Conheça os nomes mais cotados na mídia para substituir Joaquim Levy no BNDES

Resultado de imagem para bndes charges

Charge do Iotti (Zero Hora)

Deu na Exame

Integrantes da área econômica já falam reservadamente sobre quem são os mais cotados para substituir o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, após seu pedido para deixar o cargo.

Segundo apurou o Estadão/Broadcast, largam na frente Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central que assumiu a presidência do conselho do BNDES neste ano, e Salim Mattar, secretário especial de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia.

Também estão no páreo Carlos Thadeu de Freitas, ex-diretor do banco, e Solange Vieira, funcionária de carreira do BNDES e atual presidente da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Deu no Globo

Integrantes da equipe econômica enfrentam dificuldades para encontrar um nome para assumir a presidência do BNDES no lugar de Joaquim Levy, que entregou sua carta de demissão na manhã deste domingo.

Entre os nomes mais cotados estão o de Solange Vieira, atual superintendente da Susep, Salim Mattar, secretário de Privatizações, Carlos da Costa, secretário de Produtividade e Emprego, e Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central e presidente do Conselho de Administração do BNDES.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Guedes quer indicar alguém que facilite as privatizações, às custas de recursos do BNDES, que agora está ameaçado de deixar de ser o vetor do desenvolvimento, para se tornar novamente indutor da entrega das estatais ao capital estrangeiros, como era o grande sonho de FHC, que o concretizou apenas pela metade. (C.N.)

6 thoughts on “Conheça os nomes mais cotados na mídia para substituir Joaquim Levy no BNDES

  1. O BNDES, como o próprio nome diz, é para o desenvolvimento econômico e social da Nação!, para quem não o saiba, a nação é o BRASIL!.
    Vender para qualquer grupo, estatáis rentáveis e estratégicas, as jóias da coroa como a Petrobras, a Eletrobras e o próprio BNDES, é caso de lesapátria, pois vender e financiar com o dinheiro da Naçao ativos estratégicos, só nessa terra brasílis de “gente esperta”!.
    E não me digam que vão fazer um “Finance Project” adequado.

  2. É inaceitável que o BNDES seja usado para privatizar o que quer que seja. O nosso presidente disse que não entende nada de economia. Então está na hora de aprender, por ser responsável direto por todas as nossas riquezas e patrimônio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *