CPI da Petrobras é prorrogada para não apurar nada…

http://blogdomartins.com.br/wp-content/uploads/2014/03/download-7.jpg

Mariana Jungmann
Agência Brasil

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que investiga denúncias de corrupção na Petrobras será prorrogada por mais um mês. A comissão deveria ter seu relatório final votado no fim deste mês, mas isso só ocorrerá no dia 22 de dezembro.

Os membros da CPI alcançaram hoje (7) o número de assinaturas necessárias para conseguir a prorrogação dos trabalhos. Era preciso que 27 senadores apoiassem a prorrogação, mas, no momento do protocolo, 31 já tinham assinado. Outros senadores poderão assinar o documento posteriormente, se desejarem.

A CPI da Petrobras do Senado é realizada paralelamente à Comissão Parlamentar Mista da Petrobras, que investiga as mesmas denúncias, mas é composta por deputados e senadores conjuntamente. No entanto, enquanto os membros da comissão mista se reuniram ao longo de todo o recesso branco para ouvir depoentes e votar requerimentos, a CPI do Senado ficou parada desde julho e ainda não retomou os trabalhos depois da eleição.

As duas comissões investigam denúncias de que empreiteiras que têm contratos com a estatal pagavam propina a diretores da empresa e a partidos políticos. Os desvios foram relatados pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e pelo doleiro Alberto Youssef, apontado como operador do esquema de lavagem do dinheiro proveniente da corrupção na estatal. Os dois fizeram acordo de delação premiada com a Justiça e alguns depoimentos vazaram para a imprensa.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG –
É tudo uma grande farsa. As duas CPIs, a do Senado e a Mista, foram criadas para não investigar e encobrir tudo. O Congresso é um dos três poderes apodrecidos deste país, cujas autoridades decididamente não podem ser levadas a sério. Se dependesse das CPIs, nada se saberia sobre as gravíssimas irregularidades na Petrobras. Ainda bem que a Polícia Federal existe e se consolida, cada vez mais, como a instituição mais importante deste país, apesar do crescente boicote do governo federal. Mas isso não sai nos jornais… (C.N.)

 

5 thoughts on “CPI da Petrobras é prorrogada para não apurar nada…

  1. Sr. Newton,
    Lá em Brasilia, ainda abrem-se algumas CPI que não dão em nada, vários pedaçõs de pizzas para os “algozes” e ficamos por isso mesmo
    E aqui em São Paulo que n]ao tem CPI para os roubos do Metrô, SAbesp, RouboAnel, Merendas, Santa Casas
    Todas abortadas pelo Partidão de Extrema-Direitona-Caviar-, com a benção do gênio admistrativo. geraldo/covas/serra/thc/anibal/aloisiomateus/.

  2. Aqui, no Brasil, onde o Crime Compensa a CPI pode terminar em Pizzollato.

    Mas, nos EUA, após investigação das contas da Petrobras pela US SEC ( Secutities and Exchange Commission = CVM) muita Vossa Excelência poderá ser condenadas igual aconteceu a Madoff, 150 anos de prisão, e terminar na lista de procurados da Interpol, igual a condição que Maluf se encontra hoje.

    Leiam noticia que esta circulando na rede:

    “Nos EUA delação no caso Petrobras tem até recompensa

    Ações da Petrobras são negociadas na Bolsa de Nova York e a denúncia dos desvios que podem alcançar R$ 10 bilhões provocou grande abalo da estatal no mercado de capitais dos Estados Unidos.

    Lá, escritórios de advocacia, estão estimulando, até pela internet, a de episódios de corrupção na Petrobras. Em caso de comprovação e da recuperação do dinheiro desviado, quem delatou pode levar, a título de recompensa, 10% da cifra resgatada.”

    • Valeu, senhor Guilherme Almeida.

      Para os incrédulos, lembro o sufoco que ainda enfrenta a presidente da Argentina com os States, na discussão de valores dos títulos da dívida pública dos Hermanos.

      No caso da Petrobras, essa questão levantada de uma “indenização” é uma possibilidade real. Está acontecendo. A justiça made in USA, poderá, mais na frente, ser outro desgastante problema para as finanças da Petrobras, já cambaleando, exaurida… com tantos malfeitos praticados contra e a empresa e seus acionistas minoritários.

  3. Sou obrigado a concordar que Lula e Dilma sabiam! Lula sabia do risco que corria quando afastou a ameaça de privatização da Petrobrás, tentada sem sucesso pelo governo de Fernando Henrique Cardoso.

    A Petrobrás foi criada através do movimento “O Petróleo é Nosso!”, na década de 50, que resultou em perseguições, prisões e mortes de brasileiros, até o Presidente Getúlio Vargas se suicidou pressionado pela criação da Petrobrás e por conceder à Petrobrás o monopólio estatal do petróleo.

    Lula também sabia dos interesses que contrariava quando colocou, na ordem do dia, o pré-sal, tornando-o realidade. Reconhecidamente a maior reserva contemporânea de petróleo no mundo, mas que ficara engavetado por trinta anos. Também é bom lembrar que, além de Lula, a descoberta do pré-sal só foi possível com o desenvolvimento de tecnologia inédita no mundo, pelos petroleiros da Petrobrás.

    Aliás, com a privatização da Petrobrás, tentada por FHC, se concretizada, iria como bônus o pré-sal. Seria isso somente incompetência do governo do PSDB?

    Quando Lula e Dilma resolvem construir o Comperj, sabiam dos interesses hercúleos que contrariavam com a retomada do braço petroquímico, o mais lucrativo do setor petróleo, privatizado pelos governos de Fernando Collor de Mello e Fernando Henrique Cardoso. Os dois presidentes foram só incompetentes ou tinham outros interesses não confessáveis por trás dessa entrega?

    O que a sociedade não sabe é que por trás da investigação da corrupção da Petrobrás está a volta daqueles que sempre quiseram destruir a Petrobrás. Toda a sociedade quer a Petrobrás grandiosa, inclusive investigando a corrupção com todos os corruptos e corruptores na cadeia e não só os da Petrobrás.

    Aliás, o governo Dilma tem feito, de forma exemplar, o combate à corrupção, inclusive colocando “colarinho Branco” na prisão. Nunca a Polícia Federal e o Ministério Público estiveram tão bem aparelhados e gozaram de tanta autonomia. Diga-se de passagem, o que o Governo Dilma faz em relação à corrupção é obrigação dos governantes, só que não foi assim nos governos passados.

    O que a sociedade brasileira precisa saber é que só a Petrobrás pode pagar a dívida social que temos com nosso povo.

    E para que isso aconteça não basta que só Lula e Dilma saibam, é preciso que toda a sociedade tenha esse entendimento.

    * Emanuel Cancella é diretor do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).

    Tirado da Ttribuna da Imprensa

  4. Para aqueles que só visitam de passagem o artigo a ser comentado, transcrevo a Nota da Redação, do Moderador, que apoio, na ,minha modesta opinião, e retrata muito bem o texto informativo da Mariana Jungmann. da Agência Brasil. Permita-me:

    “NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – É tudo uma grande farsa. As duas CPIs, a do Senado e a Mista, foram criadas para não investigar e encobrir tudo. O Congresso é um dos três poderes apodrecidos deste país, cujas autoridades decididamente não podem ser levadas a sério. Se dependesse das CPIs, nada se saberia sobre as gravíssimas irregularidades na Petrobras. Ainda bem que a Polícia Federal existe e se consolida, cada vez mais, como a instituição mais importante deste país, apesar do crescente boicote do governo federal. Mas isso não sai nos jornais… (C.N.)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *