Conheça os crimes de Lula que estão sendo investigados

Felipe Moura Brasil
Veja

O Ministério Público Federal acredita haver indícios de crime nas atividades de Lula a serviço da Odebrecht, uma construtora com receita anual de cerca de R$ 100 bilhões. A investigação contra o petista por tráfico de influência internacional e no Brasil foi aberta há duas semanas pelo núcleo de Combate à Corrupção da Procuradoria da República em Brasília, como revelou a revista Época.

Eis o resumo do processo:

“TRÁFICO DE INFLUÊNCIA. LULA. BNDES. Supostas vantagens econômicas obtidas, direta ou indiretamente, da empreiteira Odebrecht pelo ex-presidente da República Luis Inácio Lula da Silva, entre os anos de 2011 a 2014, com pretexto de influir em atos praticados por agentes públicos estrangeiros, notadamente os governos da República Dominicana e Cuba, este último contendo obras custeadas, direta ou indiretamente, pelo BNDES”.

Os procuradores enquadram a relação de Lula com a Odebrecht, o BNDES e os chefes de Estado, a princípio, em dois artigos do Código Penal, segundo a revista.

O primeiro, 337-C, diz que é crime “solicitar, exigir ou obter, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem, a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro no exercício de suas funções, relacionado a transação comercial internacional”. O nome do crime: tráfico de influência em transação comercial internacional.

JUNTO AO BNDES

O segundo crime, afirmam os procuradores, refere-se à suspeita de tráfico de influência junto ao BNDES.

“Considerando que as mencionadas obras são custeadas, em parte, direta ou indiretamente, por recursos do BNDES, caso se comprove que o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva também buscou interferir em atos práticos pelo presidente do mencionado banco (Luciano Coutinho), poder-se-á, em tese, configurar o tipo penal do artigo 332 do Código Penal (tráfico de influência)”, diz o documento.

A maioria das viagens de Lula nos últimos anos foi bancada pela Odebrecht, a campeã, de longe, de negócios bilionários com governos latino-americanos e africanos embalada por financiamentos do BNDES.

GRANDES NEGÓCIOS

O BNDES financiou pelo menos:

– US$ 4,1 bilhões em projetos da Odebrecht em países como Gana, República Dominicana, Venezuela e Cuba durante os governos de Lula e Dilma.

– US$ 1,6 bilhão com destino final à Odebrecht após Lula, já como ex-presidente, se encontrar com os presidentes de Gana e da República Dominicana – sempre bancado pela empreiteira.

– 42% do total de US$ 848 milhões recebidos pela Odebrecht em operações de crédito para tocar empreendimentos no exterior.

Como diz a revista Época:

“Há anos o banco presidido por Luciano Coutinho resiste a revelar os exatos termos desses financiamentos com dinheiro público, apesar de exigências do Ministério Público, do Tribunal de Contas da União e do Congresso. É o segredo mais bem guardado da era petista.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A matéria enviada por Mário Assis é reveladora. No dia em que a Justiça tomar vergonha e exigir transparência aos financiamentos do BNDES, na forma da lei, este país vai estremecer. A podridão do BNDES fede a quilômetros de distância. (C.N.)

17 thoughts on “Conheça os crimes de Lula que estão sendo investigados

  1. Felipe Moura Brasil (Blog Veja)

    08/05/2015 às 16:28 \ Brasil, Cultura

    Caiado quer ouvir Mujica no Senado sobre Lula ter confessado o mensalão

    Ronaldo Caiado (DEM-GO) vai convidar ao Senado duas testemunhas que ouviram Lula confessar o mensalão: o ex-presidente uruguaio José Mujica e seu ex-vice Danilo Astori.

    A confissão foi trazida a público no recém-lançado livro-reportagem “Uma ovelha negra no poder”, como mostrei aqui.

    “A acusação é muito séria, até porque é a própria esquerda brasileira que trata Mujica como uma espécie de mártir e coloca sua índole acima de qualquer suspeita. Se ele diz que o ex-presidente Lula não só confirmou ter conhecimento sobre o mensalão, como admitiu que era a sua única forma de governar o país, isso coloca em xeque toda a tese que o inocentou do esquema.”

    Exato.

    Imagino o puxão de orelha que Mujica já deve ter tomado de Lula a essa altura:

    Quer me f****, companheiro?

    Se o uruguaio não negar tudo depressa, não dou três segundos para o PT considerá-lo um velho gagá.

  2. QUANDO É QUE ESSE NOTÓRIO FASCINORA APELIDADO DE 9 DEDOS VAI RESPONDER PELOS SEUS CRIMES!
    MAIS IMPORTANTE É SABER AONDE:
    SE NAS BARRAS DOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA AONDE OS SUPERIORES JÁ ESTÃO APARELHADOS OU O MAIS PROVÁVEL, NAS BARRAS DOS QUINTOS DOS INFERNOS PARA ONDE ESSE MELIANTE JÁ TEM O PASSAPORTE CARIMBADO!
    VAI FAZER COMPANHIA A HITLER, STALIN E OUTROS DO MESMO NAIPE!

  3. Em nome do direito de defesa, o bom jornalismo deve ouvir os dois lados.

    Constituição Brasileira, art. 5º:

    V – é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

    LIV – ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal;

    LV – aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes;

    http://www.institutolula.org/as-sete-mentiras-da-capa-de-epoca-sobre-lula;

    http://www.institutolula.org/resposta-do-instituto-lula-a-revista-epoca

    • O Instituto Lula gerido pelo Okamoto , que antes de ser dono do Sebrae Nacional foi gerente de um bar no Ipiranga ? Ja conheco bem , desde o escandalo CEPEM em Sao Jose dos Campos….kkkkk

    • Meu xará, me responda apenas a uma pergunta: Como leis podem ter decisões antagônicas de magistrados?

      O que adianta uma lei, se o petista magistrado arranja uma vírgula para justificar sua decisão controversa?

      Lula na Papuda já está fazendo hora extra… é pra já!

  4. Quando vao pegar as andancas do Cervero pela Africa ? Desse assunto o jornalismo ‘ Vem para a Caixa Voce Tambem do PT nao escreve uma linha. Ja acharam grana da Lava Jato nesses blogs….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *