Depois da Copa

Carlos Chagas

Poderá o período da copa do mundo de futebol, já iniciado, ofuscar as estruturas da sucessão presidencial de outubro, também já em pleno desenvolvimento? Parece que sim. Há um mês do início do certame maior do esporte mundial, ninguém quer saber mais das tertúlias a respeito de quem ocupará o palácio do Planalto no próximo quadriênio. Tanto faz que seja Dilma, conquistando a reeleição, ou Aécio Neves, Eduardo Campos ou algum penduricalho a mais. A verdade é que o Brasil, se quis iniciar o processo sucessório antes da hora, agora desistiu. Estará atrasado quando retomá-lo.

A pergunta que se faz é se os resultados do certame irão interferir na escolha do inquilino do palácio do Planalto. Até agora, mesmo com a queda nos índices de popularidade da presidente Dilma, ela aparece como vitoriosa, tanto faz se no primeiro ou no segundo turno.

Não mudando as tendências do eleitorado, as cartas estão lançadas. Surge aí a grande dúvida: será um novo governo? Uma administração livre dos desvios apresentados até agora por conta do fisiologismo adotado desde os tempos do Lula? Um governo empenhado em nomear os melhores para cada ministério, despojado das influências dos partidos da chamada base parlamentar oficial.

Fica tudo nos ombros da presidente. Cabe a ela submeter-se à pressão dos partidos, a começar pelo seu próprio, o PT, ou sacudir a poeira da chantagem e partir para ´promover um governo que não conseguiu realizar nos primeiros quatro anos. Manter identidade com o ex-presidente Lula continuará seu dever de lealdade, mas curvar-se aos ditames casuísticos do antecessor significará seu fracasso diante da História.

Tudo isso se esclarecerá depois da copa do mundo de futebol. Agosto e setembro mostrarão o acirramento dos ânimos partidários, não mais entre candidatos, mas entre propostas de recuperação do país.

Agora, existem obstáculos diante dessa equação tão simples quanto necessária: como reagirão os cultores do fracasso? Formarão uma frente anti Dima ou abrirão os braços?

6 thoughts on “Depois da Copa

  1. A Aeciolândia custou R$ 1,5 bilhão. Um palácio que não agrega nada. E para provar que a roubalheira, a falta de ética e de respeito ao povo são antigas basta procurar pela taça Jules Rimet.

    E a caprichosos de Pilares cantou no carnaval de 1985
    Oh! Saudade, ô
    Meu carnaval é você
    Caprichosamente
    Vamos reviver, vamos reviver
    “Saudadeando” o que sumiu no dia-a-dia
    Na fantasia de um eterno folião
    O bonde
    O amolador de facas
    O leite sem água
    A gasolina barata
    Aquela Seleção Nacional
    E derreteram a taça na maior cara-de-pau
    Bota, bota, bota fogo nisso
    A virgindade já levou sumiço
    (Quero votar!)

    Diretamente, o povo escolhia o presidente
    Se comia mais feijão
    Vovó botava a poupança no colchão
    Hoje está tudo mudado
    Tem muita gente no lugar errado
    Onde andam vocês, ô ô ô
    Antigos carnavais?
    Os sambistas imortais
    Boldados de poesia
    Velhos tempos que não voltam mais
    E no progresso da folia
    Tem bumbum de fora pra chuchu
    Qualquer dia é todo mundo nu

  2. “Qualquer dia é todo mundo nu. ” E não é que esse dia chegou, via Internet. Quem diria, hein ? Até Dona Repúbllica, a pistoleira, com os seus 125 anos tb restou totalmente nua.

  3. Considerando-se o desinteresse e a ignorância politica da maioria
    da população, em que o futebol é mais importante que os rumos do
    país. Acredito, que o Brasil ganhando ou perdendo a Copa do Mundo,
    terá influência na candidatura de Dilma, para melhor ou pior.

  4. Essas aventuras denominadas megaeventos sairão carissimas p/ o sofrido e judiado povo tupiniquim. As mazelas do país estão sendo expostas de uma maneira sem precedentes. O tiro ( mostrar um país sério/digno ao resto do mundo), definitivamente saiu pela culatra. p/ 1 país q historicamente se encontra na rabeira no q diz respeito aos níveis educacionais/intelectuais d sua população fica difícil entender como obras de estadios tão esdruxulas podem consumir atenção em detrimento d educaçao básica.
    P aíses sérios movimentam economia através da educação e geração de patentes q rendem dividendos por décadas. país falido investe no circo (futebol/carnaval) pq eh mais facil, + menos rentável. investir no circo serve p/ manter povo na miséria intelectual e p/ perpetuar sua condição bovina. Eis o brasil povo marcado povo feliz.

  5. CORRUPÇÕES ENDÊMICAS DOS GOVERNISTAS:

    1)Pasadena- Petrobras
    2)Japão- Petrobras
    3)Bolivia- Petrobras
    4)Cuba- BNDES
    5)África-´Petrobras
    6)Correios
    7)Petros
    8)Postalis
    9)Furnas
    10)Eletrobrasece
    11)Pizzolato
    12)Doleiros
    13)2/3 dos deputados estão indiciados por formações de quadrilhas
    14)1/3 dos senadores estão indiciados por formação de quadrilha
    15)Humberto Campos recebeu da Camargo Correia R$1.500.000.00
    16)José Pimentel recebeu da Camargo Correia R$1.000.000,00
    17)Vanessa Graciiotim recebeu da Camargo Correia R$500.000,00
    18)Ciro Nogueira recebeu da Camargo Correia R$500.000,00
    19)André Vargas
    20)AL recebeu grana do doleiro
    21)Vacarezza Recebeu grana do doleiro
    22)Padilha recebeu grana do doleiro
    23)Paulinho da força desvio grana da ONG junto com sua mulher
    24)Gleisi Hoffmann recebeu grana de empresa
    25)Marido de Graça Fortes recebeu milhões da Petrobras
    26)Lula é acusado na Itália
    27)Erenice Guerra continua desviando grana do povo.
    28)Renan desvia grana da postalis através de afilhados
    29)Dezenas de ministros foram demitidos por corrupções
    30)Idelli Selvagem desvio grana da pesca
    31)Gilberto Carvalho é acusado por assassinato
    32)Dilma é acusado de fraudes, estelionatos, peculatos
    33)PUTA QUE PARIU, NINGUÉM AGUENTA MAIS ESSA PORRA?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *