Como “enviado de Deus”, Jair Bolsonaro ganha a Piada do Ano pelo conjunto da obra

Bolsonaro diz que tem uma missão de Deus ao jornal argentino 'La Nación' Foto: Reprodução

Ao jornal “La Naci[on”, Bolsonaro se revelou como enviado de Deus

Carlos Newton

Mais uma vez, uma disputa concorridíssima para a escolha da Piada do Ano. Apesar de não haver nenhum concorrente em impedimento, os jurados tiveram mais dúvidas do que os juízes de futebol, a todo momento eram obrigados a interromper a sessão para conferir os lances, impressionados com a criatividade dos concorrentes.

Realmente, houve de tudo. No desespero pela vitória, o guru virginiano Olavo de Carvalho inventou que o jornalista Vladimir Herzog foi morto no DOI-CODI pelos próprios companheiros comunistas que estavam presos no mesmo local. O motivo, segundo Olavo, é que Herzog era “um espião britânico” a serviço de Sua Majestade, da mesma equipe de James Bond no M-6. Disse Olavo que os presos comunistas deram um jeito de sair da cela, fizeram a execução e forjaram o suicídio do jornalista espião.

VIÚVA DE USTRA – Essa piada do nosso Homem de Marlboro  tirou do sério a viúva do coronel Brilhante Ustra. Na homenagem que Bolsonaro prestou no Planalto à memória do finado marido dela, que passou a ser considerado “Herói Nacional”, dona Maria Joseíta Silva Brilhante Ustra gritava no Palácio: “Já ganhou! Já ganhou a Piada do Ano!”, e ninguém sabe se ela se referia à anedota de Olavo de Carvalho ou à própria homenagem à memória do coronel Ustra.   

Outro concorrente sério foi o chanceler Ernesto Araújo, que levou às gargalhadas a Embaixada da Alemanha, ao afirmar que os nazistas na verdade eram comunistas. Ainda não satisfeito, disse que o aquecimento global é uma farsa. Os funcionários do Itamaraty ficaram apreensivos, com medo de o ministro desligar o ar condicionado, mas a loucura de Araújo não chega a tanto.

Realmente eram muitas piadas de grande categoria. O presidente do PSL, Luciano Bivar, por exemplo, concorreu com a declaração de que “o presidente Jair Bolsonaro “tem sorte de ter os filhos que ele tem”. No Planalto, Bolsonaro e os ministros do núcleo duro chegaram a chorar de tanto rir.

LULA CRIATIVO – Também concorreu o ex-presidente Lula da Silva, que já venceu o concurso várias vezes, inclusive por antecipação, bem antes do ano acabar, quando disse que era o homem mais honesto do mundo.

Este ano, o guru petista tentou uma piada mais sutil, ao afirmar que jamais aceitaria deixar a cadeia, a não ser que fosse reconhecida sua inocência. No entanto, antes mesmo de o Supremo acabar com a prisão após segunda instância, Lula já tinha arrumado as malas.

As anedotas se sucediam e os advogados insistiam em participar. Um deles, Cristiano Zanim, disse que o crime cometido por Lula era Caixa 2 e tinha de ser julgado pela Justiça Eleitoral. Ao mesmo tempo, alegou que o verdadeiro dono do sítio de Atibaia era Fernando Bittar e pediu que a Justiça o autorizasse a vender a propriedade…

TRUMP SE INSCREVEU – Até o presidente americano Donald Trump resolveu participar. Na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), ele propôs o ingresso da Argentina e desconheceu solenemente pedido de seus “amigo” Bolsonaro.

Depois, revoltado com o fato de o presidente brasileiro não ter conseguido nomear o filho Eduardo para a Embaixada de Washington (era só mais uma Piada…), Trump fechou acordo com o governo da China e anunciou por duas vezes que vai sobretaxar o aço exportado pelo Brasil.

Bolsonaro diz que ligou para Trump e o convenceu a esquecer a sobretaxa, mas ninguém acredita nesse tipo de piada.

QUEBRA DE SIGILO – Outra grande anedota foi do advogado de Fabricio Queiroz, parceiro de Flávio Bolsonaro no caso das ”rachadinhas”. Após o Tribunal de Justiça do Rio ter autorizado a quebra de sigilo de Flávio, Queiroz e de seus familiares, a defesa dele divulgou uma nota dizendo que a notícia foi recebida com “tranquilidade”…

Sérgio Cabral também se inscreveu no concurso. Propôs fazer delação e devolver R$ 380 milhões, porém o Ministério Público descobriu que esse dinheiro já estava todo bloqueado pela Justiça.

Mas este ano o presidente Bolsonaro tinha de vencer a qualquer custo. Fazia várias piadas por dia, com uma performance consagradora, algo jamais visto na política mundial. Deu a Ordem do Rio Branco a Olavo de Carvalho e ao general Mourão ao mesmo tempo, o guru virginiano quase se borrou nas calças, mas o cerimonial afastou a possibilidade de briga. 

ENVIADO DE DEUS – No dia 19 de maio, Bolsonaro iniciou sua vitoriosa escalada, ao divulgar no Facebook o vídeo de pastor africano dizendo que ele foi “escolhido por Deus” para comandar o Brasil

“Quando falam do imperador da pérsia Ciro. Antes do seu nascimento, Deus fala através de Isaías: ‘Eu escolho meu sérvio Ciro’. E senhor Jair Bolsonaro é o Ciro do Brasil. Você querendo ou não”, disse o inspiradíssimo pastor africano no vídeo divulgado por Bolsonaro.

Quinze dias depois, em 1º de junho, Bolsonaro repetiu a dose, fazendo nova Piada internacional. Em entrevista ao jornal argentino ‘La Nación’, o presidente brilhou como nunca. “Tenho uma missão de Deus. Vejo dessa maneira”, disse Bolsonaro, divertindo os argentinos.

AO LADO DE DEUS – Para reforçar a Piada de que se considera um enviado de Deus, em 27 de novembro o presidente foi a um culto evangélico e afirmou haver duas coisas a seu favor no governo: “Deus e o povo, a nosso lado”.

Na verdade,o Planalto produziu tantas piadas que mereceu ganhar “pelo conjunto da obra ou pelo domínio do fato”, que vêm a ser a mesma coisa, na visão de outra grande piadista, a ex-presidente Dilma Rousseff, que até hoje é lembrada por sua performance na ONU.

19 thoughts on “Como “enviado de Deus”, Jair Bolsonaro ganha a Piada do Ano pelo conjunto da obra

  1. Jair Bolsonaro pode ter sido enviado pelo Messias, mas desconhece o significado de democracia.
    Aliás, os poderes constituídos do Brasil ignoram o que vem a ser um país democrático.

    Se, de fato, quiséssemos ser uma democracia plena, e não apenas divulgada por interesses e conveniências ou dissimulando a realidade, o povo teria POR DIREITO opções sobre a sua vida:
    O aborto seria possível, desde que alguns pressupostos fossem atendidos;
    Liberação de cassinos;
    aquisição de armas para defesa pessoal;
    candidatos poderiam concorrer sem pertencer a partidos políticos;
    o voto seria livre e não obrigatório;
    religião alguma poderia ser difundida pelo parlamento e presidente da República;
    a maconha poderia ser adquirida em doses pequenas a cada período determinado … portanto, Bolsonaro pode até se achar um emissário divino, menos proibir em nome da sua crença o que podemos ou não fazer!

    • Complementando Francisco democrático acesso a saúde ,educação, saneamento, agua potável, moradia digna, salario segunda a constituição transporte de qualidade cultura lazer entre outras .Se o poder vem do povo tem que ser exercido para o povo.

      • Meus pais me fizeram com condições plenas de me sustentar e educar.

        Ela não faria aborto porque fui um filho desejado.

        Contigo, no entanto, certamente o mundo teria um covarde e imbecil a menos.
        Mas, indiscutivelmente, a tua mãe deve estar muito arrependida de não ter tomado esta decisão no passado!

  2. E são estes grupos de pessoas incompetentes, ,ignorantes ,de cultura abaixo de zero se é possível. que se colocam para governar um país é deplorável tal situação.Lamento que no blog fiquemos a defender estes cada um a seu jeito estes ignorantes.

  3. Os ataques ao presidente Jair Messias Bolsonaro são produto de uma imensa inveja. Todos os indicadores econômicos melhorando, nenhum gay foi apedrejado, nenhum AI-5 recuperado, rodovias paradas sendo recuperadas e concluídas, mantido e melhorado programa de bolsa família para famílias carentes, zero de corrupção patrocinada pelo Planalto.
    Depois de governos FHC, Lula e Dilma quase destruírem o país, o sucesso de Bolsonaro, Moro, Guedes, Damares, Salles, Tarcísio Gomes de Freitas, por exemplo, numa política conservadora e patrótica, deixou muita gente como “cachorro que cai de mudança”.
    Esperneiem e esperem que tem mais. Chorem à vontade e digitem muita besteira, ofendam à vontade. Como são palavras ao vento a país seguirá no rumo da recuperação.
    Em frente, Bolsonaro.

    • Prezado Sr. Gilberto, as melhorias se existem ninguém discute. A questão aqui é, que o bolsonaro (votei nele) tem o perfil dos alucinados. Não é confiável, pois é um traidor.
      Enfiou a mão direita no bolso e nos acena o tempo todo com a mão esquerda. Fala mal da esquerda, mas no seu governo trouxe um monte de esquerdistas E LADRÕ ES. Fato!
      Ou vai dizer que ele está sendo estrategista é jogado xadrez em 4D?

      O filho foi o escolhido pra ser defendido custe o que custar. O esforço deste homem em virar a justiça (que já não era boa) do avesso.
      Os CINQUENTA E SETE MILHÕES DE FILHOS que votaram nele tem o peso de uma pluma!
      Ficamos a deriva e vejo que lá na frente, as coisas vão piorar.
      Aguarde.
      Atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *