Declaração de voto de FHC reforça a candidatura de Lula ainda no início da campanha

FHC disse que sempre admirou a capacidade de Lula de perceber os fatos

Pedro do Coutto

Numa entrevista a Pedro Bial, noite de quinta-feira na TV Globo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que votará em Lula da Silva em um possível confronto com Jair Bolsonaro nas urnas de 2022 porque o petista é um democrata, frisou, e que respeita as instituições republicanas. A entrevista foi objeto de reportagem da Folha de São Paulo na edição desta sexta-feira e, sem dúvida, representa um reforço à legenda do PT na próxima sucessão presidencial.

Afinal de contas, penso eu, o PSDB só tinha uma alternativa, a candidatura de João Doria, porém esta se evaporou com a polarização que está se projetando no panorama político do país. O senador Tasso Jereissati, cujo nome chegou a ser levantado, não tem possibilidade, sobretudo porque Doria deve disputar a reeleição em São Paulo, o que implica num posicionamento  na sucessão presidencial. João Doria, não podendo votar em Bolsonaro em decorrência dos fatos, só pode formar ao lado das correntes do PT e da oposição.

ELOGIOS – O ex-presidente Lula se reuniu com Fernando Henrique Cardoso, disse que gostou da entrevista e que sempre manteve uma disputa civilizada com o tucano para quem perdeu as eleições em 1994 e 1998. “Gostei da entrevista do FHC. Sempre tivemos uma disputa civilizada. Ele me conhece bem, conhece o Bolsonaro. Fico feliz que ele tenha dito que votaria em mim e eu faria o mesmo se fosse o contrário. Ele sempre foi um intelectual e sabe que não dá pra inventar uma candidatura”, afirmou Lula.

FHC, por sua vez, acrescentou que sempre admirou a capacidade de Lula de perceber os fatos e a rapidez com que os percebe. É o caso, digo eu, da diferença entre explicar e distinguir. Pode-se não saber explicar uma coisa, mas isso não implica em que a pessoa não saiba distinguir. Distinguir é tão fundamental quanto explicar em matéria política.

BOLSONARO DEFENDE SALLESReportagem de André Borges, o Estado de São Paulo, revela que o presidente Jair Bolsonaro partiu em defesa do antiministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, fortemente acusado de participar de um esquema de corrupção envolvendo a exportação ilegal de madeira. Recentemente, o ex-superintendente da Polícia Federal do Amazonas Alexandre Saraiva registrou a apreensão de 200 mil metros cúbicos de madeiras, cuja exportação era ilegal.

O que aconteceu? O Diretor Geral da PF, Paulo Maiurino, exonerou Saraiva do cargo. A exportação ilegal de madeiras já foi objeto até de uma decisão do FBI, na chamada Operação Savannah, que concluiu pela falta de atestado que legalizasse a aquisição por qualquer empresa americana.

Mas apesar de tudo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que Ricardo Salles enfrenta dificuldades com setores aparelhados do Ministério Público que classificou como “xiitas ambientais”. Entretanto, apesar da defesa por parte do presidente, já surgiram nomes para substituí-lo. Um deles, o do advogado Antônio Claret Júnior , atual diretor geral da Agência Reguladora de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário de Minas Gerais. Também deve ser considerado o episódio no qual o vice-presidente Hamilton Mourão, poucos meses atrás, criticou a atuação de Ricardo Salles no que se refere ao desmatamento e queimadas nas florestas brasileiras.

ARRECADAÇÃO FEDERALO repórter Thiago Resende assina matéria, também na Folha, revelando que a arrecadação federal subiu 5% em 2020 em relação à registrada em 2019. Na minha opinião, não houve crescimento pois a receita apenas corrige a inflação dos 12 meses anteriores. Além disso, é necessário considerar o aumento da população, pois o índice demográfico, esquecido pelos técnicos, é igualmente fundamental.

A população brasileira cresce à velocidade de 1% ao ano, já descontada a taxa de mortalidade de 0,7%. Assim, todos os anos as faixas etárias têm que ser acrescidas de dois milhões de pessoas. São as que chegam à idade de trabalhar e não encontram empregos, não estão desempregadas simplesmente porque nao trabalhavam, mas o não-emprego é tão negativo para o desenvolvimento econômico do que o desemprego em si.

O índice demográfico é tão importante que ele serve para o cálculo da renda per capita, uma vez que esse é o resultado da divisão do Produto Interno Bruto pela população. Mas deve-se considerar que a renda per capita pode até evoluir, o que não traduz obrigatoriamente qualquer mudança no sistema de distribuição de renda, o qual aponta prejuízo contínuo da renda do trabalho.

FOME NO PAÍS – Uma pesquisa do Datafolha, reportagem de Thiago Amâncio, na Folha de São Paulo de ontem, revela que 25% da população brasileira encontra-se em situação de fome exatamente por falta de recursos para se alimentar de maneira pelo menos suficiente. Esse número é um escândalo e a fome deve envergonhar as omissões dos governos que se sucederam no tempo, inclusive o atual, uma vez que a política econômica do ministro Paulo Guedes não considera esse fator dramático da realidade do país.

O problema da fome é tão sensível que a maior parcela da população brasileira confirma a existência da carência extrema que desaba sobre ela. O fato marcante é que, em 2020, entre os que receberam o auxílio emergencial, 18% estavam angustiados pela falta de alimentos. Como se constata, o auxílio de emergência não funcionou até agora para reduzir um panorama de miséria nacional.

INSUMOSNatália Cancian, também na Folha, em matéria publicada ontem, assinala que o embaixador da China no país Yan Wanning anunciou na quinta-feira finalmente a liberação de novos lotes de insumo para a produção de vacinas contra a Covid-19 tanto pelo Instituto Butantan quanto pela FioCruz. O embaixador colocou a informação nas redes sociais e disse que a quantidade anotada equivale à uma produção de 16,6 milhões de doses tanto da Coronavac, quanto das Astrazeneca.

O embaixador também anunciou a medida em uma reunião do Fórum de Governadores do país. A chegada deve ocorrer, disse o embaixador, nos próximos dias, acrescentando que a China é fraterna com o povo brasileiro e está comprometida com a parceria para vacinação contra o coronavírus.

O governador do Piauí, Wellington Dias, que coordena a temática da vacinação no fórum, disse que os insumos devem chegar a partir de hoje em dois lotes. Primeiro de três mil litros para o Butantan. Em seguida, a mesma parcela para a FioCruz. Participaram do encontro os governadores João Doria, Flávio Dino e Waldez Góes, esse último do Amapá. Mas nos meses de maio e junho o Butantan deveria receber 10 mil litros e não existe ainda data para o restante. O ministro Marcelo Queiroga deve se pronunciar a respeito do assunto, afinal ele é o ministro da Saúde.

9 thoughts on “Declaração de voto de FHC reforça a candidatura de Lula ainda no início da campanha

  1. Sinceramente! Não tenho tanta ojeriza a Lula o quanto sinto por Bolsonaro. Mas, aqui no meu tarot, não vislumbro Luiz Inácio da Silva eleito ou tampouco candidato.

  2. Esse marsupial deveria imitar as cicadas, que só aparecem de 17 em 17 anos, reproduzem-se e suas larvas voltam ao sub-solo. No caso do bebum, melhor seria não se reproduzir.

  3. Está engraçado, bozonaristas arrependidos perdidos.
    Não apresentam um nome, não tem coragem de embarcar na canoa do palhaço e só sabem ficar mugindo…. o Lula isso o Lula aquilo
    Já tá ficando chato.
    Apresentem um nome, uma candidatura, projeto…..”qualquer coisa que se sinta”.

    Cássia Eller
    Socorro
    de Arnaldo Antunes

    Socorro, alguma rua que me dê sentido
    Em qualquer cruzamento
    Acostamento, encruzilhada
    Socorro, eu já não sinto nada

    https://www.youtube.com/watch?v=RqTmF39qvpc

    • Minha terceira via! A inconcussa e afrodisíaca, Simone Tebet – foi um sonho efêmero, que nem me deu oportunidade de sofrer – sob a sua metamorfose de pesadelo!

  4. Declaração de voto de FHC reforça a candidatura de Lula ainda no início da campanha

    AINDA BEM QUE O HOUVE ESTA DECLARAÇÃO ISTO SIGNIFICA QUE O BOLSONARIO SERÁ ELEITO NO 1º TURNO DE BALAIADA.

  5. O encontro de Lula com FHC foi um encontro do nada e do coisa nenhuma, em termos de projeto novo e alternativo de política e de nação, convenhamos. Prefiro me encontrar com gente que realmente está afim de se reinventar e reinventar o mundo de modo a torná-lo melhor para todos e todas. REINVENTAR-SE, OU REINVENTAR-SE, é o que resta ao Brasil, ante o avanço da concorrência mundial. E não será com a lábia dos campeões do blá-blá-blá, do gogó e do trololó dos picaretas de sempre que nos endividaram para o resto da vida, nossas vidas e dos nossos descendentes, nos fizeram eterna massa falida, nos afundaram, nos arrasaram e nos atrasaram que o Brasil conseguirá se reinventar. Bolsonaro forjado e viciado na velha política, à moda político carreirista, oportunista, em 2018, farejou a coisa certa na hora certa, fingiu-se nova política, saiu sozinho, apenas insinuando-se antissistema, à moda charlatão, e ainda que sem moral e sem a bala de prata na agulha, só no gogó, conseguiu derrotar o sistema podre inteiro, no voto, mostrando que isso é possível. LOGO, o antissistema original , a Terceira Via de Verdade, com projeto próprio, novo e alternativo de política e de nação, com a bala de prata na agulha, que mostra o novo caminho para o novo Brasil de verdade, o Novo de Verdade, tem mais chances do que o falso novo, obviamente. E É AÍ QUE RESIDE O PULO DO GATO ORIGINAL, DA JUBA PRATEADA, QUE VAI CAÇAR OS RATOS CAMALEÔNICOS DO SISTEMA PODRE, em que pese o cancelamento da mídia bandida, rabo preso, mais mercenária, mais reacionária e mais nazifascista do que o próprio sistema podre que a alimenta para funcionar à moda miliciana, leoa de chácara, protetora do dito-cujo podrão e seus operadores, que perfazem a turma do mais dos me$mo$, protagonistas e degustadores da engenhoca vencida, que transpira decadência terminal por todos os seus poros. E O LEÃO ANTISSISTEMA ESTÁ PRONTO, e com sangue nos olhos, cheio de apetite e vontade de devorar as raposas felpudas do sistema apodrecido, Lula, Bolsonaro e CIA da mesmice, no primeiro turno, com projeto próprio, novo e alternativo de política e de nação. Falta apenas um partido que ouse se desgarrar da ditadura partidária e servir de hospedeiro do Novo de Verdade, da Nova Política de Verdade, ante a proibição ditatorial de candidaturas avulsas face ao monopólio partidário avesso à democracia norte-americana que incentiva candidaturas avulsas, que, aliás, finalmente, poderá ser quebrado pelo STF em prol da abertura democrática e da libertação da política nacional aprisionada pela ditadura partidária que levou o país à falência total. http://www.tribunadainternet.com.br/mundo-gira-sem-controle-e-precisa-se-acalmar-antes-que-a-normalidade-desapareca-de-vez/?fbclid=IwAR3av9pJLMMOum5DOxG0wO6dDk1prw9QGpVmBuNg9yAx-gxFAjerFHZOghM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *