Conversa com comentarista, sobre reeleição de presidente e governador nos Estados Unidos e no Brasil

João da Bahia: “Sr.  jornalista Hélio Fernandes, ACM governou a Bahia por 3 vezes, sendo 2 vezes feito governador pelos generais e outra através do voto. Agora em 2011 a Roseana Sarney vai governar o Maranhão pela 4ª vez e o Alckmin pela 3ª como o senhor escreveu. Pergunto: Isto é possível nos EUA? A constituição deles permite?”

Comentário de Helio Fernandes:
Os sete reconhecidos Fundadores da República eram inicialmente contra qualquer reeleição, lutavam por um mandato de 2 anos, depois de 3, de 4, tiveram que aceitar as reeleições ininterruptas. Quando Roosevelt se reelegeu quatro vezes seguidas (1932,1936,1940 e 1944), como estava com 61 anos, acreditavam que pudesse conquistar mais 2 mandatos, com 65 anos e 69. Morreu no início do quarto mandato, criando o execrável Truman.

Em 1952, Democratas e Republicanos aprovaram a Emenda número 24, fazendo uma revolução política e eleitoral completa. Qualquer cidadão só pode exercer uma eleição (4 anos) e uma reeleição (mais 4), e depois, mais nada. Nem eleitos nem nomeados para coisa alguma.

***

PS – Essa emenda, quase 58 anos depois, “inventaria” Obama, que se for reeleito, cumpre mais 4 anos, e fica como Clinton, cuja mulher  tentou ser presidente. A mulher de Obama conseguirá. Se tentar?

PS2 – Sem contar que ACM-Corleone e Roseana Sarney, sempre estiveram longe do povo, eram “governadores”. Sendo que Dona Roseana perdia, o Tribunal Eleitoral tirava “o mandato do eleito”, e entregava para ela, ou melhor, para o pai.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *