Conversa com leitores, sobre a falta que Lessa faz, caciques no Planalto, Meirelles americanizado e mais e mais

Wil: “Acreditaria no futuro governo se Dilma designasse Carlos Lessa para o BNDES”.

Comentário de Helio Fernandes:
Puxa, como não acreditar num governo começando com competência e honestidade? Mas seriam necessários muitos Lessas. Um abraço.

***

CACIQUES NO PLANALTO

Carlitos: “Pelo perfil dos atores, tudo leva crer que teremos muitos caciques no Planalto”.

Comentário de Helio Fernandes:
Num ponto você acertou, falta o outro. Esses vários caciques terão cacifes? Não é  jogo de palavras e sim necessidade. Acreditemos.

***

GOZAÇÃO EM MEIRELLES

Carlo Germani: “Meirelles nasceu em Anápolis, Goiás, 1945. Não é brasileiro nato?”

Comentário de Helio Fernandes:
Ora, Germani, não vale gozação para um personagem como esse? Meirelles só foi a Goiás para nascer. Fez toda a carreira no exterior, chegando a presidente de banco multinacional.

Voltou a Goiás para enganar o bravo povo, comprou 183 mil votos. Para ser presidente do Banco Central, precisava rasgar esses votos, rasgou sem constrangimento. Agora, cansado do BC, não quer ir para Goiás e sim para os EUA, exigência deles.

***

MALUF VERSUS TANCREDO

Olga Linha: “Parece-me que no episódio da escolha entre Tancredo e Maluf, os deputado do PT foram expulsos não porque votaram em Tancredo, mas porque participaram do Colégio Eleitoral”.

Comentário de Helio Fernandes:
Dá no mesmo, Olga. Tanto fazia, deputados corretos como aqueles, tinham que votar, e lógico, não em Maluf. O que faltou à direção do PT, foi caráter e convicção. Como provaram depois, montanha de escândalos. Quando ao final da tua nota, injustiça que você mesma não merece.

***

PT FOI CONIVENTE COM FHC

Marcilio: “Meu caro Helio, nesta eleição o que nos importa não é o candidato, mas o que representa cada um deles. Em minha opinião, está em jogo o caráter versus a farsa. FHC fez o que fez porque não houve oposição. O PT foi conivente”.

Comentário de Helio Fernandes:
Você acertou em todas as colocações, Marcilio. Em qualquer eleição, o que interessa não é o candidato e sim as suas ideias. Só que agora, ninguém defendia coisa alguma, era farsa contra farsa. Mas o mais importante da correspondência, é quando você diz: “FHC fez o que fez” (as DOAÇÕES) porque não houve oposição”. E nota mil, “Lula foi conivente, cúmplice, participante”. Meus parabéns.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *