Conheça a estratégia do juiz federal Sérgio Moro

http://www.pragmatismopolitico.com.br/wp-content/uploads/2014/10/juiz-sergio-moro.jpgCelso Serra

Para aqueles que não estão familiarizados com processos judiciais, este esclarecimento pode ser útil, porque a tática do juiz federal Sérgio Moro é a seguinte:

1. Permitir a delação premiada (rara no Brasil).

Objetivo: A promessa de penas reduzidas levaria o doleiro Alberto Youssef (operador do esquema de lavagem de dinheiro) e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto da Costa a darem os nomes de outros indivíduos e companhias envolvidos no esquema.  O objetivo foi atingido. Os depoimentos de Youssef e Costa permitiram grandes avanços nas investigações;

2.  Perseguir executivos de companhias privadas e de atravessadores, acumulando provas antes de ir atrás dos políticos envolvidos.

Motivo: se e quando os políticos forem formalmente citados na investigação, Moro corre o risco de perder controle do caso, considerando o mecanismo de foro privilegiado que levaria o caso para o Supremo Tribunal Federal.

Por esse motivo, Moro recomendou que Youssef, Costa e outras testemunhas não citem nomes de políticos (por enquanto) em seus depoimentos.

7 thoughts on “Conheça a estratégia do juiz federal Sérgio Moro

  1. Esperar confissões espontâneas, assinadas, com registro em cartório, firmas reconhecidas. nem pensar. Seguir o dinheiro, é mesmo o melhor caminho para se chegar aos corruptos e reaver a grana roubada.

    Na minha modesta opinião, o maior mérito da estratégia do juiz que comanda o Lava-Jato, foi transformar o alcaguete em “delator premiado”…

    No fundo e no raso, é o medo de que provas aparentemente circunstanciais no momento, mais na frente, no processo, se revelem inconteste admissão de culpabilidade do suspeito e, consequentemente, resultar em aplicação de pena bem maior na sentença,

    Para os bandidos que devem, pagar para ver o bicho que vai dar, vai exigir nervos de aço, como já dizia o Roberto Jefferson…

  2. A clama com que o Juiz Moro tem conduzido a Operação Lava Jato foi fundamental. A Lei das SAs. permite que apenas as polícias estaduais investiguem, de forma direta, a Petrobras. O Dr. Moro aproveitou a brecha do crime de evasão de divisas cometido pelo Youssef, para ‘pegar’ a maior roubalheira nunca antes vista na história desse país. Espero que tanto esforços dessas autoridades envolvidas faça com que se encha umas 20 Papudas, pois a atual quadrilha do poder se acha acima de qualquer lei.

  3. Caro jornalista,

    Quem sabe algum dia os galhos do Supremo deixarão de ser ocupados por TARTARUGAS, ali colocadas por terceiros, e serão ocupados por JURISTAS que ali chegarão por esforços próprios?

    -Caso contrário, em vão trabalham as polícias e o nobre magistrado.

  4. Esta operação continua de uma forma ou de outra. Além do processo da Petrobras nos EUA, a Agência anti Drogas americana está na parada por causa daquela doleira que foi presa no México. Não tem Lewando que segure.

  5. Cada dia que passa admiro mais o juiz Sergio Moro.Que exemplo de competência dignidade e honra,num Brasil tão carente dessa espécie de homem a gente fica com a certeza de que nem tudo está perdido.Deus proteja cada passo dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *