Conversa com leitores-eleitores, sobre a insanidade de Lula ao comparar Dona Dilma com Ulisses e Tancredo

Antonio Ranauro Soares: “Em um duro discurso, em Ananindeua (PA) – região metropolitana de Belém – o presidente Lula abandonou os dias de “paz e amor” e atacou os adversários de Dilma Rousseff, comparando-a aos líderes da redemocratização do país, Ulisses Guimarães e Tancredo Neves. Vestido de goiabera, Lula contou que, por causa de viagens de trabalho e de campanha, “tem acompanhado menos que devia” as eleições.”A comparação de Dilma a Ulisses Guimarães e Tancredo Neves e no mínimo um ato de total insanidade mental.O que o senhor acha?”

Comentário de Helio Fernandes:
Comparar Dilma com Ulisses Tancredo, qualquer que seja a forma ou objetivo, é no mínimo, ato de total e inacreditável insanidade mental, política e de avaliação. Será a certeza de Lula, de que domina de tal maneira o eleitorado, que pode dizer o que quiser? Ou ao contrário, puro desespero, a constatação de que Dilma não avança, não representa a carga da cavalaria ligeira, na qual ele tanto acreditou e até apostou?

***

CAPITALISMO E FIDEL

Welington Naveira e Silva: “Parabéns e elogios a respeito da análise sobre a duração do capitalismo, sua exaustão, o fim ou pelo menos a substituição, lenta ou mais demorada. Com base na entrevista de Fidel Castro, produziram conclusões perfeitamente aceitáveis e assimiláveis, embora Fidel Castro não tenha sido e compreensível”.

Comentário de Helio Fernandes:
Embora tenha passado algum tempo, a entrevista de Fidel, totalmente planejada, não foi esquecida. Outra verdade incontestável, é que haja ou que houver no sistema que domina e dominará o mundo, a interferência de Fidel não embalançou o mínimo que fosse o capitalismo. São tão colossais os interesses, que será difícil avaliar a sua duração.

***

LULA, SEM DESCULPAS

João Jorge: “Se o entreguista FHC errou, o sapo barbudo tinha que ter, por força maior, estatizado tudo que o Fernandinho privatizou. Não existe desculpa para isso!!!”

Comentário de Helio Fernandes:
Certíssimo, João, e bem que o Lula prometeu em 2002, mas “esqueceu”. Reafirmou, “vou desprivatizar”, os quatro anos estão acabando agora, tudo “permanece”. Isso faz parte dos inúteis “compromissos de campanha”. Como agora fazem os dois.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *