Como dizia Rubem Braga, a poesia é necessária

###

A BAILARINA

Cecilia Meireles

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Não conhece
nem dó nem ré
mas sabe ficar
na ponta do pé.

Não conhece
nem mi nem fá
mas inclina o corpo
para cá e para lá.

Não conhece
nem lá e nem si,
mas fecha os
olhos e sorri.

Roda, roda, roda com
os bracinhos ao ar
e não fica tonta
nem sai do lugar.

Põe no cabelo
uma estrela e um véu
e diz que caiu do céu.

Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece
todas as danças,
e também quer
dormir como as outras
crianças.

###
DIA DAS MÃES

Paulo Peres

Entre a razão e a emoção
Existe um ponto de interrogação
Chamado Humana Renovação:
Ventre bendito – coração MÃE,
Obra Suprema do Criador.

MÃE.
Neste dia dedicado a VOCÊ,
Quero parabenizá-la e pedir-lhe
Que continue a ser esta MÃE
MARAVILHOSA!

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *