Conversa com leitores, sobre “Tropa de Elite 2” e cabralzinho, Tarso Genro e o futuro democrático do Brasil

José Antonio: “O filme não tem nada a ver com o Cabralzinho. Talvez até, intencionalmente.”

Comentário de Helio Fernandes:
Desculpe, tem tudo a ver, e não pretendeu esconder nada. O que não entendi foi a utilização, por você, da palavra “intencionalmente”.

***

Márcio Morato: “Prezado Hélio, a arte imita a vida. ‘Tropa de Elite 2” é daqueles filmes em que saímos indignados. Parabéns pela coragem de sempre”.

Comentário de Helio Fernandes:
Ótimo, Márcio, a palavra que você usou. Existem poucas coisas tão construtivas quanto a INDIGNAÇÃO. Um abraço.

***

Carlos Germani: “Caro Helio, impressionante a “vaidade do defeito” (textual) da população carioca em reeleger um dos maiores embustes políticos da sua história, Cabralzinho. Argumentação válida também para a população gaúcha,que sepulta de vez a fraude de que o gaúcho é o mais politizado do país, ao levar ao poder o comunista-leninista Tarso Genro, com toda a sua ambição de implantar um sistema de governo ditatorial e comunista. Estamos mal, muito mal!”

Comentário de Helio Fernandes:
Perfeita tua colocação, advertência, alerta. Pode ser até que me engane, mas não haverá na nossa História nenhum outro regime ditatorial. Arriscada a minha afirmação, num país de tantas ditaduras e de presidente eleitos (?) que não terminaram o mandato

***

Welignton Naveira e Silva: “Precisamos pensar no Brasil, em nossa família. Serra continuaria a derrubada do nosso patrimônio. Que ele e FHC começram com as privatizações, devastando tudo.”

Comentário de Helio Fernandes:

Louvável e perfeita a tua preocupação. Mas em relação a Serra, nenhum perigo, não há uma possibilidade em 1 milhão dele ser eleito. (Por favor, chame de DOAÇÃO e não de privatização). O perigo vem do outro lado, de Dona Dilma, que junto com Lula “absorveu” e  “avalizou” todas as DOAÇÕES.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *