Cunha contra-ataca e CPI vai convocar Janot para se explicar

Janot tem de explicar dois pesos e duas medidas (foto Givaldo Barbosa)

Iolando Lourenço
Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, poderá ser convocado para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, se for aprovado requerimento de convocação apresentado hoje (7) à CPI pelo deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), para que Janot esclareça os critérios que está usando para os pedidos de abertura de inquérito da Operação Lava Jato.

O requerimento, que deverá ser pautado para votação na CPI nos próximos dias, gerou divergências entre integrantes da comissão. O presidente do colegiado, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), disse que o documento está dentro dos critérios exigidos, com justificativa e tudo que é necessário para apresentação. “É um requerimento normal, igual a tantos outros. Não vejo a convocação do procurador como um constrangimento a ele”. “Vivemos numa democracia e ninguém está acima da lei”, acrescentou o presidente da CPI.

RELATOR NÃO GOSTOU

O relator da comissão, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), criticou a apresentação do requerimento de convocação do procurador e disse que se pudesse resumir em uma frase diria: “Lamento a apresentação do requerimento. Isso é uma provocação indevida e que não ajuda o trabalho da CPI, porque ela não foi criada para isso”, disse o relator.

Luiz Sérgio disse que essa não é a primeira vez que se tenta convocar o procurador para depor em uma CPI. Ele recordou que quando do funcionamento da CPMI sobre Carlinhos Cachoeira, foi apresentado um requerimento para a convocação do então procurador Roberto Gurgel, mas “foi quase que unânime a posição de que o Poder Legislativo não poderia provocar o Poder Judiciário através do Ministério Público”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGEduardo Cunha mandou a CPI convocar Janot e será atendido. O procurador terá de explicar seus critérios inexplicáveis. Um deles: por que abriu inquérito para investigar o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e inocentou preliminarmente o senador Delcídio Amaral (PT-MS), ex-diretor de Gás e Energia da Petrobras e que foi citado pelo delator Paulo Roberto Costa? Vai ser interessante saber qual foi o critério… (C.N.)

7 thoughts on “Cunha contra-ataca e CPI vai convocar Janot para se explicar

  1. Muito boa essa de Cunha, independente dele ser culpado ou não, de convocar esse malandro nitidamente inclinado em suas atitudes a favor da quadrilha comunista que, na sua sanha pelo poder absoluto e eterno, seguindo modelos como a Venezuela e Cuba, arruinou o país e quebrou a Petrobrás.

  2. Concordo com a nota da redação, será mesmo muito interessante saber desse imbecil de má-fé qual foi o critério adotado.

    Alguém tinha que avisar a esse idiota que vagabundo não pede emprego em casa de malandro.

  3. MJV, não muda nada, continua a ver fantamas em pleno sol escaldante do meio dia, muda o disco, caia na real, comunismo só existe hoje em cabeças doentias como a sua.

  4. Desde a constiuição de 88 temos no Brasil uma proliferação de poderes. Antigamente haviam somente 3 Executivo, Legislativo e Judiciário. Hoje, temos uma série de poderes que não estão subordinados a nenhum poder, não são escolhidos por voto popular, e alguns tem mandatos fixos, sem a possibilidade de serem removidos. Alem do PGR, as agências reguladoras, tambem são hoje feudos, a defender seu quinhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *