Depoimento de Frota confirmou o patrocnio oficial aos blogueiros do ‘gabinete do dio’

Novato na poltica, Alexandre Frota vira defensor improvvel da reforma da  Previdncia

Frota indicou que as investigaes esto no rumo certo

Deu no Correio Braziliense
(Agncia Estado)

Em depoimento Polcia Federal, o deputado Alexandre Frota afirmou que o general Carlos Alberto dos Santos Cruz, poca que este chefiava a Secretaria de Governo da Presidncia da Repblica, teria lhe confidenciado que estava ‘sofrendo presso de pessoas ligadas ao governo para que ele de alguma forma auxiliasse, financiasse ou contratasse de alguma forma canais que operassem portais de apoio ao presidente Bolsonaro’.

Segundo Santos Cruz teria relatado a Frota poca, ‘diversas vezes foi levado a ele propostas de contratao de servios’ que seriam prestados pela empresa do blogueiro Allan dos Santos.

LINCHAMENTO VIRTUAL – O parlamentar afirmou PF que a resistncia de Santos Cruz frente a tais demandas acabou fazendo com que ele passasse a ser vtima do ‘linchamento virtual’ coordenado pelo ‘gabinete do dio’.

Em depoimento, Frota disse ainda que a Comisso Parlamentar Mista de Inqurito das Fake News inclusive identificou diversos contedos de ataque a Santos Cruz, tendo rastreado contas e IPs relacionados estrutura que, segundo ele, foi montada para ‘linchar’ opositores do governo Bolsonaro.

As informaes foram apresentadas por Frota no depoimento prestado Polcia Federal no ltimo dia 29 no inqurito que apura o financiamento e divulgao de atos antidemocrticos.

ALGO IMORAL OU ILEGAL – Os detalhes sobre o depoimento do parlamentar foram divulgados pela Folha de S.Paulo e pelo Jornal Nacional e confirmadas pelo Estado, que tambm teve acesso ao depoimento.

As indicaes de Frota quanto a Santos Cruz se deram em resposta a um questionamento da Polcia Federal. A corporao perguntou se o deputado tinha conhecimento de que o ento Ministro Santos Cruz teve de agir para evitar que ‘algo imoral ou ilegal’ acontecesse na utilizao de recursos da rea de comunicao do governo.

Como mostrou o Estado, a Polcia Federal investiga, no mbito do inqurito sobre os atos antidemocrticos, se o governo Bolsonaro direcionou verbas de publicidade para financiar pginas na internet dedicadas a promover manifestaes contra a democracia. A relao do grupo investigado com o governo chegou s autoridades justamente atravs da CPMI das Fake News, que repassou informaes sobre anncios da Secretaria de Comunicao da Presidncia da Repblica em sites e pginas ligadas aos investigados.

A CHAVE DO COFRE – Quem controla a Secom desde o incio do governo Bolsonaro o chefe da Secretaria de Comunicao da Presidncia, Fbio Wajngarten, mas a chave do cofre do rgo e consequentemente o controle da liberao de recursos fica nas mos do Secretrio Geral da Presidncia, atualmente o ministro Eduardo Ramos. Santos Cruz foi seu antecessor na pasta, tendo deixado o governo em junho de 2019, sob desgaste, aps ser criticado pela rede bolsonarista.

poca, a queda de Santos Cruz, primeiro ministro militar a deixar o governo Bolsonaro, representou uma vitria para a ala olavista do governo, dos filhos do presidente e de Wajngarten. Como mostrou o Estado, a posio de Santos Cruz, considerada ‘linha dura’ com a distribuio da verba incomodava tanto os polticos como a equipe econmica.

O CASO ALLAN SANTOS – O nome de Allan do Santos no foi citado por Alexandre Frota somente ao tratar das supostas propostas de contrataes do blogueiro. O deputado disse no ter relao com o representante do site bolsonarista Tera Livre, mas indicou que, aps as eleies 2018, ‘percebeu que o mesmo tinha uma grande influncia junto ao Presidente da Repblica, tanto que antes da aproximao do governo federal com o chamado Centro fazia parte do ncleo duro ideolgico e possua transito livre dentro do Palcio’.

O parlamentar tambm foi indagado pelos investigadores se pertencia a um grupo do Whatsapp chamado Genis House/QG Estado Maior. Frota respondeu que no, mas disse que sabia da realizao de reunies na casa do blogueiro por meio de um assessor parlamentar do deputado Felipe Lera.

Como mostrou o Estado, Allan dos Santos mantinha um grupo de WhatsApp com deputados bolsonaristas e ‘outras pessoas de baixo escalo do governo’, sendo que as conversas resultavam em reunies na residncia do blogueiro, no Lago Sul, bairro nobre de Braslia. Um dos integrantes do grupo era o assessor parlamentar Trcio Arnaud Tomaz, apontado como integrante do ‘Gabinete do dio.

DISSE O ASSESSOR – Em depoimento, o assessor especial disse que o blogueiro o adicionou em um grupo criado ‘para que pudesse se reunir’ semanalmente na residncia do blogueiro ‘para discutir temas relacionados ao governo federal com pessoas que esto dentro do governo’.

Trcio Tomaz afirmou que ‘nunca’ participou dos encontros, mas que continuou no grupo ‘como forma de se informar de temas de interesse’.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Os delegados federais esto no caminho certo para liquidar com o gabinete do dio, que comandado pessoalmente por Carlos Bolsonaro (o Zero Dois) e tem como operador o especialista em informtica Tercio Arnaud Tomaz, que assessor especial de Bolsonaro e tem sala no terceiro andar do Planalto, ao lado do gabinete presidencial. (C.N.)

4 thoughts on “Depoimento de Frota confirmou o patrocnio oficial aos blogueiros do ‘gabinete do dio’

  1. O pior de tudo nessa questo que se gasta um dinheiro nas investigaes, denncias e outros trmites administrados por pessoal com salrios altssimos, muito mais do que deveramos pagar por um trabalho que em outros paises seria bem menos dispendioso, e depois de toda essa patetice, quase sempre ps rus so absolvidos, e se presos, logo so soltos.
    Vejam o caso dos 11 caminhes, repletos de bens pblicos pertencentes Unio, que o ex presidirio luiz Incio levou do planalto, e depois de investigado ainda se provou que os caminhes eram guardados sob aluguis pagis pela OAS.
    Depois disso tudo, o bandido foi absolvido.
    Ento, alm de todas as perdas que o estado teve com essa roubalheira, ainda bancou os custos de todo o processo, onerando ainda mais a roubalheita.
    Portanto, qualquer dia deases2, se chegar concluso que melhor deixar os ladres levarem tudo e demitir essa quantiade de funcionrios publicos que ganham rios de dinheiro para legitimarem as roubalheiras de seus comparsas.
    No sei quantos processos de combate corrupo esto em andamento no Brasil, mas deve ser uma quantidade tal que se esse dinheiro fosse para fazer algo de necessrio verdadeiramente seria muitissimo melhor para o Brasil.
    Essa raa de gente que se meteu na vida pblica e sem ter a mnima vocao para tal gaz to mal ao pas que se deixassem de exiatir seria um gavor inestimvel.
    Quanto ganha um luiz Incio para falar a montoeira de besteira que se ditas diante de uma criana seria um verdadeiro escrnio de um criminosod que no zela nem mesmo pela prpria aparncia.

  2. Levar a srio figura que fez porn contracenando com travesti? Desculpem, de acordo com a ideologia de gnero e o politicamente correto, “mulher transexual”? Ser que ela falou “vira a que agora minha vez”?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.