Defesa de ex-presidente Dilma muda estratgia no TSE para incriminar Temer

Resultado de imagem para dilma e temer charges

Charge do Kacio (kacio.art.br)

Deu no Correio Braziliense
(Agncia Estado)

A defesa da presidente cassada Dilma Rousseff mudou de estratgia e tenta agora preservar os direitos polticos da petista “arrastando” o presidente Michel Temer para o seu lado como boia de salvao. Convencidos de que h no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma tendncia para tornar Dilma inelegvel e retirar o que ela conquistou quando o impeachment foi aprovado no Senado, seus advogados fazem de tudo para Temer no se separar do PT no processo que pede a cassao da chapa reeleita em 2014.

Diante da Justia, o divrcio do PMDB est longe de ser consensual no papel. Em conversas reservadas, interlocutores da ex-presidente afirmam que, enquanto Temer estiver “grudado” nela, fica mais difcil para o TSE julgar procedente a ao – impetrada pelo PSDB em 2014 – porque, nesse caso, o peemedebista perderia o mandato. Se houver um veredicto pela cassao no ano que vem, nova eleio ter de ser realizada de forma indireta, pelo Congresso, hiptese que pode provocar instabilidade poltica.

MORREM JUNTOS – Nos bastidores, petistas argumentam que “ou os dois morrem juntos ou os dois se salvam juntos”. Ao sofrer impeachment, em agosto, Dilma manteve os direitos polticos. Pode concorrer a cargos pblicos e disputar eleies, mas tudo isso corre risco caso haja impugnao da chapa.

Temer pede a separao do julgamento de suas contas sob a alegao de que, poca, era candidato a vice e no pode ser responsabilizado por eventuais ilcitos cometidos pelo comit do PT. Para provar que a chapa indissolvel, o advogado Flvio Caetano, defensor de Dilma, juntou ao processo cpia de um cheque de R$ 1 milho e documentos indicando que a doao campanha, feita pela empreiteira Andrade Gutierrez, entrou pela conta de Temer, ento presidente do PMDB.

DELAO FALSA – “Ns fomos surpreendidos por uma mentira quando Otvio Azevedo (ex-presidente da Andrade Gutierrez e delator da Lava Jato) disse, em depoimento ao TSE, que havia uma transferncia de R$ 1 milho do Diretrio Nacional do PT para a campanha de Dilma”, afirmou Caetano. “A doao ocorreu por meio do Diretrio do PMDB e o depoente j havia assegurado que a contribuio para esse partido tinha sido absolutamente voluntria e regular.”

O advogado negou que tenha mudado de estratgia. “Sempre trabalhamos pela improcedncia da ao e destacamos que a chapa nica. No h possibilidade de separao.”

Gustavo Guedes, advogado de Temer, tambm observou “contradies” no depoimento de Otvio Azevedo. “No h nenhuma prova nos autos sobre a utilizao de dinheiro ilcito na campanha de 2014. O nico depoimento que apontaria alguma possvel ilicitude se mostrou, no mnimo, frgil”, argumentou Guedes.

TEMER NOS COMCIOS – A nova ttica da defesa de Dilma para “arrastar” Temer ficou ainda mais evidente na quarta-feira. No depoimento de Giles Azevedo, ex-chefe de gabinete da petista, Caetano o questionou sobre a participao de Temer em comcios ao lado da ento presidente. O assessor tambm foi perguntado sobre reunies com o candidato a vice e visitas feitas por ele ao comit.

As respostas de Giles reforaram a vinculao de Temer com a campanha. “Todo mundo quer se salvar. O que eles no querem que ns nos salvemos e eles, no”, resumiu um interlocutor do presidente. Um ex-ministro de Dilma confirmou este diagnstico: “No vamos deixar Temer posar de santo”.

RELATOR FAZ MISTRIO – A posio do relator do processo, Herman Benjamin, preocupa tanto o Palcio do Planalto como o PT. Respeitado na Corte, Benjamin d sinais de que pode causar problemas para Temer, embora tenha ambies de se tornar ministro do Supremo Tribunal Federal, se houver vaga em 2017, com a provvel aposentadoria de Celso de Mello. A indicao ao STF feita pelo presidente.

“Ningum sabe como vai ser meu voto”, disse Benjamin, ao ser questionado pelo Estado. “Ser um julgamento tcnico. No tem componente poltico.

15 thoughts on “Defesa de ex-presidente Dilma muda estratgia no TSE para incriminar Temer

      • Caro virgilio … tenho acompanhado a investigao do TSE – tem sido de arrepiar, n???

        Acontece que foram REALMENTE campanhas separadas … quantas vezes apareceram juntos em comcios … entrevistas … … … e a prova final – cad o Programa Comum PT-PMDB??? ??? ??? aprovado em Conveno Nacional do PT e do PMDB – sem este Programa Comum – foi cada um por si … ou seja: interessava ao PT somente o tempo eleitoral do PMDB … e ao PMDB interessava ajudar o PT … at que se foi comprovando uma tal de Hegemonia – porm, o PMDB deu vrios sinais, lembra??? abr.

        • Amigo no bem por ai, antes de 64 as eleies para presidente e vice eram separadas, atualmente uma chapa que concorre onde o vice vem ” embutido “.
          Agora mesmo nas eleies para prefeitos qual o vice que apareceu na TV ou fez um programa separado .

  1. O Fantstico traz uma nova denncia de fraude no Enem. Segundo a Polcia Federal, antes do exame de sbado passado, bandidos j estavam com todas as respostas de uma das provas. A queixa de Sofia Azevedo Macedo, presa em flagrante pela PF, no domingo passado (6), quando ia fazer o segundo dia do Enem em Belo Horizonte. Voc viu o esquema da fraude no Fantstico. A quadrilha de Montes Claros, interior de Minas, recrutava estudantes e professores para fazer as provas e repassar as respostas por telefone. S fera, mas o esquema no deu certo para Sofia.

    REVEJA: QUADRILHA PRESA EM FLAGRANTE FRAUDANDO O ENEM

    Agora, a denncia muito mais grave. O reprter Eduardo Faustini teve acesso investigao da PF. O delegado Marcelo Freitas ainda no concluiu o inqurito, mas acredita ter indcios de que a quadrilha conseguiu com antecedncia o gabarito da prova azul de cincias da natureza. a prova mais importante para quem quer cursar medicina. Veja na reportagem.

  2. A batata do p grande vai assar !

    Rio – No grupo de Whatsapp da Assembleia Legislativa, deputados estaduais demonstraram preocupao com ameaas fsicas vindas de servidores pblicos da rea da segurana. Um dos parlamentares citou um major da Polcia Militar que fala em Queda da Bastilha.

    Na prxima quarta-feira, a Casa comea a discutir as 21 propostas de ajuste fiscal enviadas pelo Palcio Guanabara. Assim como quando houve invaso, na ltima tera-feira, para esta semana tambm esto previstos protestos de policiais civis, militares e de bombeiros em frente Alerj.

  3. A ESTUPIDEZ E A BURRICE IMPERAM.. “Um sapo cururu” sabe que vice preenche a chapa. Vice no cargo e s se efetiva com a posse do titular. claro, lgico, insofismvel, intuitivo que Temer foi eleito compondo a chapa presidencial de Dilma. A eleio no foi separada. “ uma estupidez cavalar dizer que a defesa de Dilma quer incriminar Temer”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.