Conversa com os leitores-comentaristas, sobre dívidas do país, Lula na ONU, nomes para o ministério e mais e mais.

S. Lemos: “Apenas uma pergunta sobre as dívidas do país. Por que a grande mídia, que sente orgasmo em combater o Lula, não trata desse assunto?”

Comentário de Helio Fernandes:
Não é apenas com Lula que abandonam os grandes assuntos do interesse nacional. DÍVIDA interna, EXTERNA, DOAÇÃO, privataria, nada disso frequenta o dia a dia dos jornalões. Por que contrariar os próprios negócios e enriquecimento?

***

IMITEMOS A ARGENTINA

Silvio da Rocha Correa: “A sua sugestão de como lidar com a dívida não é o que foi feito na Argentina por Kirchner? Esse pessoal que governa o país é cúmplice, subserviente, jamais faria o que deve ser feito”.

Comentário de Helio Fernandes:
Kirchner assumiu o governo com a Argentina numa das maiores crises de sua existência. Investigou, localizou, atuou: congelou 75 por cento do chamam de DÍVIDA DE HONRA, o país ficaria desmoralizado?

A Argentina se recuperou rapidamente, no ano seguinte, o PIB já subia 8,25%. E se manteve, o país saiu da estagnação e retrocesso. Hoje a situação não é ideal, mas é dezenas de vezes melhor.

***

LULA VAI PARA A ONU?

Antonio Aurelio: “O senhor considera que o ainda presidente Lula pode ir mesmo para a ONU, como embaixador? Aqui em Brasília falam muito nisso. Às vezes acredito, outras não”.

Comentário de Helio Fernandes:
Aurelio, diria que existem 50 por cento de ir, e igual percentagem de não ir. Depende dos rumos do relacionamento entre eles. Acho que seria ótimo para Lula e para Dilma. Como este obteve sua maior vitória no plano externo, ficaria no centro dos acontecimentos. E ele mesmo decidiria quanto tempo interessava ficar.

De qualquer maneira, tentar fixar os rumos de Lula e Dilma com 4 anos de antecedência, quase impossível. O passado está cheio de exemplos negativos e conflitantes. E há o tempo, imprevisível. Temos que esperar.

***

DILMA ENCONTRARÁ NOMES

Beth: “Estou torcendo, embora o senhor não goste da palavra, para Dona Dilma dar certo. Mas não consigo imaginar como ela formará o ministério”.

Comentário de Helio Fernandes:
Realmente motivo de preocupação. PMDB, PT, PDT, PSB e outros, indicarão dois terços do governo. Apesar do que ela tem dito, não poderá nem examinar nomes. Faltam 50 dias para a posse, ninguém sabe coisa alguma.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *