Começou a campanha

Aécio Neves e FHC juntos em sessão no Senado homenageando os 20 anos do Plano RealFoto: André Coelho / Agência O Globo

Carlos Chagas

Mais do que comemorar os vinte anos do Plano Real, em sessão solene do Congresso, terça-feira, Aécio Neves deu início real à sua campanha pela presidência da República. Fez um discurso de candidato. Começou, como não podia deixar de ser, enaltecendo o programa que deu certo no combate à inflação, depois de seis tentativas frustradas nos governos José Sarney e Fernando Collor. Elogiou Itamar Franco, de passagem, mas logo vibrou tacape e borduna no PT, lembrando que os companheiros, naqueles idos, trabalharam contra o Plano Real, buscando desacreditá-lo. Como mais tarde, também, dedicaram “raivosa e violenta” oposição ao projeto de lei da Responsabilidade Fiscal.

A partir dali, não parou mais, nas críticas que visaram, acima de tudo, a presidente Dilma. Lembrou que apenas a Venezuela cresceu menos do que o Brasil, ano passado. Ficamos atrás do Paraguai e de El Salvador.

Para o senador mineiro, depois de 12 anos de governo do PT, consolidou-se a descrença no futuro, entre nós. Há hostilidade entre o governo e o setor privado, registrando-se a desindustrialização. É esse o resultado da diplomacia ideológica petista, porque lá fora nos olham com desconfiança, dada nossa fragilidade econômica.

“É preciso voltar a crescer” parece o mote da campanha tucana, com base na livre iniciativa e na economia de mercado. Aécio criticou com veemência o BNDES, que precisa voltar a atender a todos, deixando de funcionar como um partido político. Referiu-se, também, aos recentes surtos de violência verificados no país, em suas palavras reflexo da frustração popular diante da visão contemplativa do governo federal. Falou da necessidade de um choque de esperança e da importância de se recuperar o entusiasmo, bem como de ser derrotada a mentira dos donos do poder.

O candidato foi aplaudido de pé, obviamente por um auditório essencialmente tucano, encerrando seu pronunciamento com a exortação de “estamos prontos”.

O PT SENTIU O GOLPE

Evidência de que o governo e o PT sentiram o golpe foi a reação de parlamentares petistas horas depois da cerimônia do Plano Real. Diversos líderes do partido sucederam-se nas tribunas da Câmara e do Senado, tanto rebatendo as acusações de Aécio Neves quanto exaltando as realizações da presidente Dilma.

Coincidência ou não, a semana começou explosiva a partir da divulgação de pesquisa realizada junto à população de Brasília, quando Aécio Neves, pela primeira vez, suplantou a presidente Dilma nas preferências populares. Nem de longe esses números ofuscam a sólida vantagem da candidata sobre os concorrentes, em consultas nacionais, mas uma pequena luz amarela acendeu num semáforo distante.

Aguarda-se o desdobramento da campanha, parecendo óbvio que o PSDB trabalha para que Dilma não vença no primeiro turno das eleições, ensejando às oposições unirem-se em torno do ex-governador de Minas.

6 thoughts on “Começou a campanha

  1. O PSDB não tem proposta. Ao invés de ficar lembrado do real , que já tem 20 anos, dos 20 só 8 é do PSDB, tem que dizer, se caso for eleito, o que faria com o petróleo do présal. O PSDB já é conhecido do povo, seus líderes são financistas, não desenvolvimentistas. A síntese da visão do PSDB, foi o serra, quando ministro da saúde, acabar com os mata mosquitos, aqueles que matavam as larvas dos mosquitos da dengue. Para o PSDB, o Estado pequeno e o capital grande. Com o PSDB o PIB brasileiro diminuiu, porque ao vender a preço de bananas estatais estratégicas, o patrimônio público diminuiu, sem contar a enorme evasão fiscal derivada do propino dólares da privatização .

  2. Muitos serão os chamados e poucos serão os escolhidosos, disse o HoMeM. FHC, a exemplo de Marina, ouviram o rugido do Leão, com ouvidos de ouvir, e, graças a Deus, assim espero, passaram a direcionar os seus discursos para o Norte certo, para o HoMeM certo, da hora certa, no lugar certo, no sentido do Novo Sujeito Político, extrapartidário, que, obviamente, não está na idade da pele, mas, isto sim, no estado de espírito e nas ideias e projetos novos e alternativos, como, p. ex., os inéditos, RPL-PNBC-ME, cujo discurso já está sendo copiado por muita gente boa e honesta que cita a fonte, e tb por politiqueiros-partidário-eleitorais picaretas, safos, velhacos, que, de má-fé, na cara dura, dizem ignorar o Fato Novo de Verdade, o HoMeM e o Megaprojeto. Mas, se tanto FHC quanto Marina, enquanto escolhidos do meio partidário para anunciar o nome do HoMeM e do MMilagre, extrapartidários e extraordinários, não o fizerem o mais breve possível, corre-se o risco de algum picareta e oportunista político-partidário-eleitoral, ordinário, tentar ocupar o lugar Dele e por tudo a perder. Fala FHC, ajoelhou tem que rezar. Agora o Brasil precisa saber o nome do HoMeM. E o resto do serviço Ele próprio fará, com a ajuda de todos, com a graça e proteção de Deus.

  3. Em 2002, com o vampiro brasileiro, em 2006 com a carniça geraldo/covas, 2010 novamente com o vampiro, todos eles se distanciaram da Dona Maria A ntonieta de Higienópolis, justamente por ser um dos piores cabos eleitorais do Partidão Francês & Caviar & Champgne Ltda, ruim de serviço, e uma das piores avaliações entre o eleitorado, o povo entendeu o entreguismo e a traiçao do CAPPO.
    Se a foto se confirmar e o garotinho de ipanema colar a figura sinistra e corrupta do cappo em sua eleiçao será a maior barbada para a presidenta dilma ganhar com falicidade a reeleiçao…….

    PS. coitados dos sociólogos, ter em seus quadros um ser desprezível como dona maria antonieta..

    • PS.2. Antes que a patrulhinha francesa vem aqui me tirar de “petralha”, não voto em nenhum dos dois partidecos corruptos,. como diz nosso colega Josè Gilherme, são irmãos siameses…
      Como disse aqui mesmo no blog por várias vezes, minha última e perdida eleição, que votei foi em 1996, de lá para cá meus votos foram todos NULOS……
      Jamais esses picaretas levarão um voto meu….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *