Copenhague, hoje, capital da desesperança

Estão quase 200 países reunidos lá. Para quê? Para nada. Como vão discutir metas para 2020 e 2030, não demora muito e todos esquecerão.

E as duas potências que mais contaminam o ambiente, EUA e China, esqueceram das divergências e se juntaram para enganar o mundo. Inicialmente estavam abertamente contra a redução do carbono.

Pressionados por todos os lados, recuaram, “assumiram compromissos”, mas quem acredita nessas potências? Diga-se a bem da verdade que a pressão positiva partiu do Brasil e do presidente Lula.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *