CPI quer saber se Lula participou da compra de Pasadena

Um possível encontro do ex-presidente Lula (PT) com o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, em 2006, vai ser questionado pela oposição na CPI que investiga desvios de dinheiro público na estatal. A reunião teria acontecido um mês antes da compra da refinaria de Pasadena, no Texas. A informação é do jornal “O Estado de S. Paulo”.

Segundo a reportagem, o ex-diretor teria visitado Lula em Brasília, no dia 31 de janeiro daquele ano. A viagem foi registrada na agenda oficial da Petrobras, há 31 dias da autorização de compra de metade dos ativos da empresa. Dilma Rousseff (PT) era presidente da Casa Civil, em 2006, época da compra de 50% da refinaria, e deu aval à aquisição, como então presidente do Conselho de Administração da Petrobras.

“Ele (o ex-presidente Lula), no mínimo, é informado. A decisão de comprar uma refinaria no exterior não é tomada somente pela Petrobras”, disse o vice-presidente da CPI da estatal na Câmara, deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA). Lula, no entanto, nunca admitiu publicamente a participação nas negociações. O parlamentar vai cobrar respostas do Palácio do Planalto e da Petrobras.

REQUERIMENTOS

O PPS já apresentou requerimentos para convocar Lula a depor na CPI, mas nenhum deles foi aprovado. O pedido esbarra na resistência dos partidos governistas.

À reportagem do jornal, a assessoria de Lula informou que o “encontro” foi “há mais de nove anos” e “não tratou de Pasadena”. Apesar disso, não explicou o assunto. O petista disse ainda que nessa reunião estava o ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli. Este último, porém, alegou não se recordar da reunião. “Duvido que tenha acontecido isso”, explicou.

De acordo com parecer do Tribunal de Contas da União (TCU), a compra da refinaria teria gerado um prejuízo de US$ 792 milhões aos cofres públicos.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGNa Petrobras, a realização do encontro foi descoberta numa auditoria interna. E realmente houve a reunião entre Lula e Costa, porque foi  registrada também na agência presidencial do Planalto, sob a rubrica “Petrobras”. (C.N.)

 

7 thoughts on “CPI quer saber se Lula participou da compra de Pasadena

  1. Amigo da Esquerda Acadêmica Governamental informa que a palavra da moda é o “Catastrofismo” e como eu sou contra o PT, naturalmente sou um Catastrofista…

    A espera – claro – do Big Bang final que culminará com o Fim do Cosmos Infinito … o que vier depois será o Novo Kaos Multi Poli Auto Gerador …

    Eita !

  2. Lula só cai se Dirceu voltar pra casinha… ops… cadeia!

    Que fiquem de olho nele pra não fugir, pois já deu o recado que só consegue trabalhar (?) fora do Brasil.

  3. O “Paulinho melhor despachante de interesses”, num era da nossa intimidade, assim como o Zé, o Delúbio, o Genoíno, etc……kkkk

  4. A presidanta disse que é injusto transformar Joaquim Levy em Judas,será que ela não sabe que tambem é injusto agente pagar a conta da roubalheira patrocinada por ela,lula e seu partido?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *