Datafolha aponta crescimento de Marina, Bolsonaro e Moro no segundo turno

Resultado de imagem para pesquisa chargePedro do Coutto

Pesquisa do Datafolha publicada neste domingo pela Folha de São Paulo, com foco na sucessão presidencial de 2018, aponta um crescimento de Marina Silva e de Jair Bolsonaro, ao lado de Lula, se as eleições presidenciais fossem realizadas hoje. Curioso é que Lula segue na frente no primeiro turno, mas na hipótese de um segundo, perderia para Marina Silva e Sergio Moro. Moro é uma projeção que o Instituto fez colocando seu nome entre os presidenciáveis. Ele não será candidato, mas a pesquisa funciona para assinalar seu prestígio junto à opinião pública.

No primeiro turno – reportagem de Igor Gielow – aponta Lula na frente com 30 pontos, mas assinala sua derrota no segundo turno para Marina Silva e Sérgio Moro. No primeiro turno, Marina registra 16%, Bolsonaro 13% e Sérgio Moro 9%. No segundo turno, porém todos se unem contra Lula e ele assim seria batido por Marina Silva por 43 a 41, e por Sérgio Moro por 42 a 40%.

TEMER VAI MAL – O curioso da pesquisa é que há um forte grau de rejeição ao presidente Michel Temer que só alcança 9% de aprovação. Isso de um lado. De outro, percebesse que nem o PMDB tampouco o PSDB ganharam prestígio com a participação no atual governo. O PSDB, inclusive, apresenta João Dória mais bem avaliado do que Geraldo Alckmin e principalmente Aécio Neves. Na área do PMDB, nenhum político figurou nos percentuais da pesquisa. Ciro Gomes pelo PDT registrou 6 pontos.

A pesquisa traçou um panorama mais próximo da realidade, levando em consideração a distância de mais de um ano das eleições. A inclusão do nome de Sérgio Moro destina-se apenas a poder se estimar o grau de seu prestígio na opinião pública. O governo Michel Temer sofre forte rejeição na escala de 85%.

Sérgo Moro não será candidato. Marina Silva, sim, Ciro Gomes, também. O PSDB não avançou nada na opinião pública do país por sua adesão ao atual governo. Nem o PSDB, tampouco o PMDB. Vamos aguardar as próximas sequências na política brasileira para que o Datafolha e o Ibope possam evidenciar tendências mais próximas da realidade atual. Política apresenta sempre várias faces e separa as etapas umas das outras e os candidatos uns dos outros também.

13 thoughts on “Datafolha aponta crescimento de Marina, Bolsonaro e Moro no segundo turno

  1. O lula com 30 positivos e 43 negativos, esta com um défice avantajado e no andar da carroça com as melancias se ajeitando, possivelmente nem estará no segundo turno, isto é, se conseguir ser candidato.
    Acho que o futuro presidente do Brasil, ainda não apareceu, estes que já estão na corrida, são os “coelhos” ou os “cavalos paraguaios”, que disparam na arrancada, mas ficam pelo caminho.
    A preciosidade da hora foi dita pelo Marco Aurélio Mello, “candidato réu pode participar da eleição e se vencer, assume, pois não poderá ser julgado durante o mandato”.
    Se os da linha sucessória já foram descartados pelo STF, como ocupantes eventuais do cargo de presidente, como um outro que também é réu, pode ser candidato e assumir, em caso de vitória?Não é uma incoerência? Ou a torre de babel agora esta instalada na praça dos três poderes?
    Tá danado, linguiça, diria aquele personagem do Chico Anísio, o Azambuja.

  2. Pedro do Coutto, anota aí:

    Segundo turno, 2018 ( se houver eleição) :

    CIRO X BOLSONARO

    OU

    CIRO X DÓRIA

    Saudações,
    Carlos Cazé.

    • Tudo bem Carlos Cazé?

      Deus te ouça se esses forem os candidatos que teremos no segundo turno em 2018. Aterroriza-me a idéia de Lula estar entre esses candidatos. Você é bem informado e está vendo o que está acontecendo na Venezuela. Um abraço!

  3. Afirmar que Lula “seria batido por Marina Silva por 43 a 41, e por Sérgio Moro por 42 a 40%.” sem levar em conta a margem de erro é forçar barra.

    No máximo, pode-se afirmar um empate técnico, com Marina e Moro, numericamente na frente.

    Curioso? que haja “um forte grau de rejeição” à Temer?
    “PMDB tampouco o PSDB ganharam prestígio com a participação no atual governo”.

    “Vamos aguardar as próximas sequências na política brasileira para que o Datafolha e o Ibope possam evidenciar tendências mais próximas da realidade atual”?

    A tendência esta evidente: Temer é radioativo eleitoralmente. O eleitor vai rejeitar qualquer um que esteja próximo a Temer.

    A única saída para Temer esta na economia.

    Sem sinais claros de melhora na economia, a tendência é todos, que ainda desejam disputar os votos do eleitor, se afastar de Temer com a chegada de 2018.

  4. Sr. Pedro do Couto,

    Gostei do seu comentário realista, principalmente o fato de que Sérgio Moro não será candidato. Mas é aterrorizante o fato de termos um presidente como Lula, que já está antecipando na imprensa o caráter autoritário de seu governo, onde todos que não compartilharem de suas idéias serão considerados de direita golpista. Leia o site brasil247.com que é petista e veja as dezenas de manchetes que eles publicam diariamente. Acompanhe a situação da Venezuela atual onde milhares de venezuelanos estão fugindo do país, uma parte para Roraima por causa da crise humanitária. A General Motors foi expulsa de lá porque o governo venezuelano confiscou a fábrica, além de dezenas de outras transnacionais. O Governo Maduro está armando milícias para sustentá-lo e os conflitos de rua estão matando dezenas de pessoas, inclusive jovens. Como voltaremos a ser governados por um governo anti-americano, anti-capitalista (embora gostem muito de dinheiro dos grandes empresários) e com relações com todos os inimigos dos Estados Unidos e Israel, inclusive ditaduras de toda natureza? A política econômica do PT baseia-se totalmente no endividamento das famílias e das empresas, basta ver o grau de endividamento que estamos vivemos hoje. Eles só se utilizam da democracia para chegar ao poder, mas são autoritários, querem se eternizar no poder. Tudo isso que estou dizendo aqui foi dito pelos pelos mais respeitados intelectuais desse país durante o período em que estiveram no poder. 13 anos é suficiente para confirmar muitas expectativas. Para finalizar o americano Noam Chomski, ícone da esquerda mundial, condenou o PT por que se envolveu na corrupção http://www.dm.com.br/politica/2017/04/chomsky-critica-postura-do-pt.html
    Leia este artigo, por favor. Um abraço!

  5. Não adianta querer argumentar com a parcela da população que vota no PT, eles estão vendo tudo na mídia e vão continuar votando no Lula porque acham que Lula é vítima. Eles não se preocupam com a economia nem com a democracia, apenas com os benefícios sociais que vão receber quando Lula for presidente. Respondendo ao comentarista Alex Cardoso, a economia não vai melhorar, pelo menos até 2018. O próprio governo já declarou que continuaremos em déficit público nos próximos anos. Portanto, para evitar a eleição de Lula, concordo com você que os candidatos deverão se afastar de Temer e para enfrentar Lula com o mesmo nível de agressividade só existe o Bolsonaro porque este pode capitalizar a rejeição a Lula. Maria e Dória são por demais educados e frágeis e este último será identificado como candidato da elite paulista. A rejeição somente, não garante a derrota do PT, pois inclui abstenções, votos nulos e brancos e o que conta nas eleições são os votos válidos. Finalizando, sem conciliação e num governo vingativo e autoritário, como será a relação com o Congresso e o Judiciário, já que vivemos num sistema de presidencialismo de coalizão?

  6. Atenção aos comentaristas: os meus comentários aqui não são ofensivos, são análises que faço sobre os acontecimentos que vejo e podem ser encontrados por dezenas de artigos e comentaristas na internet. Não sou partidário de ninguém e não creio que haja mudanças significativas por parte de qualquer presidente que venha ser eleito em 2018. Não existirão condições econômicas para isso e a PEC 55 que congela os gastos do governo por 20 anos já foi sancionada pelo Presidente Temer é uma medida constitucional. Votem em quem quiserem, pois o voto é livre. Apenas tenham consciência da realidade que nos aguarda no futuro e que é bastante sombria.

  7. O meu prezado Alex Cardoso, sempre elegante e educado quando recebe os meus comentários sobre a sua defesa intransigente de Lula, desta vez teceu um raciocínio verdadeiro sobre Temer e as eleições do ano que vem.

    A solução para este incompetente e corrupto presidente – pois quem nomeia desonestos e envolvidos na Lava-Jato é cúmplice de ladrão – está na Economia.

    Não há outra alternativa que não seja acabar com a recessão econômica a dar emprego para os mais de catorze milhões de desesperados e quase setenta milhões de inadimplentes, em consequência!

    No entanto, Temer é um notório incompetente, omisso, que se preocupa somente com a política deletéria e abjeta onde é um dos seus participantes mais significativos.

    Não faz parte da personalidade deste indivíduo contribuir com o país, ajudar o povo, retomar o crescimento, a ponto que incumbiu Meirelles desta iniciativa, um fidalgo dos banqueiros e das elites nacionais, que impedem esse desenvolvimento porque haveria empreendedores e investidores internacionais que injetariam muito dinheiro nesta fase de um país com dimensões continentais ter decidido crescer!

    Haveria a interrupção do monopólio de o Brasil estar nas mãos dos banqueiros locais e de um parlamento traidor, corrupto, ladrão, que faz o que quer conosco e com o nosso futuro!

    O Brasil está estagnado e tem este desemprego recorde na sua história porque os únicos culpados são o governo federal e parlamento, que se comportam desta forma desde Sarney, quando iniciou com o mestre dos corruptos jogar a população contra a população ou esqueceram dos males do Plano Cruzado, onde os fazendeiros e as indústrias foram culpadas pela inflação menos os banqueiros, os legítimos causadores do custo do dinheiro!?

    E, Collor, o assassino, o deslumbrado, o idiota e imbecilizado pelo poder foi muito mais além, quando confiscou o dinheiro da poupança e conta do corrente do trabalhador, mas não tomou medida alguma contra os … banqueiros!

    FHC, o dissimulado corrupto, incompetente, traidor, ao criar o PROER, sua intenção foi livrar o povo do desemprego, salários baixos?!

    Nada. Agiu para defender o povo? Nada. Decidiu auxiliar o contribuinte arrasado pela inflação?! nada. A sua medida foi para salvar os … bancos!

    Lula, simplesmente foi na sua administração que os bancos mais lucraram na história!

    Os balanços publicados eram tão vergonhosos e escandalosos pelos bilhões auferidos, que as publicações tiveram de diminuir seus espaçamentos, de modo que os lucros apresentados fossem menores.

    Dilma deu sequência a esta prática de proporcionar lucros exorbitantes ao sistema bancário, igualmente Temer, que através do seu ministro-banqueiro, Meirelles, autorizou a cobrança de juros os mais altos do mundo contra o brasileiro, para exatamente atender às ordens dos … banqueiros!

    Temer agirá diferente:
    Claro que não.

    Os parlamentares que são beneficiados com gordas verbas destinadas pelos bancos às suas candidaturas, agiriam contrariamente aos desejos dos banqueiros?!
    Evidente que não!

    Em consequência, como o Brasil não pode contestar os altos juros cobrados pela sua dívida interna, que paga bilhões de reais por ano aos … banqueiros, investe contra o povo para arrecadar mais, mexendo na Previdência e Leis Trabalhistas, mas mantendo intocáveis os …. bancos!

    Um abraço, Alex Cardoso.
    Comentário procedente e atual.

    • Olá Francisco,

      Do início ao fim tudo que você escreve é verdadeiro. Só que simplesmente é uma constatação e isso é o que mais nos revolta, porque somos absolutamente impotentes para mudar e até mesmo influenciar alguma coisa. Para provar o que estou estou te enviando dois artigos de excelente qualidade. Gostaria muito que você os lê-se até o final.

      Lobistas de bancos, indústrias e transportes estão por trás das emendas da reforma trabalhista http://controversia.com.br/3768

      Maria Lucia Fattorelli: Banqueiros capturaram o Estado brasileiro
      http://www.viomundo.com.br/denuncias/maria-lucia-fatorelli.html

      Só falta uma votação no Senado para a Reforma Trabalhista ser aprovada e nessa casa o governo tem maioria absoluta. Um abraço!

    • Quando o povão tomar consciência nessa linha e perceber que estamos todos atrelados a corrente da financeirização (desde quando levamos um financiamento, disfarçado de compra de fogão, de carro, de apartamento, até quando se financia a compra de equipamentos do consultório, etc), que transfere as riquezas produzidas pelo suor e sangue do trabalhador, seja ele operário ou médico, advogado ou mecânico, para os bolsos de uma elite minoritária transnacional, extremamente corrupta, uma revolução se estabelecerá.

      Neste processo, nas próximas gerações, espera-se, que pelo menos, uma outra política possa surgir, para servir de mediação, mais transparente, entre o povo e um outro tipo de elite, que seja menos mesquinha, autoritária e patriarcal do que a atual.

      Afinal, um sistema de opressão não dura para sempre. A humanidade inexoravelmente vai avançar na direção de redução das desigualdades, apesar dos esforços contrários de uma meia dúzia.

  8. Pingback: Datafolha aponta crescimento de Marina, Bolsonaro e Moro no segundo turno – Debates Culturais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *