CPI precisa focar no seu relatório final e deixar o restante para a Polícia Federal

CPI da Covid estuda discutir denúncias da Prevent Senior

Enfim, chegou a hora de a CPI preparar seu relatório final

Eliane Cantanhêde
Estadão

Vagabundo, picareta, ladrão, vigarista… Com essa profusão de insultos mútuos, os senadores Renan Calheiros, relator da CPI da Covid, e Jorginho Mello, da tropa de choque bolsonarista, deixaram claro que a comissão não está no seu melhor momento e chega à reta final com ameaças de sopapos entre seus próprios integrantes. Renan caiu na armadilha dos governistas e só quem perde é a CPI. Foco, senhores! Foco!

Criada para investigar, divulgar e responsabilizar os negacionistas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, pela sua coleção de erros pavorosos durante a pandemia, a CPI não só cumpriu esse papel, como também atirou no que viu e acertou no que não viu – nem previu: um esquema tão primário quanto nocivo de empresas e lobistas para tirar uma casquinha da desgraça com o dinheiro público.

NUMA ENCRUZILHADA – Na última semana, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid mostrou estar numa “encruzilhada”, após uma sequência de três depoimentos “lamentáveis” e troca de insultos entre senadores. O momento é de encerrar as oitivas para que os parlamentares foquem no relatório final.

Os senadores precisam parar de temer a crise de abstinência do pós-CPI, que é quando os holofotes se apagam. É preciso parar os depoimentos, com o fim da exposição pública, e se voltar para dentro, para o principal, que é o relatório final a ser discutido e votado.

FORÇA-TAREFA – Para dar sequência às apurações iniciadas pelos senadores, o Ministério Público de São Paulo criou na quinta-feira, 23, uma força-tarefa que vai investigar se a Prevent Senior tratou pacientes, sem o devido consentimento, usando o chamado kit-covid.

A CPI tem uma função: trazer à luz todas essas questões, mostrar tudo isso e concretizar um belo relatório final, porque não pode ficar indefinidamente, durante anos, investigando os detalhes.

Sobre a próxima semana de trabalhos, o já agendado depoimento do empresário bolsonarista Luciano Hang não vai servir para nada e será transformado por ele num circo, porque é daqueles que gostam de aparecer na mídia.

3 thoughts on “CPI precisa focar no seu relatório final e deixar o restante para a Polícia Federal

  1. A CPI foi criada a mando do STF, a intenção era ferrar o presidente.
    Investigar o roubo a partir de governadores e prefeitos, nem pensar.
    Os dois da CPI, Renan e Azis não são boas biscas, mas são festejados pela mídia engajada na medida que desgastam o governo.
    Meu contraponto, a tropa de choque bolsonarista compete com a tropa de choque comunista de rabo preso.
    Interpretar algo escrito pela Catanhede é como passar manteiga no focinho do gato, já sabemos que ele vai lamber.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *