CPI mantém convocação da advogada que fugiu para os EUA

Beatriz Catta Preta sofreu ameaças e teve de fugir do país

Deu na Agência Brasil

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), disse nesta terça-feira, em uma rápida passagem pela Câmara durante o recesso parlamentar, que respeita a manifestação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), mas vai manter a convocação da advogada Beatriz Catta Preta para depor no colegiado. A convocação foi aprovada no último dia 9 pela comissão e provocou reações dentro e fora da Casa. Depois disso, por sofrer ameaças, a advogada fechou o escritório e fugiu com a família para os Estados Unidos.

“Não acho que houve interferência alguma, mas a convocação está mantida e no momento certo vamos marcar a data [para o depoimento]”, disse ao comentar o ofício do presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, que pediu a dispensa do depoimento. Para a entidade, a criminalista não é obrigada a fornecer qualquer informação que viole o sigilo profissional.

A criminalista defendeu vários investigados na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, entre eles, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, o ex-executivo da Toyo Setal Augusto de Mendonça e o lobista Júlio Camargo que, recentemente, denunciou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de receber US$ 5 milhões para viabilizar um contrato da Petrobras.

DINHEIRO ILÍCITO

Motta explicou que a comissão quer explicações sobre a origem do dinheiro pago pelos acusados. “A nós, cabe seguir o que o plenário decidiu e o plenário decidiu convocá-la para saber de onde está recebendo os recursos de honorários. Dinheiro ilícito é dinheiro ilícito”, avaliou. Motta quer esclarecer se o dinheiro dos honorários é parte dos recursos desviados pelos investigados.

O peemedebista acredita que a CPI conseguirá encontrar a advogada no “tempo certo” para convocá-la e ainda confirmou os depoimentos previstos para a próxima semana, com a volta do recesso parlamentar. No dia 4, a CPI ouve os presidentes da Mitsui, Shinji Tsuchiya, e da Samsung no Brasil, J. W. Kim. Os dois não compareceram à sessão do último dia 15 quando deveriam prestar depoimento para falar sobre o pagamento de propina a Eduardo Cunha em um contrato de aluguel de sondas celebrado com a Petrobras. No dia 6, está marcada a acareação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

REQUERIMENTOS

Além dessas audiências, o colegiado terá que decidir sobre uma série de requerimentos. Motta explicou que vai definir a agenda da CPI em uma reunião de trabalho na primeira semana de agosto. Na lista polêmica, estão os requerimentos apresentados pelo líder do PSC, André Moura (SE), para a acareação entre a presidente Dilma Rousseff e os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Edinho Silva (Secretaria de Comunicação), a acareação da presidente com o doleiro Alberto Youssef e dos ministros com o dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa. Outro pedido na pauta foi o apresentado pela deputada federal Eliziane Gama (PPS-MA), que defende a acareação entre o presidente da Câmara e Júlio Camargo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A CPI está delirando, se pensa que pode acarear a presidente da República e seus ministros. Sinceramente, é preciso haver um mínimo de respeito entre os Poderes da União. Quanto à convocação da advogada Catta Preta, sem comentários. (C.N.)

8 thoughts on “CPI mantém convocação da advogada que fugiu para os EUA

  1. Nos EUA o cara que rouba milhões, dependendo do crime, é destituído de seus bens e dinheiro. Muitas vezes não tem como contratar um advogado. Foi o caso por exemplo de Bernard Madoff que pegou 150 anos em regime fechado depois de desfalcar os clientes em 65 bilhões.

    No caso desses bandido no Brasil, o crime é pior, trata-se de dinheiro público,

  2. O famoso principio utilizado no ramo tributário “pecunia non olet” (dinheiro não tem cheiro), será que também vale para o pagamento de honorários advocaticios? Caso a resposta seja sim, pelo princípio da isonomia garantida na Carta Magna então vale para honorários de qualquer tipo de profissional, seja ele médico, engenheiro, pintor, pedreiro, etc… Como o próprio nome do princípio diz, “pecunia”, entende – se que é apenas dinheiro, seja em papel moeda, cheque ou depósito bancario. Mas uma coisa não me sai da cabeça : E se um famoso ladrão de carros resolver pagar os honorários de seu advogado , não com dinheiro, mas com automóveis, aí então seria crime de receptação pelo advogado? Notem que não especifiquei se o automóvel dado em pagamento é ou não pproduto direto do crime de roubo ou furto. Parece – me que no final não há muita diferença entre receber dinheiro (pecunia) de bandido, ou um próprio objeto fruto de seu crime. A interceptação criminosa parece estar presente de qualquer jeito. Mas, se a lei permite… Nem tudo que é legal é necessariamente moral.

  3. A diferença flagrante e que faz toda a diferença: em países sérios, quando o criminoso é flagrado roubando/furtando/corrompendo, a primeira providência é rastreamento e bloqueio do produto do furto/roubo, o que resulta no exemplo citado pelo Senhor Reinaldo: fica sem dinheiro sequer, para pagar advogado. É isso que tem que ser feito nos países subdesenvolvidos, como o brasil. Sem dinheiro, nenhum advogado/escritório famoso vai querer sequer, passar perto dos ladrões. Mas por aqui o crime compensa: ladrão do Erário Público até se aposenta: O Lalau quer “seus” proventos de aposentadoria de volta – corrigidos, naturalmente, pelos anos que ficou sem receber. Por aqui, a filosofia é: “Aos ladrões/corruptos tudo. Para o povo, impostos e os rigores da lei.” brasilsilsil!

  4. Por que é que essa advogada não diz o motivo de ter saído correndo do Brasil, com a família? Se sofreu ameaças, teme que os que a ameaçaram tenham braço criminoso lá em Miami? Sabe-se que ela é casada com um ex-cliente, estelionatário. Teriam ameaçado trazer à baila outros crimes do maridão? Essa história está esquisita.

  5. Me estranha o fato de que a CPI queira ouvir a Advogada Beatriz Catta Preta, tendo em vista que outros Advogados fizeram a defesa de criminosos de colarinho branco, alguns até foram Ministros de Estado e ninguém quis ouvi-los.
    Isso me cheira à intimidação.

  6. Esse congresso nacional cheira tal qual uma latrina. Não possui autoridade moral para criticar ninguém. Quando se recebe um pagamento em espécie, não se pede atestado de bons antecedentes. Se de outra forma fosse, não haveria negócios.

  7. O Deputado Hugo Motta (PMDB-PB) – tão zeloso na convocação de ilustres figuras, poderia explicar ao Povo Brasileiro, qual a Empreiteira que financiou a campanha politica dele, pois para eleger um deputado federal os gastos são acima de 10 milhões de reais. Tenho a nítida impressão que alguma empresa financiou sua campanha.
    com o salario de 4 anos como deputado, economizando cada centavo, não é possivel ter tais gastos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *