Contra o regimento, deputados tentam retirar apoio para criar CPI das Delações

Resultado de imagem para rodrigo maia

Maia quer tirar o dele da reta, como se dizia antigamente

Bruno Góes
O Globo

Receosos com a repercussão negativa que a CPI das Delações pode causar, 25 deputados protocolaram pedido para a retirada de assinatura em documento apresentado para a criação da comissão. No dia 30 de maio, o pedido para a instalação de uma CPI com o objetivo de investigar “possíveis manipulações” em delações premiadas foi entregue com 190 assinaturas. Segundo a assessoria técnica da Câmara, não é possível pedir a retirada de assinatura para a criação de CPI, pois o regimento interno da Casa não permite.

O pedido de abertura da CPI está na mesa de Rodrigo Maia. Há uma semana, o presidente da Câmara disse que a comissão não seria usada como instrumento de pressão contra a Operação Lava-Jato.

HÁ DÚVIDAS — Na verdade, a CPI pode nem ser instalada, por falta de objetividade. “Nós temos que avaliar, porque CPI precisa de fato determinado. Se a CPI tiver um fato determinado, ela pode ser instalada. E, se ela for instalada, ela vai cumprir um objetivo. Ela não será (instalada) analisando qualquer caso. A Câmara não será um instrumento para pressionar para cá ou para lá os advogados” — disse o presidente da Câmara.

Tentaram retirar as assinaturas, nesta terça-feira, os deputados Goulart (PSD-SP), Laura Carneiro (DEM-RJ), Evair Vieira de Melo (PP-ES), Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), Flaviano Melo (MDB-AC), Luis Carlos Heinze (PP-RS), Giovani Cherini (PP-RS), José Rocha (PR-BA), Osmar Terra (MDB-RS), Darcísio Perondi (MDB-RS), Covatti Filho (PP-RS), Vitor Valim (PROS-CE), Rogério Rosso (PSD-DF), Gonzaga Patriota (PSB-PE), Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), Valdir Colatto (MDB-SC), Rôney Nemer (PP-DF), Toninho Wandscheer (PROS-PR), Alceu Moreira (MDB-RS), Jerônimo Goergen (PP-RS), Jhonatan de Jesus (PRB-RR), Jose Stédile (PSB-RS), Júlio Delgado (PSB-MG), Augusto Carvalho (SD-DF) e Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC).

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
– A CPI fracassou antes mesmo de ser formada. O objetivo é inviabilizar a Lava Jato, sob argumento de que é preciso “descriminalizar a política”. A CPI seria apenas um passo, porque a meta final é o projeto de anistia à corrupção política, mais um sonho que não se realizará, embora esteja sendo acalentado no Planalto e no Congresso, simultaneamente. Em 2016, Rodrigo Maia tentou aprovar a anistia ao Caixa 2, numa sessão noturna de  segunda-feira. Não conseguiu. E agora também não conseguir a anistia à corrupção. (C.N.)

10 thoughts on “Contra o regimento, deputados tentam retirar apoio para criar CPI das Delações

  1. A presidência foi roubada de Lula’, diz Maradona
    Por: John Cutrim
    Data de publicação: 18/06/2018 – 23:24

    Em pleno clima de Copa do Mundo, o ex-craque argentino Diego Armando Maradona manifestou, na rede Telesur e pelo Twitter, seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Meu amigo Lula, tenha muita força, porque você deu ao Brasil o que o Brasil merece”, disse.

    “Os corruptos, lamentavelmente, vencem algumas batalhas, mas as guerras dos países são vencidas por aqueles que realmente querem bem ao povo. Lula, meu amigo, siga adiante, porque todos o apoiamos”, acrescentou El Pibe. Para Maradona, que está na Rússia para acompanhar a Copa, a “presidência foi roubada de Lula”.

    Fonte: Blog Johncutrim

    • esse tal de
      m.a.r.a.F.o.n.a
      é um drogado, sem estofo moral para coisa alguma!
      assim, está no único papel em que sabe exibir-se:
      defesa de BANDIDO CONDENADO !!!
      .
      autêntico maraFona !

    • Maradona é um aloprado, sem vergonha e mete o dedo aonde não deve.

      É da espécie do luiz inácio, pois detesta estudar e anda doidão com suas drogas, de trabalho, nem é bom falar perto dos dois, aí seria overdose para os dois vagabundos.

      Se merecem, mas o Brasil e a Argentina não merecem esses dois canalhas que mesmo calados dão prejuízos a quaisquer nações que venham a representar.

      Duas bostas que fedem mais que um bando de jaratatás e que não valem o vômito de suas próprias bebedeiras.

      Receber elogios de maradona equivale dizer que serão mais anos de cadeia para o apedeuta.

  2. O estado que respondeu com o maior número de deputados covardes foi, paradoxalmente, Rio Grande do Sul, 7. Um patriota de verdade se expressa mesmo com o número sete!

  3. A cpi do PT para tentar derrubar a Lava Jato faz rir a qualquer pessoa de caráter, e se veio do paulo pimenta, aí a coisa é para se jogar no chão para dar gargalhadas.

    Esse deputado já foi desmoralizado por vários colegas, e não tem jeito, pois é um dos apaixonados pelas cretinices do apedeuta luiz inácio, e vive dando shows de como um homem não deve comportar-se para aparecer para o presidiário e ser levado em consideração como uma espécie de amigo do bandido.

    Triste papel de um deputado que deveria estar trabalhando para o engrandecimento do Brasil, mas vive nessa vida pueril que o leva a não poder andar pelas ruas onde é conhecido porque sabe que o povo brasileiro não o suporta.

    Os dois tem muitas coisas ruins em comum, mas no que mais parecem, é que são covardes em tudo que se refere a vida pública, algo para o qual nem e nem outro têm espírito, e nisso são imbatíveis.

    Lembram dos 11 caminhões cheios de objetos do planalto que o apedeuta levou? Dentro não estava o outro porque aumentaria o peso da carga e a OAS não pagaria por isso.

  4. Esse argumento de “descriminalizar a política” é de um cinismo sem tamanho. Quem criminalizou a política não foi a Lava-Jato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *