Confirmado: Graça Foster foi alertada sobre desvios na estatal

Do G1, em Brasília

Antes mesmo de a Polícia Federal (PF) deflagrar em março a Operação Lava Jato, a diretoria da Petrobras já havia sido alertada diversas vezes sobre a ocorrência de irregularidades em contratos da estatal, informou nesta sexta-feira (12) reportagem do jornal “Valor Econômico”. De acordo com a publicação, as advertências à cúpula da petroleira foram feitas pela ex-gerente executiva da Diretoria de Refino e Abastecimento da empresa Venina Velosa da Fonseca.

Antiga subordinada do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, ela foi transferida para a Ásia após denunciar o esquema de corrupção e, posteriormente, foi demitida.

O jornal relata que, apesar das advertências, a direção da empresa não agiu para conter os desvios bilionários e ainda destituiu de seus cargos os executivos que tentaram barrar o esquema de corrupção.

GRAÇA FOSTER SABIA

O “Valor Econômico” diz que a atual presidente da estatal Maria da Graça Foster foi informada das irregularidades por meio de e-mails e documentos enviados antes mesmo de ela assumir o comando da companhia, em 2012. Graça Foster, segundo o jornal, foi advertida a respeito de contratações irregulares na área de comunicação da Diretoria de Abastecimento, administrada por Paulo Roberto Costa entre 2004 e 2012, nos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

O sucessor de Costa na diretoria da Petrobras, José Carlos Cosenza, também foi informado sobre os atos de corrupção. Cosenza é responsável pela Comissão Interna de Apuração de desvios na petroleira.

Afastada da Petrobras em 19 de novembro, Venina advertiu Graça Foster sobre a multiplicação de aditivos na refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, empreendimento executado pelas empreiteiras investigadas pela Lava Jato. Em 2014, disse o jornal, foram remetidas à presidente da Petrobras denúncias envolvendo os escritórios da estatal no exterior, porém, nenhuma providência foi tomada pelos dirigentes da petroleira.

EX-GERENTE VAI DEPOR

A delatora, informou o “Valor Econômico”, irá depor ao Ministério Público, em Curitiba, onde tramita a parte do processo da Lava Jato que está na primeira instância. O jornal afirma que ela começou a apresentar as denúncias na época em que ainda era subordinada a Paulo Roberto Costa, entre novembro de 2005 e outubro de 20009

Documentos obtidos pelo “Valor” mostram, por exemplo, o pagamento de R$ 58 milhões para serviços que não foram realizados na área de comunicação da Diretoria de Refino e Abastecimento e apontam contratações atuais de fornecedores de óleo combustível das unidades da Petrobras no exterior que subiram em até 15% os custos.

NOTA DA PETROBAS

Leia a íntegra da nota divulgada pela Petrobras:

“A Petrobras esclarece que, em relação à matéria publicada no Valor Pro de 11/12/2014, sob o título” Diretoria da Petrobras foi informada de desvios de bilhões em contratos”, instaurou comissões internas em 2008 e 2009 para averiguar indícios de irregularidades em contratos e pagamentos efetuados pela gerência de Comunicação do Abastecimento. O ex-gerente da área foi demitido por justa causa em 03 de abril de 2009, por desrespeito aos procedimentos de contratação da companhia. Porém, a demissão não foi efetivada naquela ocasião porque seu contrato de trabalho estava suspenso, em virtude de afastamento por licença médica, vindo a ocorrer em 2013. O resultado das análises foi encaminhado às autoridades competentes.

Em relação aos procedimentos na área de Bunker, após resultado do Grupo de Trabalho constituído em 2012, a Petrobras aprimorou os procedimentos de compra e venda com a implementação de controles e registros adicionais. Com base no relatório final, a Companhia adotou as providências administrativas e negociais cabíveis. A Petrobras possui uma área corporativa responsável pelo controle de movimentações e auditoria de perdas de óleo combustível, que não constatou nenhuma não conformidade no período de 2012 a 2014.

Como mencionado em comunicados anteriores, a Comissão Interna de Apuração constituída para avaliar os processos de contratações para as obras da RNEST concluiu as apurações e encaminhou o Relatório Final para os órgãos de controle e autoridades competentes.

Assim, fica demonstrado que a Companhia apurou todas as informações enviadas pela empregada citada na matéria.”

18 thoughts on “Confirmado: Graça Foster foi alertada sobre desvios na estatal

  1. Segundo o depoimento e o E-mail da Sr.ª Venina, agora a questão virou formação de quadrilha armada.
    ” O jornal traz cópia de um email
    da gerente a Graça Foster um dia após seu
    afastamento.
    “Desde 2008, minha vida se tornou um inferno, me deparei com um esquema
    inicial de desvio de dinheiro, no âmbito da Comunicação do Abastecimento.
    Ao lutar contra isso, fui ameaçada e assediada. Até arma na minha cabeça e
    ameaça às minhas filhas eu tive”, escreveu Venina.
    “Tenho comigo toda a documentação do caso, que nunca ofereci à imprensa
    em respeito à Petrobras, apesar de todas as tentativas de contato de
    jornalistas. Levei o assunto às autoridades competentes da empresa, inclusive
    o Jurídico e a Auditoria, o que foi em vão”, continuou.
    “Posteriormente, voltei a me opor ao esquema que parecia existir no projeto
    RNEST”, disse, referindose
    a Abreu e Lima.
    “Novamente, fui exposta a todo tipo de assédio. Ao deixar a função, eu fui
    expatriada, e o diretor, hoje preso, levantou um brinde, apesar de dizer ser
    pena não poder me exilar por toda a vida.”
    “Agora, em Cingapura, me deparei com outros problemas, tais como
    processos envolvendo a área de bunker e perdas, e mais uma vez agi em favor
    da empresa (…). Não chegaram ao meu conhecimento ações tomadas no
    segundo exemplo citado, dando a entender que houve omissão daqueles que
    foram informados e poderiam agir”, conclui.

    • Mara, boa tarde. Mas eles não desistem ! Estão recolhento mais assinaturas junto aos movimentos sociais financiados, para a ‘constituinte exclusiva’, golpe de Estado que tentam dar desde as Resoluções da 3.ª Conferência de 2007. Eles dizem ter milhões de assinaturas a favor, mas se você perguntar a quem assinou o que é voto fechado em lista ninguém sabe.

  2. Notinha bem ordinária esta, não é?!

    Se a empregada foi demitida por justa causa, deveria ter mencionado qual o motivo da justa causa.

    Está claro que a denunciante foi perseguida. Não restam dúvidas.

    Agora é dar transparência a todo este caso e pegar os corruptos e corruptores, além de a readmissão e restituição por danos materiais e morais da empregada injustamente demitida.

    Tudo que se refere ao PT é bizarro e opera com a inversão dos valores.

    • Os fascistóides chegaram a exilá-la em Cingapura ! Ele era ‘tão má’ funcionária que ganhou o Premio Nacional de Gestão Pública, recebeu das mão do Zé de Alencar, que estava substituindo o Lulla.

  3. E as ações da Petrobras não param de cair. Quisera fosse apenas a queda do preço do barril de petróleo no mercado internacional.

    Quando o Brasil caiu nas mãos do PT o Brasil caiu em desgraça!

    • Ações ordinárias em R$10,39, com queda de -3,97%.

      Ações preferenciais em R$9,67, com queda de -3,69%.

      A credibilidade na administração da empresa, mesmo divulgando os dados hoje sem o processo de auditoria independente, é zero!

  4. Melhor privatizar esta m….
    Nunca foi nossa mesmo, até hoje só serviu para cabides políticos. Isso que esta aparecendo agora é só o começo. Tem mais,muito mais.Se fizer uma auditoria séria no elefante,começando pelo japonês, vai ser um Deus nos acuda.
    Antes que comecem a me tascar, aviso que gostaria de saber o quê fazem os políticos nas diretorias da empresa.
    Abraços
    Paulo Barão

  5. Será que pensam que somos idiotas, quem comanda sabe de tudo que ocorre e com certeza tem aval da alta cúpula deste comando, até quando estaremos assistindo tantas mentiras, o Brasil só vai mudar quando não houver mais impunidade, o dinheiro do povo é sagrado, basta ver como anda os hospitais públicos, a segurança, a educação, é um mal que tem que acabar, o juiz que está a frente destas denúncias merece todo o apoio, assim começamos a acabar com as falcatruas no país.

    • Nada menos do que nove bilhões de reais sairão do Tesouro em triangulação de dívidas para o reforço do caixa da Petrobras.

      Quer dizer, reforçar o caixa do PT e apaniguados. Está tudo dominado!

      Está tudo sendo feito às claras, à vista de todos os brasileiros. Perderam a vergonha e a timidez de vez.

      Estão dominando o país, estuprando-o a começar pelas estatais. Chegarão à organização social. Todos sentirão na pele o que é um regime autoritário da esquerda com o nivelamento de todos por baixo.

      Adeus à meritocracia. Este país vai se concretizar como um covil de ladrões revolucionários. É o caos total!

  6. Só lembro que Graça Foster fez o lhe mandaram fazer, não tomar as devidas providencias.

    O mais importante é encontrar e punir os mandantes.

    Aposto que a PF vai terminar achando como responsável o Comitê do PT.

  7. E o Dutra, um dos 3 porquinhos petista?
    E o Gabrielli, o preposto de Dirceu?
    E o Dirceu, consultor de roubalheiras?
    E o Molusco asqueroso e sua inominável presidanta?
    Falta muita gente nessa … coisa toda.
    Vai faltar cadeia!

  8. Denuncia da VEJA eu fico na dúvida, afinal o Hélio Fernandes a deu a alcunha de “ sujíssima “ mas o Valor nenhum “ cumpanheiro “ vai negar a credibilidade. Nem o apedeuta

  9. E o valor de mercado da Petrobras cai 45% (!) de setembro até ontem, segundo a cotação de suas ações.

    A empresa caiu de uma avaliação de R$229,72 bilhões para R$127,04 bilhões, informa o jornal Valor Econômico.

    Isso é que dá colocar comunista para dirigir o país, sua economia e suas estatais.

    E ainda tem tudo para piorar.

    Dilma nem começou a sua segunda gestão.

    Vai ser de arrasar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *