Delirante, Bolsonaro confia que o procurador e os militares vão mantê-lo no poder

Análise | O que Bolsonaro ganha e perde na briga com governadores ...

Situação de Bolsonaro está cada vez mais complicada

Carlos Newton

Com pouquíssima cultura e capacidade intelectual, se tivesse prosseguido sua carreira no Exército, Jair Bolsonaro jamais chegaria a general. Seu raciocínio é sempre primário e sem profundidade, incapaz de desenvolver um planejamento a longo prazo. Essas características pessoais, é claro, atrapalham sua gestão, mas o pior, mesmo, é o bloqueio que o impede de ouvir sugestões e conselhos.

Se tivesse ouvido ministros como Santos Cruz, Gustavo Bebianno, Heleno Nunes, Santa Rosa, Eduardo Ramos e Braga Netto, é evidente que os resultados do governo seriam bem melhores e o presidente não estaria hoje nessa situação de ruptura, equilibrando-se para se manter no cargo.

TUDO AO CONTRÁRIO – O fato concreto é que Bolsonaro exibe um comportamento que indica estar perto da idiotia, porque faz tudo ao contrário e não sabe aproveitar as oportunidades abertas pelo destino, como a pandemia de coronavírus.

Como se sabe, o ministro da Economia, Paulo Guedes, está indo mal. Seu antecessor, Henrique Meirelles, tirou o país de uma recessão brutal (PIB negativo de 3,6% em 2015 e 3,3% em 2016), equilibrando a economia em 2017 e 2018, com crescimento de 1,3%.

Com todo o entusiasmo da eleição de Bolsonaro, o PIB mal chegou a pegou a 1,1,%, após uma maquiagem estatística.

CHEGA A PANDEMIA – A chegada da pandemia foi uma espécie de habeas corpus econômico para o governo, porque causou uma recessão mundial. Assim, Bolsonaro e Guedes jamais poderiam se acusados pela derrocada econômica, e as mortes decorrente seriam debitadas nas contas dos prefeitos e governadores, garantindo a reeleição do presidente.

Mas Bolsonaro fez o contrário, assumiu a responsabilidade pelo combate à pandemias, entrou em choque com os prefeitos e governadores, os prejuízos serão debitados em sua conta política.

O resultado é seu progressivo enfraquecimento político, com 32 pedidos de impeachments na Câmara, sete pedidos de abertura CPIs e dois inquéritos pesadíssimos no Supremo (caso Moro e fake news), além do recém-aberto contra seu filho Eduardo.

###
P.S. –
Para escapar do impeachment, Bolsonaro oferece publicamente ao procurador-geral Augusto Aras uma vaga no Supremo. Ao mesmo tempo, mostra contar com uma intervenção das Forças Armadas a seu favor. Em seu delírio de grandeza, julga (?) que os militares se considerarão engrandecidos ao defendê-lo, sem perceber que eles não veem a hora de dar posse ao vice-presidente eleito, que é um homem sério e capaz de conduzir o país por um caminho seguro. E nem vamos falar nessa criação do grupo Ku Klux Klan à brasileira. Realmente, é demais. (C.N.)

28 thoughts on “Delirante, Bolsonaro confia que o procurador e os militares vão mantê-lo no poder

  1. Não é de hoje que baixou o espírito da Mãe Dinah no CN … o negocio tá piorando … passou a dar uma de advinho de pensamento de general … por enquanto, só os do alto comando.

  2. boçalnato conseguiu ganhar o prêmio de O PIOR PRESIDENTE DO MUNDO !!! Assessorado por seus filhos imbecís e desprovido da capacidade de qualquer raciocínio lógico, ele acha que vai dar uma de Jânio Quadros e se tornar ditador. Vâ esperança. Vai se borrar, assim como o outro.

  3. Acho que o alemão tomou conta do CN. Escreve sandices cada vez maiores. Como falei ontem, cria uma narrativa fictícia em sua mente doente, e pior acredita que são verdadeiras. Coitado, já estava em descredito como jornalista, pois não acerta uma faz tempo. Aos familiares que o cercam, procurem um médico, ele não está bem. Melhoras CN.

  4. Sai a militância de Lula, entra a militância de Bolsonaro, e nada muda com relação às malditas ideologias que abraçam a direita e a esquerda.

    O objetivo dos defensores, fanáticos e radicais bolsonarianos é atacar a TI, e quem tem um pensamento próprio de discordar do comportamento inaceitável por parte do presidente eleito, e criticá-lo pelas suas omissões, falhas e erros clamorosos, que o tem caracterizado ao longo do período desde à sua posse aos dias de hoje, um ano e meio de (des) governo.

    Carlos Newton e Copelli são os alvos prediletos desse pessoal.
    A “ordem” é para somente tecer comentários e artigos favoráveis a Bolsonaro. Qualquer outro texto que não siga as determinações da claque bolsonarista, o pau pega, e de maneiras as mais variadas e exóticas:
    O Mediador está doente;
    O comunismo lhe subiu à cabeça;
    Quer derrubar Bolsonaro;
    Nada vê de bom no governo;
    Intolerância absoluta com o presidente;
    Faz parte das forças do mal (?!);
    Implicância …
    Nada do que se comenta ou é postado que tenha alguma palavra contestando o governo passa despercebido pela patrulha ideológica, sempre atenta ao pequeno “deslize” de quem ousar discordar de Bolsonaro, o infalível!

    Ontem, após eu comentar sobre um texto dos mais ridículos que li ultimamente, o seu autor/robô perdeu as estribeiras comigo, como invariavelmente esses paus mandados têm feito na TI, ofendendo, insultando, agredindo, e fazendo o mesmo até com a família do contestador, recurso comumente usado pela falta de argumentos ou explicações ou justificativas quanto à péssima administração federal nesse momento (agradeço ao Mediador as providências de praxe).

    Pois inicio ler a TI nesta segunda-feira, 01 de junho de 2020, e já me defronto com as baterias dos bolsonaristas vomitando suas rajadas de frases agressivas contra o Editor, e quem concordar com a posição do blog.

    Curiosamente, inexiste o contraditório, apenas o acusatório, então ridículo, sem qualquer conteúdo que se aproveite, sem palavra alguma que possa ser útil, simplesmente ataques e aleivosias.
    A meu juízo, funções que foram determinadas:
    – Frequentem aquele blog, e não permitam artigos e comentários que não sejam aplaudindo e favorecendo Bolsonaro!

    Outra particularidade:
    Com raras exceções, a maioria usa o anonimato para postar as suas idiotices e imbecilidades várias vezes ao dia.

    Conclusão:
    Se até para defender Bolsonaro precisam ser covardes porque anônimos na sua maioria absoluta, sinal que os apoios postados são mesmo ordens a ser cumpridas, uma equipe de robôs patrulhando um dos últimos blogs existentes, que se pode chamar de independente, democrático e livre!

    • Mas, quando eu argumento, você xinga e pede minha censura em vez de contra argumentar; peça para ele censurar todo mundo que não respeite o seu critério. Socialismo não combina e não SOBREVIVE a liberdade de opinião e expressão.

      • Bendl, boa tarde! Vc expressa tudo que penso…confesso que nao entro em debates com estas pessoas que só agridem porque acho um desperdício…provavelmente elas tem problemas como todos nós temos e buscamos o equilíbrio.
        Pena que nao procuram fazer autocrítica e buscarem evoluir…emocionalmente e moralmente…daí ficam no mundo das agressões…se sentem melhor quando rebaixam o outro para se sentirem superior….grande ilusão! Apenas se torturam mais.
        Nós definimos a maneira como queremos ser reconhecido pelos outros.
        E nao é fácil assumirmos nossa mediocridade…dói! Mas garanto que quando conseguimos fazer isto, é uma libertaçao…e principalmente porque reconhecemos que somos humanos , demasiadamente humanos! Entao, a luz a compreensão sao sempre de quem tem mais para quem tem menos, pois eles ainda nao alcaçaram a luz! Só nos resta termos respeito, amor, tolerancia e ternura! Sao doentes, doentes da alma….ainda sentem prazer com o mal.
        Mas um dia conseguirão!
        Abraços
        Suely

        • Minha querida Suely,

          Tenho sido um dos mais entusiastas à participação feminina na TI.
          A presença da mulher em um espaço onde perdura o homem, é decisiva para o equilíbrio, postura, educação e respeito entre nós pois, a mulher se fazendo presente, temos de considerar, no mínimo, a formalidade.

          Fico extremamente feliz com o teu comentário.
          Vou mais além:
          Ele traz consigo o impulso, o incentivo, o empurrão necessário para seguirmos em frente, haja vista o apoio da mulher, ainda mais a tua solidariedade, advinda de uma pessoa inteligente, sensível, culta, dotada de conhecimentos imprescindíveis à análise do que é a espécie humana!

          E, somente a mulher, tem essas condições e propriedades superiores, de identificar nossos problemas, falhas, omissões, o quanto devemos ainda crescer espiritualmente, e unir os desunidos, compreender os incompreendidos, tolerar os intolerantes, e aceitar os excluídos!

          Não foi por nada, belíssima Suely, que a mulher foi “apenas” a mãe de Deus.
          Somos obrigados a reverenciá-la, admirá-la, obedecê-la.

          Dito isso, tu abrilhantas esse espaço democrático, mantido graças aos esforços de um homem idealista, cidadão, que nos coloca à disposição um blog incomparável e, mesmo assim, não obtém o devido reconhecimento como deveria, e falo de Carlos Newton, seus articulistas e nós, seus comentaristas.

          Mas, elevo, enalteço, a mulher na TI.
          E como ela tem feito falta, e como dela necessitamos!

          Portanto, o meu agradecimento pelo teu texto a mim dirigido.
          Sinto-me honrado, lisonjeado, e sei que preciso dar a devida importância ao que escreveste, confirmar o que postaste, considerar profundamente as tuas expectativas.

          Um forte e caloroso abraço.
          Um beijo muito respeitoso nesta tua face meiga e bela, rosto de mulher, de um ser humano que, se a humanidade ainda existe neste planeta, é graças ao que vocês têm feito pelos filhos e maridos, parentes e amigos, e pelos exemplos diários e de amor e carinho por todos nós!

          Obrigado, caríssima Suely Matos, que representa o gênero feminina com tanta dignidade, caráter e personalidade, qualidades que são inatas apenas nas mulheres, enquanto o homem ainda está em busca tanto de si mesmo, quanto de encontrar as qualidades que vocês já as possuem desde que nascem!

          Saúde e paz.
          Te cuida, menina!

    • Que bom Blend, não preciso escrever, você disse tudo. Estes acólitos do JB podiam muito bem acampar frente ao Alvorada adorando seu totem e não perturbando quem tem alguma coisa séria a dizer.

      • Prezado F.Moreno,

        A função dos robôs neste blog é justamente impedir que comentemos com seriedade a atual situação brasileira.

        Criticar Bolsonaro, nem pensar, a casa cai em cima de nossas cabeças!

        Foi assim com a militância de Lula, e tem sido a mesma coisa com a militância de Bolsonaro.
        Esquerda e direita se identificam e se aproximam dessa forma:
        ou fazemos o que querem ou não prestamos;
        ou escrevemos o que desejam ou impedem que postemos nossos pensamentos.

        Ah, e como arrotam a palavra democracia, na condição que ostentam de cínicos e hipócritas, chancelados tais desvios de caráter com o anonimato, salvo raras exceções que tenho me referido.

        Abraço.
        Te cuida, meu!

      • Não, você não “Tá bem”; se não, não precisava de tratamento especial.

        E; é mentira sua; O editor NUNCA mandaria você tratar “quem quer que fosse”, de algum jeito que daria vergonha. É mentira de novo, não incluía terceiros na sua má educação.

        “””Quanto à maneira que ele me disse que eu devo te tratar, até eu tenho vergonha de publicar!”””

    • Minha querida Suely,

      Obrigado pelo conselho.

      Mas não sou este sábio que gentilmente me classificas, pelo contrário, um semianalfabeto e truculento quando necessário.

      Dito isso, na minha ótica obtusa e de devolver os insultos e agressões e, como podes verificar, totalmente gratuitos e desnecessários, cheguei à conclusão que devo dar meus pontapés também, imaginando eu sempre que, quem cala consente!

      Depois, Suely, minha cara comentarista, o piadinha me fez de alvo de suas perseguições, agindo como um cão raivoso, então se torna difícil para eu deixar passar em branco.

      Mas, diante de uma solicitação feminina, simpática, uma mulher inteligente, sensível, culta, prometo que vou te atender!

      O piadinha pode me provocar à vontade, que eu passarei a ignorá-lo solenemente.

      Um forte abraço.
      Saúde e paz, menina.
      Te cuida!

  5. Prezado sr. Francisco Bendi :
    Sou apenas um leitor deste Blog que em outras épocas nos dava o prazaer de ler.
    Onde estão aqueles comentaristas que abrilhantavam este LIVRE espaço em que opiniões contraditórias eram debatidas com elegância e respeito ?
    Ao que me parece o senhor é um dos remanescentes.
    Devo confessar que não concordo com muitas das suas opiniões mas, me recuso a debetê-las por entender qje não vamos chegar a lugar algum.
    O debate político tal qual o do futebol é apaixonante e, por definição, paixão é algo incontrolável.
    Em razão disso, apelo ao senhor que, com a ua sua experiência, cultura e serenidade possa relevar opiniões contrárias as suas afim de que um clima de entendimento possa existir aqui.
    Eu que torço pelo sucesso do nosso presidente, sou diariamente agredido pelos editores. Ignoro.
    O sr. Carlos Newton perdeu a ” elegância ” que aparentava ter e, de algum tempo passou a usar para o presidente alguns adjetivos deixando aparecer a baixaria que estava contida.
    Por que acompanhar uma edição se o editor prima para manter um nível de qualidade parcial e baixíssimo ?
    Num grupo que participo a opinião é geral: O senhor Carlos Newton deixou cair a máscara.
    Seu auxiliar, o senhor Copeelli já disse para o que veio.
    Acorda, toma um cálice de veneno e vai trabalhar.
    Seus comentários nos dão a verdadeira idéia de sua indignação com o povo. Lamentável …
    Veja bem senhor Bendi, a opinião dos editores sempre é apoiada nos artigos que o Blog publica. Quem escolhe os artigos ?
    Acompanho as escolhas desses artigos que são publicados e veja, hoje tivemos o seu artigo, o do sr. Pedro do Couto, do sr. Isac Mariano a excelente participação do sr. Paulo Perez além da charge.
    Os demais artigos foram G1/TV Globo, 2 de O Globo, 3 da Folha de São Paulo e 6 do Estadão.
    Precisa dizer mais alguma coisa ?
    Senhor Bendi, com humildade entendo que o Blog já demonstrou sua tendência. Não há como esconder.
    Renovo meu apelo ao senhor para que, com sua autoridade por todos nós reconhecida, consiga que todos nós ( leitores, editores, comentaristas ) passemos a evitar atritos e provocações entendendo que, como diz o velho ditado ” cada cabeça uma sentença”
    Meus respeitos e um forte abraço ( virtual )
    Euclides

  6. Como velho economista e professor de planejamento estratégico e econômico, tenho a certeza que a mancada inaugural (que virou perpétua) de Bolsonaro foi não ter convidado Henrique Meirelles para ministro da Fazenda e Ilan Goldfajn, para ocupar a presidência do Banco Central (BC).

    Time que está ganhando não se altera.

  7. Prezado Euclides,

    Li o teu comentário acima com uma certa surpresa, confesso.

    Em princípio, pelo fato que me colocas em uma posição que não tenho, muito menos a autoridade “reconhecida por todos”, para poder atender a tua solicitação surpreendente.

    Começas “confessando que não concordo com muitas das suas opiniões”, então concluis:
    “, me recuso a debetê-las por entender qje não vamos chegar a lugar algum.”

    Caso eu fosse indelicado, de pleno eu deixaria este texto de lado, pois não haveria razão nenhuma para eu respondê-lo, haja vista que tu te recusas a debater com quem discorda do que pensas!

    Mas, achei curiosa a tua observação, que contrapõe o que afirmaste:
    “O debate político tal qual o do futebol é apaixonante e, por definição, paixão é algo incontrolável.”

    Bom, se o debate (?!) político é mesmo apaixonante como o futebol na tua ótica, mas te negas a fazê-lo comigo, das duas uma:
    Ou eu e tu não sabemos jogar futebol ou muito menos conhecemos política pois, se esta é apaixonante, e tu não queres discuti-la, me pergunto que paixão seria esta ou que jogo de futebol tu estarias te referindo??!!

    Em seguida, me fazes uma solicitação, e isso que não debatemos política porque te negas a fazê-lo, mas tudo bem:
    ” Em razão disso, apelo ao senhor que, com a ua sua experiência, cultura e serenidade possa relevar opiniões contrárias as suas afim de que um clima de entendimento possa existir aqui.”

    Ao ler a frase acima, a minha mente teve um nó, Euclides, francamente.
    Deixando de lado que foste muito gentil em me atribuíres qualidades que não as tenho, mesmo assim, muito obrigado, queres que eu releve opiniões contrárias às minhas, de modo que haja um “clima de entendimento” na TI??!!
    EU RELEVAR??!!
    Eu ter de ler e aceitar sem qualquer contestação comentários os mais desairosos ou fanáticos ou radicais em favor de Bolsonaro, se eu os repudio porque irreais e advindos de um mau governo, no meu entendimento, de modo que o clima não seja adverso no blog?!

    Che, pensei comigo mesmo:
    O Euclides tá me tirando!
    O cara tá de gozação para o meu lado.

    Mas, percebi, que mesmo havendo uma certa ironia no teu pedido, o motivo até que era procedente:
    “Eu que torço pelo sucesso do nosso presidente, sou diariamente agredido pelos editores. Ignoro.”

    Sem eu ter a procuração dos Editores para defendê-los, até porque são muito mais hábeis e competentes, muito mais cultos e inteligentes do que este escrevinhador, afirmo taxativamente que a TI sempre torceu e torce por Bolsonaro!

    O presidente foi quem torceu as suas intenções para com o povo e país com o tempo!
    Bolsonaro foi quem torceu o seu objetivo de não ser mais o presidente que elegemos, que lutaria contra a corrupção, e hoje se encontra ao lado de dois dos maiores ladrões que o Brasil já registrou na sua história, Jefferson e Valdemar Neto, líderes do movimento partidário denominado Centrão, que tanto faz de onde vem o dinheiro desviado, se da esquerda ou da direita!

    Logo, também não me lembro porque jamais li, que Bolsonaro e Copelli te agridem diariamente.
    No mínimo, exageras.

    Alegas que Newton perdeu a “elegância” que aparentava ter e, de algum tempo passou a usar para o presidente alguns adjetivos deixando aparecer a baixaria que estava contida.”

    Tu deves ter esquecido da famosa e célebre reunião ministerial, onde o que mais se disse e se ouviu foram palavrões, ofensas, ataques e ameaças!
    Mesmo que existam na TI comentaristas que não gostam do Editor, assim como imaginas o Newton, acredito que muitos não se furtarão em afirmar sobre exatamente a elegância do Mediador, o seu alto nível de educação e respeito tanto pelos leitores da TI, quanto pelos seus comentaristas e articulistas.

    Repito:
    O Editor jamais usou de adjetivos pejorativos contra Bolsonaro ou o ofendeu através de palavrões ou expressões rasteiras, muito menos que estaria em estado latente, em banho-maria, despejar seus impropérios contra o presidente do Brasil, convenhamos, Euclides.

    Confessa, vai, pegaste um Ita no Norte e não chegaste ao teu destino, ainda.

    Mas, me chamaram à atenção, os teus lamentos contra o Editor:
    ” Por que acompanhar uma edição se o editor prima para manter um nível de qualidade parcial e baixíssimo ?
    Num grupo que participo a opinião é geral: O senhor Carlos Newton deixou cair a máscara.
    Seu auxiliar, o senhor Copeelli já disse para o que veio.
    Acorda, toma um cálice de veneno e vai trabalhar.
    Seus comentários nos dão a verdadeira idéia de sua indignação com o povo. Lamentável …”

    Volto a frisar:
    Discordo do que afirmas veementemente, e tenho dúvidas da tua sinceridade com o que postaste!
    Se a TI tem um nível de qualidade “parcial e baixíssimo”, o blog não te merece, Euclides.
    Deves abandoná-lo porque está prejudicando os teus conceitos sobre Bolsonaro e, até mesmo, a tua lealdade ao presidente.

    E, se tens um grupo que comunga do mesmo pensamento ou opinião, que Newton deixou cair a máscara (sic), que “máscara” é esta?
    A que todos nós devemos usar por culpa da pandemia?
    Ou não queres admitir que foi Bolsonaro quem mostrou o seu verdadeiro caráter, ao ressuscitar o Centrão e fazê-lo seu aliado político??!!

    E, escorregas feio que, se fosse filmado, iria para Vídeocacetadas do Faustão, ao te referires a Copelli:
    “Seu auxiliar, o senhor Copeelli já disse para o que veio.
    Acorda, toma um cálice de veneno e vai trabalhar.”

    “Toma um cálice de veneno … “
    Euclides, me lembrei da famosa peça de Shakespeare, Romeu e Julieta, quando Romeu sorve o veneno e … morre.
    O teu veneno revigora Copelli, anima-o, incentiva-o a seguir em frente!
    Não entendi, mas, vá lá …

    Enfim, por último me fazes um pedido estranho, mais confuso do que diferente:

    “Senhor Bendi, com humildade entendo que o Blog já demonstrou sua tendência. Não há como esconder.
    Renovo meu apelo ao senhor para que, com sua autoridade por todos nós reconhecida, consiga que todos nós ( leitores, editores, comentaristas ) passemos a evitar atritos e provocações entendendo que, como diz o velho ditado ” cada cabeça uma sentença”

    Olha só, prezado Euclides:
    Não tenho autoridade reconhecida por ninguém na TI, e até rejeito que digas isso para mim, mesmo como se fosse um elogio.
    Não é verdade, pois mal e mal sigo a mim mesmo.
    Muito menos haveria alguma forma de evitar “atritos e provocações” pois, conforme disseste, e também confirma a natureza humana, “cada cabeça uma sentença”.
    Como controlar a reação de cada pessoa se, às vezes, sequer nos controlamos e tiramos a vida de alguém??!!

    Se observaste bem, agi com respeito e educação contigo.
    Se eu fosse mais rígido nos meus julgamentos ou opiniões, eu teria desconsiderado este teu comentário, e por razões até simples:

    “Devo confessar que não concordo com muitas das suas opiniões mas, me recuso a debetê-las por entender qje não vamos chegar a lugar algum.”
    Uma considerável contradição.

    “Em razão disso, apelo ao senhor que, com a ua sua experiência, cultura e serenidade possa relevar opiniões contrárias as suas afim de que um clima de entendimento possa existir aqui.”
    Devo deixar de opinar para concordar ou me calar diante de opiniões que discordo!?

    “O sr. Carlos Newton perdeu a ” elegância ” que aparentava ter e, de algum tempo passou a usar para o presidente alguns adjetivos deixando aparecer a baixaria que estava contida.”
    Não é verdade!

    “Seu auxiliar, o senhor Copeelli já disse para o que veio.
    Acorda, toma um cálice de veneno e vai trabalhar.”
    Uma acusação absurda, Euclides, completamente fora de qualquer propósito.

    De minha parte, Euclides, vou tentar aliviar.
    Não posso me responsabilizar por mais ninguém e nem quero!

    Um forte abraço.
    Saúde e paz.
    Te cuida!

  8. é sr euclides…com essa resposta acima …é melhor o sr. seguir em frente e deixar o barco correr…pois o sr. FB ….sempre foi uma pessoa que leva as cousas para o lado do seu cérebro que embola tudo ..mistura uma cousa com a outra e depois dá no que vc acabou de receber com relação ao seu texto.

    Sr. Euclides com relação ao seu texto ..concordo com todas suas letras…e sua visão sobre os textos publicados e suas fontes realmente nos deixam tristes ..afinal quem acompanha (no sentido de jornalismo politico…) o Sr. CN …há decadas ..há de notar que realmente alguma cousa está ocorrendo na mente deste velho lagarto do nosso jornalismo politico.

    Posições politicas unilaterais e mistificação de se ficar ao lado da verdade dos fatos pela lógica deducionista..na minha opinião ..lamentável.

    YAH SEJA LOUVADO SEMPRE …

  9. Prezado Jesus,

    Muito obrigado pelo comentário, onde indiretamente o endereças a mim.

    Fico muito satisfeito ao ler que postaste uma verdade apodítica, estocástica, indesmentível:

    ” .…pois o sr. FB ….sempre foi uma pessoa que leva as cousas para o lado do seu cérebro que embola tudo ..mistura uma cousa com a outra e depois dá no que vc acabou de receber com relação ao seu texto.”

    Ainda bem que entendo os recados que são transmitidos à minha pessoa, e conforme o meu cérebro as registra!
    Confesso que seria difícil, praticamente impossível, afirmo, que eu fosse compreender e interpretar as mensagens através de mentes alheias!

    Enquanto apoias e concordas com as observações do Euclides quanto ao Newton, ed e uma maneira deselegante – “há de notar que realmente alguma cousa está ocorrendo na mente deste velho lagarto do nosso jornalismo politico.” -, na mesma medida posso dizer que muitas pessoas mudaram seus entendimentos e interpretações sobre a política nacional, invariavelmente deletéria e deplorável!

    A meu ver, o mediador segue na sua coerência costumeira;
    na sua maneira de compreender a política como oportunista;
    de saber mensurar os enganadores e os que são verdadeiros;
    de diferenciar com capacidade, a boa intenção da má fé.

    Se leste o texto de de autoria do Euclides, Jesus, do início ao fim, ele quer que adotemos um pensamento único:
    Bolsonaro está certo.

    Não quer contestações, discussões, opiniões desfavoráveis ao presidente, críticas … nada disso.
    Em nome de se ter um “bom clima” na TI, os comentários dos bolsonaristas serão dogmas, simplesmente aceitos e acatados, mais nada!

    Não dá.
    E foi o que respondi ao Euclides. Fui sincero, legítimo, não dourei a pílula, considerando, inclusive, as suas próprias palavras, onde resgata uma frase popular conhecidíssima:
    “cada cabeça uma sentença.

    Ora, se é assim a humanidade, o ser humano, impossível, em consequência, que todos pensem o mesmo, a não ser que seguir Bolsonaro seja uma nova seita, religião, logo, onde deveremos abordar os seus fiéis, menos correligionários ou seguidores (convenhamos, Bolsonaro como santo …)!

    Lamento que não tenhas te colocado no meu lugar, Jesus, que não tenhas tido qualquer empatia pelo que respondi ao Euclides, absolutamente conforme os mais comezinhos princípios do respeito e educação, porém fui firme e resoluto no que lhe afirmei.

    Nesses quase dez anos que frequento a TI, jamais o Editor mudou o seu comportamento como afirmas;
    jamais observei qualquer incoerência de Newton quanto à política;
    jamais constatei mudanças no rumo definido pelo Mediador ao SEU blog.

    E, espia só, que bonito:
    tu e o Euclides concordando entre si, enquanto não aceito as afirmações de vocês quanto ao blog.
    isso pode ser desgostoso, mas é … democracia.

    Te cuida, Jesus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *