Coragem, competência, conhecimento

Edson Khair, Paulo Solon, José Guilherme Schossland (pela ordem de entrada em cena) merecem os maiores elogios, pela forma como trataram a questão do Irã. Enquanto eles examinam e reprovam as sanções, os outros se enclausuram numa espécie de refúgio de Sansão e Dalila”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *