Comissão da Verdade vai ouvir coronel que acusa Genoino de ter traído os companheiros sem ser torturado

Vasconcelo Quadros
iG Brasília

As audiências da Comissão Nacional da Verdade (CNV) para ouvir agentes da repressão se encerram em maio com o depoimento de pelo menos 50 militares suspeitos de participar de tortura e desaparecimento de militantes da luta armada. O coordenador Pedro Dallari disse que pelo calendário estabelecido de comum acordo entre os coordenadores – que ainda terão de driblar eventos como a Copa do Mundo e as eleições – o resto do tempo será utilizado para a redação do relatório final da CNV sobre os dois anos de investigação.

“A preparação do relatório será um trabalho hercúleo”, afirmou. A CNV deve sistematizar, em temas distintos, investigações que vêm sendo feitas por cerca de 70 comissões estaduais e municipais. Além disso, relatará o que foi apurado nas audiências (públicas e privadas) cruzando informações com extenso material já produzido pela Comissão de Anistia e publicações que trataram dos anos de chumbo.

Nas audiências programadas para abril deverão ser ouvidos militares citados em denúncias de tortura e desaparecimentos forçados. Um deles é o ex-capitão Benoni Albernaz, apontado como o agente que torturou a presidente Dilma Rousseff, quando ela esteve presa na sede da Operação Bandeirantes (Oban) em São Paulo.

Também serão ouvidos os militares envolvidos na repressão aos militantes do PC do B na Guerrilha do Araguaia, entre os quais, está o general Nilton Cerqueira, ex-deputado e ex-secretário de Segurança do Rio de Janeiro. Cerqueira comandou a chamada Operação Marajoara, a ofensiva final que terminou no extermínio dos guerrilheiros. Antes do Araguaia, ficou famoso por matar, no sertão da Bahia, o capitão Carlos Lamarca, um dos líderes da luta armada.

CORONEL LÍCIO SERÁ OUVIDO

Parte das audiências sobre a Guerrilha do Araguaia será realizada no Rio de Janeiro. Lá será ouvido também o coronel Lício Ribeiro Maciel e outros oficiais que atualmente gravitam em torno do Clube Militar. O depoimento mais esperado será tomado em Brasília, com a convocação do coronel Sebastião Rodrigues de Moura, conhecido à época como Major Curió, que participou de todas as fases das operações das Forças Armadas, inclusive nas ações de rescaldo que teriam sumido com os corpos dos guerrilheiros.

O relatório que está sendo preparado pela CNV deverá reconstituir toda a estrutura da repressão militar aos grupos políticos que se opuseram ao golpe, apontado responsáveis pela tortura, extermínio e desaparecimento de corpos, mas também toda a cadeia de comando que tinha, no topo, os generais que se alternaram na presidência da República.

Não há sinais, no entanto, de que as investigações possam apontar o paradeiro de cerca de 140 desaparecidos políticos, que é sua principal tarefa. O principal obstáculo é a postura dos atuais comandos das Forças Armadas que, embora não tenham ligação os crimes da ditadura, se recusam a abrir os arquivos ou a exigir dos remanescentes do período a verdade sobre as violações. A CNV deve dar uma explicação sobre o que foi feito com cada militante morto e desaparecido.

O relatório deve sugerir ao Congresso a revisão da Lei de Anistia de 1979 no sentido de internalizar no sistema jurídico brasileiro a legislação internacional que torna imprescritível a tortura e desaparecimentos forçados. O objetivo é levar ao banco dos réus oficiais que atuaram na linha dura e se envolveram em violações.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGA Comissão da Verdade vai colocar em xeque o ex-guerrilheiro e ex-deputado José Genoino. Motivo: o Coronel Lício, que o prendeu no Araguaia, vai repetir a declaração de que Genoino não foi torturado e traiu os companheiros. Vai ser muito interessante e instrutivo. Outra audiência aguardada com muita apreensão será o depoimento do ex-capitão Benoni Albernaz, porque há informações de que a hoje presidente Dilma Rousseff também entregou companheiros quando esteve presa, entre eles, Diniz Cabral Filho. Mas dizem que, ao contrário de Genoino, ela teria sido torturada. Está na hora de sabermos a verdade, não é mesmo? (C.N.)

37 thoughts on “Comissão da Verdade vai ouvir coronel que acusa Genoino de ter traído os companheiros sem ser torturado

  1. O terrorista que botou a bomba do rio centro está impune, vivinho, ainda jovem, e ninguém se lembra dele. Todo mundo viu o puma com o sargento morto com as visceras de fora, porque a bomba explodiu no colo dele quando ele preparava a bomba. Este ato terrorista criminoso, impune ,denegri a justiça. Este é o maior exemplo de impunidade da ditadura.
    PS: A bomba estava sendo armada para explodir, criar o caos, no salve-se quem puder, muitos morreriam pisoteados. A culpa seria de quem ? Dos comunistas, inimigos da democracia.

  2. A pólvora foi descoberta. Parabéns Lima.

    Quanto a Genuíno, a coisa tá preta prá ele.

    Mas, essa de considerar alguém traidor quando é preso pelo inimigo e sabe que se não falar vai encarar o demônio, para mim é exagero.
    Ninguém é de ferro.

    Então Genuíno, o melhor é assumir que voce contou os planos daquela loucura comunista em que você e outros inocentes úteis se meteram, para colocar no poder tiranos como Fidel, Che e outros do tipo.

  3. Está ocorrendo algum engano com o ex-capitão Benoni Albernaz ( “Outra audiência aguardada com muita apreensão será o depoimento do ex-capitão Benoni Albernaz, porque há informações de que a hoje presidente Dilma Rousseff também entregou companheiros quando esteve presa, entre eles, Diniz Cabral Filho. Mas dizem que, ao contrário de Genoino, ela teria sido torturada. Está na hora de sabermos a verdade, não é mesmo?”). O ex-capitão já morreu…

    • E se, de repente, um fantasma de jagunço de Antônio Conselheiro, ressurgisse dos porões da história do Brasil, assumisse o comando da ” Comissão da Verdade”, resolvesse descer ao baixo nível dos algozes de 64, e botasse o coronel no pau de arara, e tudo o mais que faziam contra seres humanos indefesos, até mesmo à revelia dos seus superiores, será que ele abriria o bico, máxime em sendo curió ? Pelo amor de Deus, quando será que essa loucura histórica, que foi 64, entre outras demências do mesmo nível, terá fim neste país ?

  4. A voz do povo é a voz de Deus. E o último julgamentos os espera.

    ” Senta aqui neste banco, pertinho de mim, vamos conversar
    Será que você tem coragem, de olhar nos meus olhos e me encarar?
    Agora chegou sua hora
    Chegou sua vez, você vai pagar
    Eu sou a própria verdade
    Chegou o momento, eu vou te julgar!

    Pedi pra você não matar, nem para roubar, roubou e matou
    Pedi para você agasalhar a quem tem frio, você não agasalhou
    Pedi para não levantar falsos testemunhos, você levantou
    A vida de muitos coitados, você destruiu, você arrasou!

    Meu pai lhe deu inteligência para salvar vidas, você não salvou
    Em vez de curar os enfermos, armas nucleares você fabricou
    Usando sua capacidade
    Você destruiu, você se condenou
    A sua ganância foi tanta
    Que a você mesmo você exterminou!

    O avião que você inventou
    Foi para levar a paz e a esperança
    Não para matar seus irmãos
    Nem para jogar bombas nas minhas crianças
    Foi você quem causou esta guerra, destruiu a terra dos seus ancestrais
    Você é chamado de homem, mas é o pior dos animais!

    Agora que está acabado pra sempre
    Vou ver se você é culpado ou inocente
    Você é um monstro covarde e profano
    É um grão de areia frente ao oceano
    Seu ouro falou alto e você tudo comprou
    Pisou nos mandamentos que a Lei Santa ensinou
    A mim você não compra com um dinheiro seu
    Eu sou Jesus Cristo, o filho de Deus! ” O Último Julgamento/Duduca e Dalvan

  5. Dilma foi eleita com 50 milhões de votos,os generais não tiveram um, legitimidade nenhuma, tomaram o poder pela força das armas e com dinheiro americano, para atender os interesses deles. Pagaram os americanso com o que ? Infraestrutura para escoar a produção das multinacionais e uma divoda externa astronômica que quanto mais pagávamos mais a dívida aumentava. Esses ditadores e seus aulicos não tem noção. Querem botar todo mundo no mesmo saco. No saco dos milicos cabe é o sarney, maluf, ACM, Marco Maciel,FHC da CIA, entre outros incompetentes bem sucedidos só porque apoiaram a ditadura.

    Compara o governo Dilma onde o povo tem carro, moto, casa arrumada, com o governo daqueles idiotas manipulados pela CIA é brincadeira.
    PS: Na tortura toda carne se trai. Pior foram os golpistas que trairam por dinheiro americano.

  6. Comparar o governo Dilma onde o povo tem carro, moto, casa arrumada, com o governo daqueles idiotas manipulados pela CIA é brincadeira.
    Temos cotas para melhorar a vida dos negros e pobres brasileiros.Na ditadura, as cotas eram para os políticos , para filha de general receber sem trabalhar e sustentar a família depois de papai morto, para os filhinhos de papai da classe média apoiadora. Agora, essa classe média se desespera quando vê o filhinho disputando emprego com um negro orindo das comunidades. Eu adoro ver o povo vencer os apadrinhados das peixadas dos milicos.

  7. Os torturadores de Dona Dilma queriam informações sobre resistentes ao golpe militar. Não eram homens, nem machos. Gostavam de torturar mulheres, no fundo para se vingarem de homens que tinham andado com suas mulheres, ou estavam “ficando” com elas, enquanto eles tinham orgasmos torturando as outras.
    Conheço vários casos.
    Segundo o maldito livro bíblico Apocalipse, toda a humanidade será torturada, de acordo com o psicopata que teve aqueles sonhos e escreveu o famigerado livro. Trata-se de um manual que santifica a tortura, eleva o mal à categoria divina, justificando a maldade pura e o sadomasoquismo. E algumas pessoas ignorantes passam a ser guiadas por culpa e medo.

  8. Lucas Leonel lembrou bem de Antonio Conselheiro. Na verdade, General Antonio Conselheiro,pois na guerra de canudos mostrou extrema competencia militar ao vencer o exército brasileiro em batalha. O coronel Moreira Cesar foi decapitado pelo General Antônio Conselheiro. A primeira comunidade carioca surgiu naquela época, porque o exercito prometeu aos combatentes casa no Rio mas não cumpriram o acordo. Os soldados de canudos em protesto construíram barracos de madeira no morro da providencia. Batizaram a nova comunidade de favela, uma árvore nativa da região de canudos, na Bahia.

  9. Lucas Leonel lembrou bem de Antonio Conselheiro. Na verdade, General Antonio Conselheiro,pois na guerra de canudos mostrou extrema competencia militar ao vencer o exército brasileiro em batalha. O coronel Moreira Cesar foi decapitado pelo General Antônio Conselheiro. A primeira comunidade carioca surgiu naquela época, porque o exercito prometeu aos combatentes casa no Rio mas não cumpriu o acordo. Os soldados de canudos em protesto construíram barracos de madeira no morro da providencia. Batizaram a nova comunidade de favela, uma árvore nativa da região de canudos, na Bahia.

    Responder

  10. Fábula,a coruja e seus filhos, de Esopo. Serve para os ditadores que não enxergam a feiura de seus filhotes.

    Fizeram a paz a coruja e a águia, e reciprocamente juraram não ofender aos filhos de cada uma das altas partes contratantes: “Conheces os meus filhos?” perguntou a coruja à águia. — Não, mas se mos queres mostrar e dizer como são, saberei reconhecê-los, e poupá-los. “Pois sim, atende; meus filhos são lindos, engraçados. Oh! como são engraçadinhos e bem feitos! são uns primores”. A águia tomou nota; daí a dias, estando a caçar deu com um ninho. Nele estavam dois horríveis filhotes, tristonhos, mal feitos, de cor, de piar que metia medo. “Não são estes por certo os filhos da minha amiga”, disse a águia e os foi papando. Nisso acode a coruja: “Assim respeitas a fé jurada? mataste os meus filhos!” — Teus filhos! disse a águia admirada; esses monstrozinhos nada tinham de lindos, nem de bem feitos e menos de engraçadinhos.

    MORALIDADE: A ternura materna não vê as imperfeições dos filhos, e substitui-lhes belezas e graças que lhes negara a natureza.

    ——————————————————————————–

    • Fábulas – Monteiro Lobato – Ed Brasiliense Pags 6/7

      “Para retrato de filho ninguém acredite em pintor pai. Lá diz o ditado: quem o feio ama bonito lhe parece”.

  11. Amigos, estamos na verdadeira casa da “mãe Joana”. No início, achei que a comissão da verdade fora criada para “julgar só um lado”. Bastou entregar uma arma em mãos inábeis para virar de cabeça para baixo. Do jeito que jogam, o jogo terminará empatado ou virando para o outro lado. Só poderá terminar assim!
    Na verdade, os ex-éticos e moralistas estão começando a ficar muito expostos.
    Vejamos os emblemáticos casos do ex-presidente Lulla. O que circula na internet contra ele, colocando-o no maior “lamaçal” vivido por uma autoridade do seu nível (falo do nível do cargo que ocupou), é mais do que suficiente para enquadrá-lo. E não há qualquer indício de que vá processar qualquer um daqueles que o acusam, atacando sua honra, seu caráter e tudo mais.
    O que podemos concluir? Que os fatos/atos apregoados a ele -” notadamente os desabonatórios”, são todos verdadeiros.
    Partindo desta premissa, um grupo de cidadãos pretende encaminhar (atos e fatos relatados) ao Ministério Público, solicitando que analise a possibilidade de representação contra o mesmo.
    E mais ainda: desejam mesmo procedimento em relação a presidente Dilma. Aguardam, apenas, depoimentos sobre o caso Petrobrás para também fazer o mesmo encaminhamento.
    Ainda bem que, além ler, escutar, falar e escrever muito, alguns brasileiros estão dispostos o colocar a banda na rua! Mas tudo dentro da lei e conforme previsto na Constituição.
    Está sendo construída a COMISSÃO DE VERDADES.
    Com muita honra e responsabilidade, aceitei o convite para dela participar.

  12. O MAV (militância em ambiente virtual do PT) escolheu mal seu representante neste blog.
    O tal tenta de todo o jeito defender o indefensável, mas não consegue elaborar nada que possa convencer a um iletrado.

  13. Foi uma tremenda besteira criar uma comissão para apurar a “verdade” de um lado só…
    Isso não existe, é pura balela.
    Verdade é Verdade. Teriam de ser ouvidos os dois lados…
    O quem é quem tem importância, sim… foi uma guerra.
    Daí, da compreensão de que o conhecimento dos absurdos praticados pelos dois lados – militares e comunistas numa “guerra suja” – foi acenada e aceita pelos dois lados, a Lei da Anistia.

    Fico com o moderador.
    Se, apurado, ficará para a história, pelo menos, se houve ou não a traição de José Genoíno, entregando companheiros, tal qual a Presidenta, guerrilheira tida como torturada.
    Minha opinião: toda essa celeuma , parece ter visado tão somente uma forma de compensação, ou seja uma “indenização” financeira para alguns personagens, hoje totalizando mais de 40 mil,,,
    Ou seja, tornou-se uma questão de grana… .

  14. Tem um coronel que está vivo e foi importunado em sua casa em Santos por gente do PT com um tal “esculacho”por ter “torturado Dilma”. O Coronel não saiu de casa e depois foi entrevistado. Disse com franqueza: Dilma era durona, não entregou gente importante, só alguns sem importância. Dilma disse que deixassem o coronel de lado pois o mesmo era meio maluco. Imediatamente o “esculacho” acabou. Ninguém se lembrou de chamar o coronel que é meio maluco para depor. Ou será que o coronel em sua curta entrevista mandou uma mensagem? Eu continuo tendo dúvida sobre as torturas sofridas por Dilma. Primeiro que ao ser presa a pessoa já está sendo touturada psicológicamente. Segundo: tortura no sentido lato da palavra, com pau-de arara, cadeira do dragão e outras barbaridades ninguém aguenta 24 horas. Dilma disse em primeiro momento que passou três anos sendo torturada. Depois disse ao Datena que foram três meses, depois que foram trinta dias. Seja como seja ela foi torturada ninguém duvida. Mas, depois de solta aparece serelepe, feliz da vida com seu marido Araujo o falso guerrilheiro que diz ter roubado o cofre do Ademar em Santa Teresa. Santa Teresa é um morro cercado pelo 9° DP, 1° Batalhão da PM, 5° DP, DP do Senhor do Matosinho, Hospital da PM, 8° DP. Não tinha na época tunel Santa Barbara e nem tunel Rebouças. Decendo pela Rua Alice teria que passar passar pela Companhia da PM que faz a guarda do Palácio do Governo. Naquele momento ninguém podia andar em um veicúlo, mil metros sem ser parado identificado e revistado. Qual foi o milagre que aconteceu para que esse “roubo” tivesse acontecido? O Milagre foi MENTIRA. O Irmão de Ana a amante de Ademar era oficial de Marinha, com ele servi no 1° Distrito Naval. Anos depois ele deu uma declaração dizendo que sua irmão tinha em casa um daqueles cofres enormes que pesava 350 quilos e que ninguém conseguiria arrastá-lo nem até o jardim e que o tal cofre tinha papeladas da família e não tinha nenhum dinheiro. A MENTIRA É TÃO VISÍVEL, que Araujo disse que depois de roubarem o cofre ele mandou buscar no Rio Grande do Sul um metalurgico conhecido para arrombar o cofre. Vai mentir assim lá ponte que partiu.

  15. Essa tal tortura de Dilma não deve ter sido aquilo que ela se vangloriou de ter sofrido. A tortura , e eu não duvido que tenha existido, pois ao cair no inferno, o elemento se desmonta.
    Vai ver foi isso.
    Deu lucro.

  16. Seria muito oportuna a revelação do enredo que tomou o assalto ao casarão de Santa Teresa, de onde Dilma e seus comparsas retiraram sem a autorização da Aninha, o cofre do “doutor Rui”, caixa dois do governador de São Paulo, o também ladrão Ademar de Barros. O combinado era ‘socializarem’ o fruto do roubo entre os meliantes da VAR-Palmares, os exilados e autoexilados e para corromper algumas autoridades simpáticas ao comunismo.

    Por sorte nossa, a derrocada dos comunistas subversivos começou ali, com a maldição do fantasma de Ademar atuando já na abertura do cofre. Tudo aconteceu num sítio em Teresópolis, na Região Serrana do RJ (bem ao lado da granja do almirante Heleno de Barros Nunes), onde os pretensos 200 mil dólares se revelaram serem mais de US$ 2,8 milhões. As cotas para a manutenção da guerrilha urbana ficaram nas mãos do Carlos Minc. O dinheiro para o exterior não saiu do papel e o que havia sido prometido ao capitão desertor Carlos Lamarca foi negado sob a alegação de que havia prioridade na aquisição de armamentos soviéticos e isso custava os olhos da cara.

    Lamarca havia prometido aos seus homens do MR-8; enfiados nos sertões, que tão logo houvesse dinheiro, todos receberiam um soldo para mandarem para seus familiares deixados para trás, acreditando eles num ideal de tomada de poder, mas o dinheiro da Grande Ação lhe foi negado em Teresópolis e ali ocorreu um cismo entre o ele e o VAR-Palmares. Em São Paulo, Lamarca continuará sua trajetória subversiva concorrendo com os comunistas burgueses (tá ai o Sirkis que não nos desmentirá sobre isso), promovendo sequestros e ações de assalto, com muitas mortes.

    Claro que os comunistas “cariocas” prevaricaram e logo o gostinho do capitalismo assaltou suas convicções trotskistas. Claro, também, que o Senimar, o DOI-CODI e DOPS rastrearam as ações extravagantes de alguns desses subversivos e logo as celas estavam cheias de marxistas frustrados, ainda arrotando champanhe e caviar, mas Lamarca seguia sua saga e desafiava todos os 3, 4 e 5 estrelas do generalato. Era uma pedra no sapato da corporação Verde Oliva e é ai que entram o guerrilheiro de meia pataca Zé Genoino e a terrorista Wanda Estela Patrícia Rousseff, essa, responsável por transformar mais de dois milhões de dólares do cofre da Grande Ação, em cruzeiros, mas por quantias verdadeiramente jamais reveladas.

    Entre ambos há apenas a suspeita de que jamais foram torturados para delatar seus cúmplices. O Genoino já está mais do que desmoralizado com seu arrego e a fama de dedo-duro, mas pouco se fala sobre a Dilma, nessa suposta delação. Há sim, a possibilidade de Dilma ter sido presa e em troca de poder ficar com parte da fortuna roubada do Ademar e de pagar uma “prisão”, para sua própria segurança física (como o fizeram os bicheiros cariocas, via Denise Frossard, e depois saíram sem dever nadinha), entregaria tudo sobre o MR-8 e especialmente aquilo que levasse a anulação de Lamarca. O ex-militar narigudo foi morto lá em Ibipetum (BA) e Dilma ficou no “seguro” por 3 anos. Uma troca justa para quem já havia traído seus ideais, lá em Teresópolis. Justamente ela, tida como uma das responsáveis por ações beligerantes, sequestros, contrabando de armas, homicídios, roubos à mão armada e o assaltos violentos, mas que jamais explicou onde foi parar tanto dinheiro saqueado por ela. Parece que sua vida pregressa na origem de sua fortuna é um mistério.

    Gostaria muito que essa Comissão da (meia) Verdade realmente desvendasse a participação desses dois canalhas traidores da pátria.

  17. A ditadura foi apoiada por ladrões. Claro que Dilma não roubou o cofre do ademar de barros. Se ela tivesse roubado teria sido protegida dos apoiadores dos golpistas. Foi perseguida justamente porque não era ladra.

  18. Fábula, A gralha e o corvo, de Esopo.
    Invejoso do corvo, a gralha sonhava com o mesmo tratamento que davam a ele: O corvo, como se sabe, é visto pelos homens como uma ave cujos gritos são cheios de presságios. Ao ver passar uns viajantes , a gralha foi postar-se no alto de uma árvore e de lá começou a emitir gritos. Assustados com aquela voz, os viajantes se voltaram. Um deles falou então: Vamos embora, é só uma gralha e seus gritos não pressagiam nada.
    Moral da fábula: O fracasso e o ridículo são o fim de quem pretende competir com os mais fortes.

  19. 12/04/14 – Cartinha aos alunos de uma escola na Bahia
    Queridos alunos do Colégio Estadual Presidente Emílio Garrastazu Médici, situado Conjunto Habitacional do Stiep, quadra 1, número 291, em Salvador.

    Eu moro tão distante de vocês, mas por conta do Ministério da Justiça, que me mandou um convite, fiquei sabendo da cerimônia de troca do nome de sua escola. Desculpem eu não poder comparecer.

    Gostaria muito de dizer, como brasileiro que também sou, que, lastimavelmente, os senhores estão servindo de instrumento para pessoas mal intencionadas que querem tão somente mostrar que estão se vingando dos militares.

    Ao substituírem o nome de sua escola trocam um ilustre general que foi presidente do Brasil por um chefe de organização terrorista que – num manualzinho (mini-manual) – pregava o ódio e a morte como meios de melhorar o Brasil. E não só pregava como praticou e influenciou muitos jovens a matarem, como ele.

    E isso não está sendo dito por mim. Esse terrorista deixou tudo “por escrito”. Pergunto aos senhores alunos: todos – todos – os senhores foram ouvidos para autorizar esta troca? Ou foi por livre e espontânea pressão da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça e da Secretaria da Educação do Estado da Bahia?

    Prezados alunos não tenham dúvidas. Os senhores e sua amada escola estão sendo instrumentos de pessoas revanchistas que os estão usando como “massa” para uma futura comunização do nosso País.

    Torço muito para que os senhores tenham sucesso em suas vidas, mas, com certeza, não poderão buscar inspiração nesse novo nome, como poderiam fazê-lo com o antigo.

    Felicidades a todos nessa nova etapa de suas vidas escolares. Rezarei por vocês.

    Desde Curitiba no Paraná

    Jorge Alberto Forrer Garcia
    Coronel Reformado

    Publicada no http://www.averdadesufocada.com

    • Oportuna e preocupante sua postagem. Aqui em Paraíba do Sul tem a linda Praça Garcia, ou Jardim Velho, onde está plantada a enorme estátua do “Chê”, mandada colocar ali pelo ex-prefeito Rogerio Onofre, que também mandou denominar a tradicional Guarda Municipal de Brigada “Che” Guevara, com a conhecida imagem do terrorista nos carros e no uniforme dos agentes. O prefeito mais recentemente atendeu a um pedido dos vereadores e mandou retirar aquela aberração da GM, mas pior foi ao descobrir que a tal lei de criação da Brigada “Che” Guevara nunca existiu e os sulparaibanos ficaram por mais dez anos cultuando um personagem nefasto e sem nenhuma significância para aquela sociedade, que tem em Tiradentes (no Distrito de Sebollas), o verdadeiro representante da expressividade pela mudança.

  20. A pretensa Comissão da Verdade criada com o objetivo de construir a VERSÃO do governo, que seria a oficial, diante da preocupação em alterar a história e dar a entender que os comunistas lutavam pela democracia, que havia sido violentada pelos militares, na tentativa de apagar relatos históricos acusando exatamente que queriam tomar o poder e instituir uma ditadura de esquerda, sofre o seu primeiro tiro no pé:
    O testemunho do coronel que atesta Genuíno ter entregue seus companheiros sem levar qualquer peteleco.
    Estamos diante de duas situações, que devem ser analisadas com cuidado:
    1) Que, sob tortura ou ameaça dela, não há valentes;
    2) Se Genuíno delatou seus companheiros ou não, não vem ao caso, diante da iminente ameaça física e mental.
    Não, não estou defendendo Genuíno, mas declarando o meu repúdio à tortura, à barbárie.
    Penso que esta humilhação e lembrança terrível de um passado que deveria ser sepultado em face da anistia, traz novamente à tona o sofrimento dos envolvidos e ainda vivos.
    Se o petista foi um guerrilheiro e deveria antecipadamente saber que, guerra é guerra, certamente ao ser preso não foi tratado com tapinhas nas costas.
    Aliás, qualquer menção de gesto amistoso e seria considerado como ameaça de soco ou tabefe.
    Obrigar Genuíno olhar de novo para aquele que o deteve é torturá-lo de novo, detalhe que os membros dessa comissão não se deram conta que ocorreria inevitavelmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *