Conversa com o comentarista Eugenio Magno da Costa, sobre Pelé e Garrincha na Copa de 62

Eugenio Magno da Costa:Caro Hélio Fernandes. Acho perda de tempo esse disputar entre os melhores, na música erudita seria como Beethoven e Mozart, qual o melhor? Pela Copa de 1986 e ter sido campeão em times da Europa (Nápoles) considero o melhor Maradona, mas… mas, maior é o Pelé pela produção futebolística. Eu colocaria o “injustiçado” Garrincha como outro segundo lugar (nosso herói da Copa de 1962, no Chile.)”

Comentário de Helio Fernandes:
Concordo inteiramente, Magno. Já critiquei essa tentativa de fazer comparações em épocas totalmente diferentes nas mais diversas atividades. Mas você tem que se elogiado com entusiasmo pela lembrança de Garrincha. A Copa de 1962 no Chile, foi ganha por ele. Até os adversários reconheceram. Genial.

Pelé se machucou no primeiro jogo, naquele tempo não havia substituição. Não jogou mais. Amarildo foi escalado, para os outros jogos.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *