Comitê da ONU vai confirmar a “ordem” dada ao Brasil sobre candidatura de Lula

Resultado de imagem para sarah cleveland

Sarah Cleveland diz que Lula tem de ser candidato novamente

Carlos Newton

É um jogo de cartas marcadas, em que já se sabe o resultado. Os advogados do PT estão recorrendo ao Comitê de Direitos Humanos da ONU contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que negou o registro da candidatura de Lula da Silva ao Palácio do Planalto, por estar incurso na Lei da Ficha Limpa, após ser condenado e preso pela Operação Lava Jato.

Em agosto, dois plantonistas do Comitê ONU, que tem 18 integrantes, atenderam a um pedido de emergência da defesa de Lula e concederam uma medida cautelar determinando que as autoridades brasileiras mantivessem os direitos políticos de Lula e sua candidatura a presidente da República, inclusive fazendo campanha, até que seu caso fosse avaliado pelo Supremo Tribunal Federal.

UMA ORDEM – Embora o governo brasileiro, através do Itamaraty, tenha encarado a cautelar dos plantonistas do Comitê como uma simples “recomendação”, na verdade a mensagem ao Brasil teve caráter impositivo. Redigido em inglês, o texto é claro. Diz que o Comitê “request to make”, ou seja, “requer que faça”. Embora o verbo “to request” também signifique “pedir”, quando se trata de texto jurídico a tradução de “request” é “requer” ou “requisita”. É uma ordem, nada tem a ver com recomendação.

A responsável pela cautelar foi a vice-presidente do Comitê, a norte-americana Sarah Cleveland, que funciona como plantonista de assuntos emergenciais, assessorada por outro integrante do órgão da ONU, que também assinou a mensagem ao Brasil.

Em entrevista a Jamil Chade, correspondente do Estadão em Genebra, Sarah Cleveland criticou o Brasil por ter descumprido a ordem. Segunda a avaliação dela, o país teria desrespeitado um Protocolo assinado pelo governo federal e referendado pelo Congresso. “A ação do Brasil é muito lamentável”, declarou Cleveland.

VAI CONFIRMAR – Como se trata de assunto emergencial, caberá à própria Sarah Cleveland responder ao recurso dos advogados do PT. Ela vai repetir que o Brasil está obrigado a atender à sua “ordem”, que ela emitiu irresponsavelmente, sem ouvir o governo brasileiro e sem saber que Lula é realmente inelegível, por estar incurso na Lei da Ficha Limpa.

A representante do Comitê só ouviu um lado e acreditou que Lula é perseguido político, foi condenado sem ter direito à ampla defesa e está sendo impedido de ser candidato por motivos meramente partidários e ideológicos, como alega o PT.

Nos próximos dias, ao despachar o recurso do PT, Sarah Cleveland vai persistir no erro e confirmar todo esse lero-lero de que Lula é “perseguido político”, levando ao delírio o defesa de Lula. Enquanto isso, la nave va, cada vez mais fellinianamente.

###
P. S  –  Há três dias sem moderar os comentários, a gente até lembra Vinicius de Moraes: “Que maravilha viver”. (C.N.)

35 thoughts on “Comitê da ONU vai confirmar a “ordem” dada ao Brasil sobre candidatura de Lula

  1. A ONU apresentou ao mundo uma novidade realmente espantosa: O COMITÊ DE DOIS.

    Mas a provecta instituição se superou. O mundo jamais será o mesmo! Vem aí O COMITÊ DE UM!

    • Tens razão!
      Para eles o comitê de “um” é igual a um milhão, e não pode ser contestado!
      E ainda tem gente que leva essa ONU a sério!!!

    • É apenas mais uma Fraveta da vida. Ela (Sara) acha que a lei da Ficha Limpa o qual o Lula está inserido o torna elegível. O nome deveria ser ficha suja. Ela entenderia. Aqui é na segunda instância, ela sabe disso?

  2. O Ministro Edson Fachin afirmou que as normas internacionais se sobrepõem em face da lei da Ficha Limpa, no entanto, o certo seria interpretá-las de acordo com o princípio fundamental da SOBERANIA NACIONAL, norma inserta no inciso I, do artigo 1º de nossa Lei Maior, que não admite ingerências externas de quem quer que seja nos poderes da República, notadamente nas decisões do Poder Judiciário.
    Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
    I – a soberania;

  3. Falta ao governo brasileiro a coragem de responder a essa pateta, com todos os erres, que ela deve ir plantar batatas.
    Lula é um ladrão e genocida e o lugar dele é na cadeia. E que não demore muito a ir para uma penitenciária

      • Isso mesmo!
        E avisar à essa tal de ONU, que ela vá cuidar da Venezuela e da Nicarágua, por exemplo, e deixem um país soberano (ma non troppo), que mesmo aos trancos e barrancos está tentando se equilibrar, não precisando de que estranjeiros esquerdopatas venham dar pitaco nas suas decisões jurídicas, sobre as quais eles NADA SABEM!!!

    • Báh!
      Pena que já apaguei.
      Sobre “capô de fusca”, recebi uma que é “do cacete”, pra não dizer mais, sobre capô de fusca.
      Mas é foto, não poderia publicar, iriam me crucificar!

  4. Sarah Cleveland tem mais poder aqui no Bradil que dezenas de juízes brasileiros, que duas instâncias jurídicas, que o TSE e STF juntos? É piada mesmo. Nossas Leis valem alguma coisa, ou é só para os pobres brasileiros massa dados pela classe política?

  5. Comitê da ONU infestada de comunistas.
    Por que eles não ver o que está acontecendo na Venezuela, Coréia do Norte e China?
    Por que eles não vão ver a situação grave em Roraima, com milhares fugindo da violência e da fome?
    Além disso, nada aconteceu aos Estados Unidos, que desrespeitaram uma “ordem” da ONU para não invadir o Iraque e Afeganistão.

    • Eles sabem o que está acontecendo na Venezuela?

      A mim parece que, por pior que possa representar, teremos de eleger um presidente que fale pela maioria do povo, isto é, que mande recados duros para estes “órgãos” de brinquedo.

      A ONU está pulando o muro do bom senso e brincando com uma das maiores nações do mundo.

      Temer tem de mandar dizer isto!

      Fallavena

      • Tás brincando, né Fallavena?
        TODOS, os alçados, são de confiança daqueles que mandam primeiramente nos “mestres”, para que, caótica e baderneiramente iludidos subalternos “sigam” uma mesma “idéia”.

      • Aqui tambem, pelo cabimento:
        ” “As Raízes “Revolucionárias da ONU.”
        “As mentes radicais que estão por trás da Nova Ordem Mundial criaram um projeto socialista e totalitário de abrangência global. Rastreando os primeiros passos graduais rumo a um governo mundial, podemos encontrar o fundamento definido por uma mistura eclética de visionários socialistas, financistas globalistas, revolucionários comunistas, sociedades secretas, líderes da Nova Era, ricos capitalistas e suas fundações isentas de impostos.”

        Para os profetas pragmáticos e os flautistas de Hamelin que estão por trás desse esquema, a perda de vidas, da propriedade e da liberdade pouco importa, pois o fim utópico justifica seus meios inescrupulosos. Experimentos sociais que mataram milhões na Rússia, na Alemanha nazista e na China tornaram-se um caminho de pedras útil para as fundações e os financiadores milionários do Reino Unido e dos EUA, que ajudaram a financiar essas guerras e revoluções — e para os líderes poderosos (do Reino Unido e dos EUA), que forneceram as armas e a tecnologia tanto para os aliados quanto para os supostos inimigos.

        Nesse ponto da “progressão” revolucionária, o presidente George W. Bush e o primeiro-ministro britânico Tony Blair, como o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, servem bem como representantes visíveis e eleitos para mestres que estão trás dos bastidores e que já mapearam a rota básica (se não todos os detalhes). Por trás do visível Kofi Annan estão Maurice Strong e outros “corretores do poder”. Por trás de George W. Bush estão os “notáveis” influentes que estão guiando a mudança há décadas. Alguns dos nomes atuais são familiares: George Shultz, David Rockefeller, Zbigniew Brzezinski, Henry Kissinger, Brent Scowcroft… Esses homens, todos membros do Conselho de Relações Exteriores (CFR, de Council on Foreign Relations), servem nos gabinetes presidenciais — ou trabalham silenciosamente por trás dos bastidores. Eles podem se intitular republicanos ou democratas; isso realmente não importa.”
        PS. Continua,……,lá.”

  6. Diz que o Comitê “request to make”, ou seja, “requer que faça”. Embora o verbo “to request” também signifique “pedir”, quando se trata de texto jurídico a tradução de “request” é “requer” ou “requisita”. É uma ordem, nada tem a ver com recomendação.

    “The UN Human Rights Committee has requested Brazil to take all necessary measures to ensure that Lula can enjoy and exercise his political rights while in prison…” https://www.ohchr.org/EN/NewsEvents/Pages/DisplayNews.aspx?NewsID=23464&LangID=E

    O verbo ‘to make’ não aparece uma única vez no texto do committee. ‘To take’, quatro vezes.

    Trata-se de uma recomendação e não de uma ordem do tipo, “cumpra-se”.

  7. E depois se o capetão bozo fala que vai metralhar a petralhada ele é tachado como loco, imbecil, irracional entre outras mais, e o pais continua subjugado por um bando de terroristas ao modo moderno sob o manto das leis que eles manipularam

  8. Qual a função da ONU, hoje? As deliberações da Assembleia não são vinculantes. As nações não são obrigadas a cumprir as recomendações. Mesmo assim, diante do grau de legitimidade que a Assembleia possui, as resoluções do órgão se impõem quase como uma obrigação moral para os países. Aqueles que não acatam as recomendações são fortemente cobrados pela opinião pública mundial. O “grandes” do conselho estão pouco ligando para isso.

  9. Uma amostra gratis do globalismo: um pessoa desconhecida querendo impor sua votade a milhões de pessoas, acabando com a soberania e auto determinação dos povos.

    A onu não serve para nada, apenas para assassinar as soberanias dos paises.

  10. Que antes a ONU se manifeste sobre o direito de cada país elaborar suas leis antes de se meter onde não é chamada. A Lei Filha Limpa foi uma iniciativa de origem popular e tinha como finalidade, a moralização do processo eleitoral brasileiro. Não cabe a ela, ONU, impôr sua vontade e seu intendimento sobre as nações que a compõe. Sob o risco de quebra de soberania nacional.

  11. Na década de 60 no Recife tinha uma “Pensão de Divertimento dos Jovens e Velhos Jovens da Boêmia Recifense”, era apelidada da “Pensão de Maria Magra” , quem conheceu sabe o quanto era organizada e respeitada, não havia bagunça, nem violência e os cuidados com as Leis do país para que nenhum “menor”, ou criminoso a frequentasse e atrapalhassem o lazer diuturno , a ordem e as Leis. Ao conversar com amigos meus no último final de semana, inclusive hoje doutos juristas e cargos judiciais,gente de todas as classes sociais e com nível superior ou não, a unanimidade foi geral, todos afirmavam sem temor…”A Pensão de Maria Magra no Recife de antigamente, era mais séria e organizada do que o Brasil de hoje., lá as Leis e a Ordem Jurídica e Constitucional eram respeitadas, ninguém bagunçava, independente de ideologias ou classes sociais, lá o Brasil e seu Povo eram respeitados…” !! Desculpe Carlos Newton se ás vezes me exceder, comparar um Brasil com um prostíbulo sem rumo não é de meu feitio, mas, Jurídica, Administrativa e Comportamentalmente falando , qualquer prostíbulo de beira de esquina trata melhor e com respeito o Cidadão Brasileiro e nossa Pátria diante e perante o “escárnio com que os 3 Poderes nos tratam, nos humilham, e, rasgam nossa Constituição diariamente ao seu bel prazer para a alegria e gaudio de corruptos contumazes” destruindo nosso passado, presene e nos jogando no futuro que nossos irmãos Venezuelanos já sentem na pele !!!! Com tristeza e temor sinto que estamos perto de uma “venezuelização nacional” , quem sobreviver ou não fugir, vai sentir o “fogaréu” que já toma conta das ruas brasileiras. Que Deus nos Proteja, e que esse espaço continue aliviando as dores que nos consomem os sonhos e esperanças, e aceite nossa revolta já que não temos mais tempo ou espaço para derrubar o que já destrói a vida nacional !!!

  12. .
    REITERO – OUTRA VEZ e DE NOVO:

    a Mulher É o ser mais Sublime, mais expressivo, da Criação Divina!
    Isto é incontestável!
    Chega ao Máximo de ser a colaboradora maior e imediata do próprio Deus na fantástica obra da perpetuação da vida humana.
    Então, podemos dizer que a MULHER, neste mundo, É TUDO e muito mais !!!
    ..
    mas, convenhamos – pois É certo, quando a mulhé degenera, resulta-se a imagem do diabo.
    uma mulhé que apoia e luta por LADRÕES BANDIDOS torna-se um ser abjeto, nojento, insuperável na sua ruindade, na sua nulidade moral.
    veja-se essa peste, cujo retrato vai aí em cima e cujo nome não escrevo para não conspurcar meu teclado. Isso perde de longe para a Zefa-Gato e a Zeza,
    que são bastante muito mais respeitáveis e honestas.
    o que ocorre mundo afora – e a Venezuela do podre é atestado atual e evidente [Mulheres vendendo o próprio corpo para sobreviver], nada importa para ela.
    mas essa mulhé asquerosa quer ditar normas para nosso país.
    Soque-se, ora !!!
    .
    É preciso dar UM BASTA!
    C H E G A !!! !!! !!!

  13. Essa questão já encheu o saco.

    Diante da Lei da Ficha Limpa (LFL), todos sabem, um condenado por um colegiado é inelegível.

    A lei é muito rigorosa? Onde ficam a ampla defesa e a presunção de inocência, que para muitos só se exaure quando se esgotam TODOS os recursos?

    Essas duas questões, juntas e misturadas, poderiam caracterizar a LFL como inconstitucional. Essa é (era, seria) a única chance de um condenado por órgão colegiado não se tornar inelegível.

    Ocorre, pairando sobre todas as suposições, hipóteses, teses e sonhos, que o STF já declarou a CONSTITUCIONALIDADE da LFL.

    Sendo assim, ponto final: condenados em segunda instância (ou mesmo em primeira, mas por órgão colegiado) SÃO INELEGÍVEIS.

    Se a ONU não considerou a LFP, o problema é dela. Se partiu do princípio de que um político preso é a mesma coisa que um preso político, meus sentimentos pela miopia do raciocínio.

  14. Oigres Martinelli, há mais um detalhe que não foi dito.

    O texto do referido protocolo do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, alegado pela defesa de Lula, está publicado no Diário do Senado Federal de 19 de junho de 2008, a partir da página 21429.

    Porém, as comunicações de indivíduos que queiram ter seus questionamentos analisados por esse comitê, conforme está naquele texto, só podem ser feitas se o reclamante tiver esgotado todos os recursos internos disponíveis no seu país (artigo 2º).

    Portanto, como não foram esgotados todos os recursos internos no Brasil por parte do reclamante Lula, o caso nem poderia ter sido analisado por esse comitê (artigo 5º, 2b).

    Verifique! Gostaria de ler sua opinião sobre isso.

    É mais um dado que desmonta totalmente a defesa de Lula apresentada àquele comitê.

    O documento produzido é nulo “dentro do próprio comitê” por “violar as regras que o regem”.

    • Zorro
      Se consta dito conteúdo no texto, então oc aso é de polícia! Estariam brincando com o Brasil e os brasileiros. Não apenas a ONU mas os petralhas também.

      E Fachin ficaria sujeito a um impeachment!

      Sim, imagina um ministro do mais ala corte sem compreender um texto tão claro!

      Precisamos de ajuda jurídica, urgente.
      Abraço

      Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *