nunca antes, na História deste país, se viu nada igual.

42 thoughts on “Com toda certeza, hoje é o dia do maior panelaço do mundo

  1. Manhã gelada na minha cidade, pouco mais de cinco graus Celsius!
    Não dá vontade de sair da cama.
    Observo pela janela que muitas casas estão com o fogão a lenha acesos para esquentar as peças, e aproveitar a água quase ferver para o chimarrão.
    As pessoas que caminham pelas ruas estão curvadas, tentando esconder as cabeças nas golas das jaquetas, casacos e blusas.
    A gurizada, imune ao tempo, anda alegre, saltita, bem agasalhada, toucas, mantas, e se diverte em qualquer estação do ano, mesmo indo para as escolas!
    Quanto a mim, um velho, o frio me abate.
    Gosto do inverno, mas o tempo me deixou à mercê dos pés frios, das mãos geladas, necessitando de meias e luvas, sapatos e calças, algo que não gosto porque o meu “traje” natural é bermuda, chinelo de dedo e uma camisa, a maior parte do ano.
    Comparando-me com a presidente Dilma com o seu momento atual, ela deve estar se sentindo dentro de uma geladeira, encolhida, tremendo de frio, pois o seu governo congelou, está imóvel, perdeu o ânimo, abatido pela dura reação popular contra a sua administração sem qualquer calor humano, ao contrário, fria e calculista, pois desta forma que pediu votos à sua reeleição prometendo exatamente o oposto do que faz após reeleita.
    Dilma não bota o nariz para fora, tem medo de uma pneumonia, mesmo que esteja protegida por roupas caras e térmicas.
    A sua maior preocupação é com o olhar gélido do povo que lhe seria destinado, e ela se transformar em uma estátua de gelo.
    Enfim, o PT é a Sibéria brasileira, que deixou o povo e Brasil aprisionado em gulags:
    Gulag econômico, pois estamos presos à incapacidade e incompetência da gestão de Dilma, razão pela qual a estagnação do nosso desenvolvimento;
    Gulag social, haja vista o endividamento do povo, que se soma ao desemprego, o retorno às dificuldades de sempre, inflação …
    Gulag político, em face da corrupção e desonestidade, motivo pelo qual os parlamentares devem estar todos presos.
    Enfim, a frieza como somos tratados pelos petistas somente poderia ocasionar esta onda de frio cortante, e com o clima entendendo perfeitamente esta situação, a ponto que externou pelo menos para o pessoal do Sul, que não concedeu a vitória nas urnas à presidente Dilma, o sentimento gelado mantido com relação à população desta região brasileira.

  2. sou assíduo leitor da TI, principalmente por sua elevada democracia e talento jornalístico; entanto, assusta-me quando comentários são maiores do que a matéria em si e alguns destemperados ainda usam o espaço para trocar farpas…aqui no NE a expressão é: VÔTE!

    • É impressionante, Gesse. Antigamente dizíamos que essas pessoas não têm simancol. Às vezes, postam comentários com 300 linhas, veja se é cabível um absurdo desses. E quando a gente corta, dizem que estão sendo “censurados”. São patéticos, sem a menor dúvida.

      Grato pela solidariedade.

      CN

      • Espero que o Gesse não esteja se referindo aos comentários do Bendl que são longos mas de bom proveito. Muitas vezes, melhores que o artigo principal.

        Caro Bendl, está na hora de instalar uma calefação aí na tua “tapera”. A falta de calefação nas casas é uma das grandes burrices dos gaúchos e olha que sou um gaúcho de Passo Fundo. Saí de lá faz tempo e hoje depois de viver em alguns países de clima frio, não consigo entender que a calefação não é um artigo de primeira necessidade.

        • Caro Paulo_2,
          Muito obrigado pela gentileza de compreenderes os meus textos.
          Eu não sabia que és gaúcho, e de Passo Fundo, terra que conheço há muitos anos.
          De fato, a calefação nas casas faz muita falta. No entanto, ela é compensada pelo fogão a lenha, ar condicionado, que amenizam o frio, mas deixam o seu custo.
          No caso do fogão, o cheiro de fumaça, do ar, o preço da energia.
          Meu agradecimento Paulo, pela solidariedade ao teu conterrâneo.
          Um forte abraço.

      • Caro Newton,
        Lamento que eu não esteja colaborando contigo, pois na minha casa não tenho este remédio, simancol.
        Também eu não sabia que que, volta e meia, eu seria “patético”, ao registrar alguns textos mais longos, querendo simplesmente dar mais conteúdo às opiniões.
        Dito isso, está comprovado que não reúno as condições de participar de um blog com este nível, de pessoas que tem poder de, em poucas palavras, deixar o recado que desejam.
        Não consigo, é a minha deficiência.
        Prometo, no entanto, de modo a compensar a incomodação, que ocuparei este espaço democrático mais espaçadamente, a cada dois, três dias, e dependendo do tema, claro.
        Assim, pouparei os comentaristas e leitores da minha presença constante e embaraçosa pelos comentários muito além do que gostariam e perturbar bem menos o teu trabalho, que tanto admiro e tenho reconhecido publicamente.

        • Não faça isso, que não quiser que não leia. Infelizmente estamos vivendo na sociedade dos 140 toques. Mesmo dentro das universidades você der um artigo com mais de 15 páginas é um escândalo. Porém infelizmente, mesmo para mudar um tipo de linguagem as vezes temos de nos submeter a ele, pois senão não seremos compreendidos. Quando fiz faculdade ao final da aula os professores, normalmente, mandavam ler um livro inteiro, se fizerem isso atualmente os alunos vão ‘enfartar e geral’…. Sinal dos tempos sem tempo…

          • Virgílio,
            Tenho sido assíduo deste blog incomparável há mais de dois anos.
            Acho que a gente cansa as pessoas com o tempo constante de nossa presença. Se faltava uma razão para eu escrever uma ou duas vezes por semana, ei-la, os meus longos textos.
            O problema é que gosto de escrever, e acrescento ao comentário dados a mais, comparações, alusões, lembranças …
            Obrigado pelo apoio.
            Um abraço.

        • O que é isso, companheiro? Me referi a textos de 300 linhas, coisas assim. Tem um maluco que me manda defesas inteiras de processos judiciais, como se fossem comentários.

          Aqui no Blog, é normal haver comentários mais extensos, até porque eu costumo transformá-los em artigos, para que tenham maior visibilidade e suscitem debates.

          Manda brasa aí no computador e faça como eu, não ligue para críticas. Você é o presidente do Blog e não pode dar uma de Jânio Quadros e renunciar. Quem precisa fazer isso, urgentemente, é a dona Dilma.

          Abs.

          CN

          • Caro Newton,
            Obrigado pelo retorno, mas preciso ser mais sucinto, sim.
            O problema é que me empolgo, e ultrapasso muitas vezes o próprio tema.
            Tentarei me corrigir.
            Peço apenas um pouco de paciência.
            Um abraço do meu tamanho.

        • Sr. Bendl,
          Participo, regularmente, com curtos comentários no blog, sem a certeza de que estaria verdadeiramente manifestando uma idéia clara.
          Não vi, no comentário do CN, uma alusão que possa incorporar seus escritos que são, a meu ver, muito lúcidos e pertinentes. Acredito que ele faz referência a alguns que por aqui transitam (arre!) com textos cuja leitura não sensibiliza e são até impertinentes. Penso, portanto, que sua participação é imprescindível. Continue conosco.

          • Prezado Luiz Álvaro,
            Eu não me afastaria do blog, mas escreveria menos para compensar os meus comentários, que são mais longos que a maioria.
            Muito obrigado pelas amáveis palavras a meu respeito, que as considero fundamentais à minha continuidade neste espaço democrático da forma como faço há tanto tempo: assiduamente.
            Gosto da Tribuna da Internet, dos meus colegas comentaristas, de escrever as minhas opiniões sobre os assuntos postados.
            Repito:
            O blog me fez muito bem, então me sinto à vontade para registrar o que penso e da maneira que considero a melhor, porém, agora sei que nem sempre é aquela apreciada pelo pessoal, razão pela qual devo me policiar mais.
            Um forte abraço, Luiz, e grato pela gentileza.

    • Gesse Almeida,
      Se estás te referindo ao meu comentário, por favor, tens todo o direito de te dirigires a mim diretamente.
      Na verdade, tenho sido repetitivo ao enfatizar que sou de poucas luzes, que não tenho o dom da síntese, razão pela qual me estendo nas palavras.
      Lamento, é o meu estilo, o meu jeito, portanto, entendo que não te devo desculpas, apesar de compreender que és contrário a textos maiores.

  3. Se a Presidente Dilma tivesse preocupação com o Brasil e portanto com o povo, procuraria uma saída menos traumática, antes de ser defenestrada do poder.
    a melhor saída da Presidente Dilma seria a renúncia com uma carta pedindo
    desculpas, (ainda que esfarrapadas), a população, mas isso não deve acontecer, não interessa
    ao PT (Lula). O PT precisa ter alguém no poder, pois trata-se de um forte suporte para
    a defesa dos corruptos. O PT, não tem compromisso com o futuro do país, o poder para eles serviu apenas para o enriquecimento da turma.

  4. Caro CN … Bom dia!

    Peemedebista independente que sou … Observarei se o PT assumirá que o Ajuste Fiscal contra o trabalhador é decorrente de políticas do próprio PT … E se o PT se oferece para acabar com o Aparelhamento causador do necessário Ajuste … Se o programa vier com MENTIRAS SATÂNICAS … panelas, buzinas, vaias … E vou para OPOSIÇÃO … NÃO POSSO MAIS ACEITAR MENTIRAS … … … Vade retro, Serpente!!!

  5. Panelaço não…Vmos fazer O MAIOR B A R U L H A Ç O possível, buzinas, alarmes, campainhas, tambores, panelas e tudo q fizer muito barulho. Q o mundo ouça nosso barulho.

  6. Vamos fazer o maior barulho de toda historia !!!
    vamos manifestar nosso repudio e insatisfação !!!
    Vamos dar um basta na roubalheira !!!
    Vamos dar um basta nestes bandidos do PT

  7. PELO AMOR DE DEUS !!! QUANDO VAI SER FEITO UMA AUDITORIA NA FORTUNA
    DO SAPO BARBUDO E DE SEU FILHO …..QUANDO ….????????????????????????????
    SERA QUE ESSES DOIS PASSARÃO IMPUNES ?????

    • É que tem muitas coisas, ainda mais no Brasil, que não dá para se explicar em poucas linhas. Aliás, tem umas que é enciclopédia.

    • Rocha, meu amigo,
      Não tenho condições de criar um blog.
      A Tribuna da Internet sempre me concedeu o espaço que eu necessitava para expor as minhas idéias e, a minha falha, foi não ter levado em conta que eu ia de encontro às normas de sobre postagens de comentários, que devem ser curtos, lacônicos.
      Na razão direta que aprendi que devemos pecar por excesso e não por omissão, lá pelas tantas estendi alguns registros em demasia.
      Agradeço a tua sugestão, meu amigo, mas é bom a gente ceder espaço para outras pessoas, que sejam concisas, que saibam se comunicar, sem a necessidade de muitas palavras.
      Um forte abraço, Rocha.

  8. Prezados Colegas. O também meu Mestre Sr. FRANCISCO BENDL escreve Comentários de +- 30 Linhas. Eu também me mantenho nesse patamar. Nosso Editor/Moderador, o incansável Jornalista Sr. CARLOS NEWTON, acima, se referiu a Comentaristas que vão a 300 Linhas. 300 Linhas. Então estamos razoável, pois pela minha Aritmética, de 300 para +- 30, vão 270 Linhas.
    Ninguém ofendeu ninguém. Mas num Jornal onLine que propões Debater IDEIAS, são necessários certos espaços. Quem não gostar, simplesmente deve seguir em frente.
    Considero o Sr. FRANCISCO BENDL um excelente Comentarista e grande BATALHADOR pelo TRIBUNA DA INTERNET onLine, e que com seus Artigos enriquece em muito, nosso Espaço. Abrs.

    • Mestre Bortolotto,
      Poder dividir esta página contigo me honra e orgulha!
      Simplesmente não tenho como abandonar este espaço democrático pelo que representa para mim nessas alturas!
      Ter a amizade mesmo que virtual de várias pessoas, a minha admiração por elas, receber palavras gentis e de consideração, a Tribuna faz parte do meu dia, assim como uma refeição.
      Aprendo, observo, copio, arquivo o que é interessante, absorvo conhecimentos e pensamentos novos, enfim, o blog se misturou à minha vida de tal forma que não há mais como abandoná-lo, e deixar de lado esta comunicação entre os comentaristas verdadeiramente agradável e salutar.
      Muito obrigado pela solidariedade, meu Mestre.
      Um forte e afetuoso abraço.

  9. Os petralhas vão emitir uma medida provisória decretando a proibição de venda de panelas de ferro, aço inoxidável e alumínio. Pois estes utensílios são coisas da zélite. As únicas panelas que serão permitida a sua venda serão as panelas de barro.

    • Juca, meu caro,
      Essa foi boa!
      Continua nesta verve divertida, pois é necessária nos dias de hoje, absolutamente enfadonhos e tristes.
      Um abraço, meu caro.

  10. DEU NO ” PORTAL FÓRUM”:

    Aécio e os aviões: Tucano usou aeronaves oficiais de MG quando já não era mais governador

    maio 3, 2015 13:06
    Aécio e os aviões: Tucano usou aeronaves oficiais de MG quando já não era mais governador

    Envolvido em outras polêmicas com aeronaves – como o caso do aeroporto em Cláudio nas terras do seu tio-avô ou o helicóptero com cocaína dos Perrella -, Aécio coloca agora no currículo mais uma: utilizou, ao menos seis vezes, helicópteros oficiais do estado entre 2011 e 2012, quando já tinha deixado o governo de Minas Gerais

    Por Redação

    Ex-candidato à presidência da república no ano passado, o senador Aécio Neves (PSDB) está envolvido em mais uma polêmica envolvendo aeronaves. Ele utilizou em ao menos seis ocasiões diferentes helicópteros e jatos oficiais do governo de Minas Gerais quando já não era mais governador.

    As informações, reveladas pelo jornal Folha de S. Paulo, constam nos Relatórios do Gabinete Militar do Estado e mostram que o presidente do PSDB fez as viagens em aeronaves do governo entre 2011 e 2012 sem a presença de uma autoridade oficial, como exige o regulamento para o uso das aeronaves. O tucano deixou o cargo de chefe do executivo mineiro em 2010.

    Um dos helicópteros utilizados por Aécio neste período, inclusive, foi um de transporte especial que teve seu uso regulamentado em seu próprio governo. Este, em específico, destinava-se ao “atendimento do governador do Estado, em deslocamento de qualquer natureza, por questões de segurança”.

    Procurado para comentar o caso, o senador disse apenas que estava em “missões especiais” a pedido de seu sucessor no governo, Antonio Anastasia – também tucano. A resposta, inclusive, serviu para justificar apenas três dos seis voos que constam no relatório. As outras viagens não foram comentadas.

    Essa é apenas mais uma polêmica com aeronaves envolvendo Aécio Neves. Até hoje o caso do aeroporto de Cláudio (MG), construído com recursos públicos nas terras de seu tio-avô e a ligação deste aeroporto com o caso do helicóptero da família do senador Zezé Perrella (PDT), apreendido com mais de 400 kg de pasta base de cocaína, não foram esclarecidos.

    Saudações,

    Carlos Cazé.

  11. Caro Francisco que pela levesa e poesia dos textos de sua lavra, parece ter muito de Assis.
    Não es longo, por que não es prolixo. Eu me delício com o seu verbo. Não abandone esse espaço.

    • Prezado Luiz Antônio,
      Muito obrigado pela consideração.
      Não, não abandonarei este blog, pois ele tem importância no meu dia a dia, e meus colegas e amigos comentaristas são fundamentais para que este mesmo dia seja bom, agradável, e pela comunicação estabelecida entre nós.
      Somos um grupo que posso dizer unido, que se entende, e cuja troca de mensagens e debates tem sido salutar para ampliarmos nossos conhecimentos a respeito de vários temas que são colocados à discussão.
      Posso afirmar que o elo que nos mantém é a sinceridade, a honestidade de propósito, a verdade.
      Vários comentaristas se tornaram amigos – mesmo sem se conhecerem pessoalmente – porque escrevem com sentimentos, sem medo de apresentarem suas ideias, suas interpretações, e estão sempre dispostos ao diálogo, e não se omitem em ratificar ou retificar o que imaginam.
      Obrigado pela gentileza das tuas palavras, Luiz.
      Um abraço.

  12. Caro Edson,
    Obrigado pelo apoio.
    Tentarei sempre escrever com sinceridade e paixão, e acredito que a maioria dos meus amigos comentaristas percebe esta intenção, da minha honestidade de propósito.
    Gosto da companhia de vocês e deste espaço democrático.
    Permanecer em frente ao micro por alguns momentos preenche o meu dia de modo alegre, útil, e eu não encontraria outra ocupação que me ocupasse de maneira tão agradável e positiva.
    Grato pela paciência e compreensão.
    Um forte abraço, Edson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *