Conversa com leitores-comentaristas, sobre a honestidade de Café Filho, o Fluminense, as meninas do vôlei e o ministério de Dilma

Antonio Aurélio: Desculpe, mas o senhor às vezes me surpreende. Chama de honestíssimo um presidente que conspirou contra o seu candidato, Juscelino Kubitschek, tentou impedir a sua posse. Coerência?

Comentário de Helio Fernandes:
Não precisa pedir desculpas, basta se concentrar no que escrevi. Minhas afirmações: “Café Filho era honestíssimo em MATÉRIA DE DINHEIRO. Eu mesmo confirmei que no resto Café Filho não merecia confiança, o próprio  ministro-relator do seu Habeas-Corpus, o grande Nelson Hungria, disse no seu voto: “Café Filho é um conspirador nato, com ele na Presidência o país não terá segurança”.

Mas jamais houve qualquer suspeita sobre sua vida pessoal e particular. Morava num apartamento mínimo, num edifício modestíssimo da Avenida Copacabana 898, no primeiro andar. Nas lojas, um cabeleireiro e um botequim de terceira categoria.

Deixando a Presidência, voltou a morar ali, não tinha como viver. Carlos Lacerda, governador, em dezembro de 1960, vaga uma cadeira de Ministro do Tribunal de Contas do Estado (na época todos eram Ministros), nomeou Café Filho. Não era favor, um ex-presidente era o máximo para esse TCE. Hoje, com as exceções de praxe, muitos conselheiros desse TCE deviam estar longe dali.

***

55 ANOS DE HISTÓRIA

Pedro: Ótimo sua lembrança do que aconteceu depois da eleição de Juscelino. Tenho 48 anos, não era nascido, ouvi falar, precisava de uma recordação como essa. Obrigado.

Comentário de Helio Fernandes:
A História vivida é para ser contada, me sinto culpado de não ter escrito vários livros sobre acontecimentos dos quais participei. Tinha e tenho um certo constrangimento de aprofundar sobre personagens. Agora não dá mais, em algumas oportunidades, recordo.

***

ELEIÇÃO NO FLUMINENSE

Martinho:Sou sócio do clube há mais de 50 anos, quero votar, telefono para lá e pergunto a data, me dizem que não está marcada. Sei que é em novembro, já é dia 11 e não sabem?

Comentário de Helio Fernandes:
O estatuto do clube diz que a eleição é na segunda quinzena de novembro. Mas já deviam ter marcado. Como o presidente Horcades sabe que vai perder apoiando um secretário de cabralzinho, não decide. É bem capaz de marcar de um dia para outro, sem ninguém saber, só os apaniguados. Muita gente pergunta o mesmo.

***

PARABÉNS ÀS MENINAS DO VOLEI

Marina: Helio, você que gosta de todos os esportes, não escreveu uma linha sobre o sucesso da seleção de vôlei? E como está sempre a favor das mulheres, não votou na Dilma mas fez campanha contra o Serra. Desculpe, esqueceu delas?

Comentário de Helio Fernandes:
Eu é que tenho que pedir desculpas. 9 jogos, 9 vitórias, lógico que exigiam exaltação. Que faço agora, agradecendo a vocês, Marina. E convocando para assistirem o jogo de amanhã, sábado, semifinal contra o Japão. E numa “hora decente”, 7 da manhã.

***

E O MINISTÉRIO DE DILMA?

Altair: Gostaria que você adiantasse: o ministério da presidente Dilma sairá imediatamente? Ou teremos que esperar a posse? Falta muito. Obrigado.

Comentário de Helio Fernandes:
A tradição do pluripartidarismo brasileiro é de muita negociação, no sentido negativo. São 10 partidos que apoiaram Dona Dilma, e precisam de recompensa, muitas vezes conseguida com hostilidade.

E agora complicou, pois a presidência da Câmara e do Senado entrou no pacote do “eu quero mais”. Por isso, o lobista-chefe, Michel Temer, quer que “todos fiquem satisfeitos com o que têm”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *