Dentro ou fora da lei, é certo que o TSE não poderá aceitar a candidatura de Lula

photo_2018-08-15_17-44-45.jpg

No “Exército” sem-terra do Stédile há cada vez menos soldados

Carlos Newton

A tese de Jorge Béja sobre a inconstitucionalidade da Lei da Ficha Limpa causou uma confusão enorme aqui na “Tribuna da Internet”. Embora os argumentos do jurista sejam procedentes, porque o Congresso cometeu um equívoco grotesco na elaboração desta lei complementar, que teria de ser redigida como emenda constitucional, isso já não vem ao caso. A importante teoria de nada interessa agora, o que está prevalecendo é a prática da Lei da Ficha Limpa, que já existe há sete anos, foi aplicada nas três últimas eleições e firmou sólida jurisprudência. 

“REINTERPRETAÇÕES” – Conforme assinalamos aqui na TI nesta quarta-feira, ao comentar o artigo do Dr. Béja, o Supremo já vem “reformando” toscamente a Constituição, mediante “reinterpretação” desses dispositivos anacrônicos, tipo foro privilegiado, prisão após condenação em segunda instância e também inelegibilidade depois de decisão em colegiado.

O fato concreto é que, nesta quarta-feira, dia 15, o PT protocolou no Tribunal Superior Eleitoral o pedido de registro da candidatura de Lula da Silva. A entrega foi feita na chamada undécima hora, bem no final do expediente, para que o partido ganhasse tempo em sua iniciativa de retardar ao máximo a decisão do TSE.

“DE OFÍCIO” – Como a Procuradoria-Geral Eleitoral já se manifestou contra o registro de Lula, caberá ao relator Luís Roberto Barroso apresentar o parecer na próxima sessão, terça-feira, dia 21, às 19 horas, quando o candidato virtual do PT sairá fora do baralho eleitoral sem nem ter entrado, como a Viúva Porcina criada por Dias Gomes.

Os advogados eleitorais do PT, inclusive o ex-ministro Eugênio Aragão, que trabalhou no próprio TSE, têm esperança de retardar a rejeição definitiva da candidatura de Lula até o próximo dia 31, quando começa a propaganda oficial pelo rádio e televisão.

Como se sabe, sonhar ainda não é proibido nem paga imposto. Mas é óbvio que o TSE vai acelerar ao máximo a decisão do caso, para impedir a inscrição do nome dele como candidato na urna eletrônica e evitar problemas de última hora. 

SEM CHANCES – Lula não tem a menor chance de ser candidato. E não adianta ficar organizando manifestações. Nesta semana, o “Exército” de Stédile marchou muito. O MST diz que havia 50 mil militantes no protesto de hoje, mas não devem ter chegado a mais de 5 mil, que circularam em Brasília já no “bagaço”, como se diz no campo. E a greve de fome dos sete trabalhadores rurais não obteve repercussão, ninguém está interessado. 

O jogo já está perdido. Os petistas podem convocar novamente o “Exército” do Stédile, reclamar junto à Organização dos Estados Americanos e às Nações Unidas, incomodar o Papa Francisco com pedidos enviesados de solidariedade que ele jamais atendeu, ou criar as mais incríveis, fantásticas e extraordinárias “fake news”. Não vai adiantar nada. A brincadeira já acabou. 

12 thoughts on “Dentro ou fora da lei, é certo que o TSE não poderá aceitar a candidatura de Lula

  1. Somente no Brasil o país da corrupção endêmica se tem candidato a presidência da república sendo que ele se encontra no xilindró porque condenado pelos crimes de CORRUPÇÃO e LAVAGEM DE DINHEIRO, o que, induvidosamente além de ABOMINÁVEL é escarnecer da DEMOCRACIA.
    Só mesmo no Brasil o “país da corrupção” se tolera até que adoradores de ladrões defendam seus ídolos desqualificando quem os investiga, os denuncia e os julga.

  2. Bom dia , belo texto. A “brincadeira” só não acabou para os 13 milhões de desempregados nem para os empresários que fecharam suas empresas (quebraram). Que atraso esse PT está causando ao país!!! PT=LULA

  3. “A tese de Jorge Béja sobre a inconstitucionalidade da Lei da Ficha Limpa causou uma confusão enorme aqui na “Tribuna da Internet”. Embora os argumentos do jurista sejam procedentes,…”

    Confusão? Quem causou confusão foi o Dr. Béja com a tese ‘forçação de barra’.

    Procedentes como? O seu artigo, ilustre Carlos Newton está a indicar exatamente ao contrário, que o Dr. Béja está caminhando a ver sua tese desmontada.

  4. O PT deveria solicitar que MADURO, NORIEGA, EVO MORALES e RAUL CASTRO, saiam pelo mundo denunciando a DITADURA BRASILEIRA, que nega a um democrata convicto e ilibado moral, que seja candidato a presidente da república.
    Muita gente neste mundão de meu deus, acreditaria, principalmente pela honradez dos denunciantes.

  5. A Wal com seu 1300 mensais, não chega nem aos pés da Rosemeri Noronha, aquela dos cartões corporativos, que até hoje espera-se a divulgação dos gastos.
    O PT não pode atirar pedras nas pombas alheias, sem mostrar as suas.

  6. Basta simplesmente admitir que erraram. Quem criou a confusão foi um “especialista”, que deveria reconhecer seu erro, a fim de restabelecer sua reputação. A lei da ficha limpa foi considerada constitucional por quem cabe de direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *