Denúncia da “Tribuna” faz Polícia Federal acelerar processo sobre crimes fiscais da Rede Globo

TRIBUNA DA INTERNET | Procuradoria investiga irmãos Marinho por usarem empresas de fachada na Globo

Charge do Nico ( Arquivo Google)

Carlos Newton

O genial Ruy Barbosa estava  corretíssimo ao defender, intransigentemente, a liberdade de imprensa. Disse o jurista: “A imprensa é a vista da nação. Por ela é que a nação acompanha o que lhe passa ao perto e ao longe, enxerga o que lhe malfazem, devassa o que lhe ocultam e tramam”.  

E podemos dizer que foi graças a uma denúncia exclusiva da “Tribuna da Internet” que a Polícia Federal do Rio de Janeiro decidiu tirar da gaveta e tocar a ação criminal movida em 2019 contra os três filhos de Roberto Marinho.

EMPRESAS DE FACHADA – Trata-se do processo 5096780-78.2019.4.02.5101, aberto em São Paulo e transferido para a 2ª. Vara Federal Criminal do Rio, cujo titular é o juiz Gustavo Pontes Mazzocchi. A transferência ocorreu em petição do procurador da República Luís Eduardo Marrocos de Araújo, por declínio de competência, tendo como investigados os empresários e irmãos Roberto Irineu  João Roberto e José Roberto Marinho além do advogado Eduardo Duarte, especialista na criação de empresas de fachada.

O magistrado paulista remeteu o processo para o Rio de Janeiro, porque a sede da Rede Globo é nesta cidade e os três irmãos Marinho também moram aqui.  E assim a competência passou a ser da 2ª Vara Federal Criminal do Rio, desde  4 de dezembro de 2019.

Estive pessoalmente várias vezes na 2ªVara Federal Criminal e na Polícia Federal, no Centro do Rio, e constatei que o processo simplesmente havia desaparecido. Ou seja, caíra num buraco negro entre São Paulo e Rio de Janeiro e nem mesmo a Ouvidoria da Polícia Federal conseguia localizá-lo.

DENÚNCIA DA TI – No dia 3 de setembro, publicamos aqui na “Tribuna da Internet” uma reportagem a respeito, sob o título “PF descumpre ordem judicial e engaveta inquérito sobre crimes fiscais da Rede Globo”. Como dizia Ruy Barbosa, era a imprensa fazendo seu papel de ser “a vista da nação” ao enxergar “o que lhe malfazem” e devassar “o que lhe ocultam e tramam”.  

E nesta quinta-feira, dia 12, o editor-chefe da TI foi surpreendido com a informação de que a Polícia Federal havia encontrado o processo e num prazo de apenas um mês e meio já tinha até concluído seu parecer sobre as fraudes contábeis da Rede Globo.

Fomos informados também que o Dr. Luiz Nogueira, um dos advogados mais respeitados de São Paulo, já enviou petição ao procurador da república Paulo Henrique Ferreira Brito, que juridicamente passou a funcionar como autor da notícia-crime, e lhe  comunicou ter encaminhado documentos e petições à Justiça Federal e à Polícia Federal, visando oferecer mais provas que possam fortalecer o novo parecer do Ministério Público Federal.

DISSE A PROCURADORIA – No relatório anterior, a Procuradoria da República concluíra que “as empresas relacionadas no Decreto Presidencial de 23 de agosto de 2005, quais sejam, GLOBOPAR (Globo Comunicação e Participações S/A) e CARDEIROS PARTICIPAÇÕES S/A (antiga 296 Participações S/A) teriam realizado manobras societárias com o intuito de não recolher tributos, ocultando os verdadeiros nomes, a composição societária, o capital social, os objetivos e as atividades operacionais, bem como exercido, de forma simulada, a exploração de serviços públicos de radiodifusão sem o devido ato autorizador do governo”…

Portanto, só falta aguardar o parecer do procurador Paulo Brito, que está trabalhando em home office junto com sua equipe.

###
P.S. –
Assim que recebermos o documento, vamos publicá-lo em absoluta primeira mão, pois esse assunto do processo contra os irmãos Marinho é divulgado com exclusividade aqui na TI, pelo simples fato de que nenhum outro órgão de imprensa se interessa por isso. (C.N.)

7 thoughts on “Denúncia da “Tribuna” faz Polícia Federal acelerar processo sobre crimes fiscais da Rede Globo

  1. Prezados comentaristas, editores e escritores da TI

    Uma sugestão para Vereadora no Rio de Janeiro, se você não tem ainda candidato: a Vanessa, da Bancada do Livro – 23013

    Lembro a todos que esta eleição para Vereadores é a primeira eleição proporcional a ser realizada sem o instituto da coligação com outros partidos, o que deixa claro em quem, em quais propostas e em qual partido você estará votando.

    A Vanessa faz parte da chapa do Cidadania 23.

    Desejo a todos ótimos votos no domingo, para Prefeito Martha Rocha- 12 e para a Câmara de Vereadores, para o fortalecimento da democracia e da justiça social, no Brasil e no mundo.

    https://www.facebook.com/bancada.dolivro.3

  2. Daí a pergunta que não quer calar: de que adianta a evolução da urna eletrônica se, na prática, no frigir dos ovos, é o establishment do sistema podre, o capital malandro e seus tentáculos, velhaco$ (entre eles veículos de comunicação e suas pesquisas, que tange o povo como gado para as urnas direcionando-os para as fazenda$ que lhes convém ? Aqui na T.I., p. ex., que é um dos sites mais democráticos da internet, a gente viu a predileção dela por Bolsonaro em 2018, com vê agora a predileção dela pela dupla bolsonarista Huck-Moro, com Huck já na correria prévia atrás do capital velhaco, que é o mesmo que não deixa o país mudar de verdade, porque são loucos por dinheiro e o país e povo são apenas vítimas da obsessão deles por dinheiro. Daí a polícia segue ficando na mesma situação do troca-se apenas as moscas mas a merda continua a mesma, de mal a pior. Em São Paulo, p.ex. vê-se, claramente, que o mesmo establishment bichado, Folha-Globo a bordo, e a suas pesquisas, já escolheram o queridinho dos me$mo$, que é o Covas Neto (já na terceira geração da mamação no erário), que representa a ditadura da patota tucana no poder há 38 anos, sem aquela alternância como afrodisíaco da democracia, que cobraram do petismo no âmbito federal, ao ponto de até derrubarem a primeira presidenta do Brasil, via armação e golpe, todos juntos e misturados, como confessado pelo mafioso Jucá, que deu no que deu, Bolsonaro na cabeça, imposto por Deus, não como bênção mas como castigo, sendo que a bênção talvez ele tenha segurado para um pouco mais tarde, caso o Brasil, o tal “país de maricas” do Bolsonaro, faça por merecê-la, o que parece difícil porque foge da verdade da solução igual o diabo foge da cruz. Deus, com certeza está vendo tudo, e não dorme de touca, e não sei não se o tal Covid-19 não está já como ultimato do Pai, à moda: ou vocês se comportam como gente racional, ou vão todos e todas servirem de alimento aos micróbios, urubus naturais e cia .

  3. Vale dizer, eles podem exercer o serviço de radiodifusão sem autorização, mas as coitadas das rádios comunitárias não podem, sob penas de perseguição in loco, processo, multa e até cadeia, Perseguição essa, contra as comunitárias, dita piratas, insuflada por eles, os não autorizados, questão de nomenclatura, conforme os interesses das “elites cheirosa$”. Tá tudo errado neste país, sob o teto dessa república, e não é de hj, como canta Sílvio Brito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *