Davi Alcolumbre exibe a senadores dossiê contra André Mendonça no Supremo

O senador Davi Alcolumbre e Jair Bolsonaro

Alcolumbre disse que André Mendonça perderá no plenário

Lauro Jardim
O Globo

Davi Alcolumbre, presidente da Comissão de Justiça, Constituição e Cidadania do Senado, é incansável em sua vontade de barrar a ida de André Mendonça para a Supremo Tribunal Federal. Tem mostrado a vários senadores um dossiê contra o candidato de Jair Bolsonaro à vaga de Marco Aurélio de Mello.

Nele, constam detalhes de uma importante reunião que Mendonça teria tido com o hoje desaparecido procurador Deltan Dallagnol, na qual o ainda chefe da AGU teria prometido apoiar postulados que eram bandeiras da Força-Tarefa da Lava-Jato.

COM BOLSONARO – Na tentativa de destravar a sabatina de André Mendonça no Senado, Jair Bolsonaro teve um encontro fora de agenda com Davi Alcolumbre na semana passada.

A reunião, intermediada por Flávio Bolsonaro, aconteceu depois que um grupo de líderes evangélicos foi ao gabinete presidencial pressionar Bolsonaro em favor do “terrivelmente evangélico” Mendonça.

Os pastores haviam pedido a Bolsonaro que entrasse em campo com mais força para que Alcolumbre tirasse da gaveta a indicação de Mendonça ao STF e marcasse de uma vez por todas a sabatina. Presidente da CCJ, cabe a Alcolumbre marcar a data.

FALTAM VOTOS – No encontro com Bolsonaro, Alcolumbre disse que Mendonça não teria votos no plenário do Senado para ser aprovado ao Supremo.

O presidente Bolsonaro, segundo relatos de um interlocutor, disse que sabia disso, mas que tinha um compromisso com os evangélicos e não retiraria a indicação de Mendonça.

Alcolumbre trabalha pelo nome de Augusto Aras para a vaga aberta no STF, por ser terrivelmente contra a Lava Jato.

9 thoughts on “Davi Alcolumbre exibe a senadores dossiê contra André Mendonça no Supremo

  1. Medíocre e chantagista! Vereador de Macapá em Brasília. Eleito com menos votos que um deputado distrital. Depois da transformação dos ex territórios em estados o que o Brasil ganhou com isso? Bancada de RO não é bancada, É QUADRILHA! Macapá é menor que a Vila Planalto aqui em Brasília e dá as cartas na política nacional. A QUEM ISSO INTERESSA???? Porque os estados mais ricos e com eleitores mais escolarizados não tem vez no congresso? O presidente da Câmara é um cangaçeiro das Alagoas e o placebo nasceu em Porto Velho RO apesar se apresentar como um “representante de MG” no parlamento. Nosso povo vota mal e as opções também não ajudam.

  2. Olha a gordofobia (hein!) assim como a comunistofobia é algo incorreto. Gordos e comunistas, como seus opostos, magros e capitalistas, todos sãos bípedes carregando os genes da espécie humana – os que tem um pouco dos mais primitivos são os nazifascistas, bolso-olavistas.

    • Contra esses últimos justifica a fobia do ponto de vista de não serem evoluídos. Na verdade representam eles uma involução – para trás, se é assim que se pode escrever.

  3. Por que os evangélicos se sentem com o direito de apontar um ministro do STF? A área deles deveria se limitar ao etéreo, ao seu Deus de Mateus.
    A continuar esse descalabro vamos ter em breve uma nova Inquisição que parece já ter começado com a negação do virus pelo Torquemada de plantão.

  4. O mito se enfiou em uma tremenda saia justa, e fez isto de idiota como é. Espantou todo mundo em janeiro do ano passado jurando que iria emplacar naquele mesmo ano um “ministro terrivelmente evangélico” na suprema corte. Levou um corte que não imaginava. Agora parece que vai levar outro corte. O sonho de ver um ministro terrivelmente evangélico abrindo uma sessão da corte lendo um texto da Bíblia vai ficar só na imaginação do mito.

  5. Ué … se o sabidão do Amapá tem um dossiê contra o candidato ao Supremo Taleban Federal por qual razão não o distribui para a imprensa a fim de que o povo que sustenta o país pagando tributos tome conhecimento ?

    Por qual razão oculta a suposta verdade ?

    Pau no burro, barrigudo !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *