Decisão do Supremo também proíbe Cristiane Brasil de ter contato com o pai

Resultado de imagem para cristiane brasil

Cristiane estava em casa quando os federais chegaram

 


Ana Paula Andreolla
TV Globo, Brasília

Na decisão em que autorizou a Polícia Federal a fazer busca e apreensão nas residências e no gabinete da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, proibiu que ela mantenha contato com investigados na Operação Espúrio, entre os quais o próprio pai da parlamentar, o deputado cassado e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson.

A ação da PF fez parte da segunda fase da Operação Registro Espúrio, destinada a aprofundar investigações sobre suposta organização criminosa que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo Ministério do Trabalho. A PF apura um suposto esquema de propina para venda de registros.

TRÊS MANDADOS – Cristiane Brasil foi alvo de três mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (12). Os mandados foram cumpridos no gabinete dela na Câmara, no imóvel funcional em Brasília e na residência no Rio de Janeiro.

A deputada também está proibida de frequentar o Ministério do Trabalho e de manter contato com servidores, a não ser para tratar de assuntos relacionados o exercício do mandato. Mesmo assim, deve informar sobre isso com antecedência ao STF.

Na decisão, o ministro Edson Fachin não previu exceção para que ela se comunique com o pai. A determinação de Fachin estabelece “proibição de manter contato com os demais investigados ou servidores do Ministério do Trabalho, salvo, nesta última hipótese, quando imprescindível ao exercício do mandato parlamentar, mediante prévia justificativa nestes autos”.

FALTA O PAI – Roberto Jefferson foi alvo da primeira fase da operação, no dia 30 de maio. Ele é suspeito de integrar a quadrilha que vende registros sindicais no Ministério do Trabalho.

Segundo as investigações, o grupo não respeita a fila dos pedidos de registro, e aprova os de sindicatos que pagam propina a parlamentares.

14 thoughts on “Decisão do Supremo também proíbe Cristiane Brasil de ter contato com o pai

  1. E o tal do Lupi, delatado como o recebedor de cem mil mensais de propina de esquema de Sérgio Cabral !
    Eita, bichinho cabra-da-peste !

  2. Juiz Sérgio Moro dá cavalo de pau na Lava Jato para proteger delatores recorrendo à legislação dos Estados Unidos, Moro proibiu o uso de provas obtidas pela Lava Jato por outros órgãos de controle, como CGU, AGU, TCU, Cade receita federal e banco central.

    Agora, com a blindagem garantida, empreiteiras que fecharam acordos com a Lava Jato, não poderão ser importunadas por outros órgãos na área cível.

    Delatores e donos de empreiteiras podem agora dormir mais tranquilos. O serviço já foi feito e a missão, cumprida.

    https://goo.gl/tsd5pQ

    Com a popularidade em queda e com mais decisões como essa o juiz Sérgio Mouro logo logo será acusado de vilão pelos seus admiradores.

    • Alex
      Contenha a excitação.
      Veja a nota do editor:

      NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – A excitação a enorme, porque há jornalistas denunciando o juiz Moro como se ele tivesse cometido um crime. E ainda chamam isso de jornalismo. Na verdade, os acordos de delação têm contraindicações no modelo adotado na Matriz, os EUA, que os brasileiros daqui na Filial copiaram. Por isso, o Ministério Público pediu que Moro colocasse ordem na bagunça. (C.N.)

      • Ler matérias aos pedaços, pela metade ou ser, simplesmente, corrupto (não é apenas quem rouba, mas quem mente, descumpre leis, etc) parece ser o sonho de alguns.

        Quem combate a justiça ou quem a faz cumprir está ao lado de quem???

        Fallavena

  3. Não quero aqui defender bandido, ou bandida, mas essa decisão jurídica da filha não poder falar com o pai me parece estrambólica.

    • César
      A “menina” é mais do que idiota: é pau mandado. E é mandada por que? É menina de recado, de carregar mala e outras coisinhas.
      É claro que falará com o papai.
      Devem começar a escolher que roupas usarão em Curitiba.
      Quanto ao RJ, vai começar a arrumar outro câncer.
      Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *