Depressão no Brasil de hoje é igual a país em guerra

Quem diria que no país do futebol (?), samba, sol, e gente bronzeada querendo mostrar o seu valor estaríamos tão mal no ranking de povo deprimido e estressado.
Não bastasse sermos da turma do rebaixamento em educação, saúde, desigualdade social, corrupção, ou talvez até por isso, estamos nós igualando a Síria, Palestina, Sudão, Somália e Ucrânia, deflagrados por guerras, como também os europeus, tradicionais deprimidos que tiveram duas grandes guerras e hoje é terra arrasada por brutal desemprego e crise econômica, em termos de doenças mentais.

E prestem atenção, pois entre os jovens de 10 a 18 anos depressão e suicídio são considerados pela Organização Mundial da Saúde uma epidemia que, associada ao desemprego e tendências ao “nem, nem, nem” ( não querem estudar, nem trabalhar, nem fazer nada), vai criar uma geração de “zumbis sociais”, mortos-vivos vagando entre bebidas, drogas, games, telas. Improdutivos, ociosos, revoltados, parasitando pais, avós e sociedade. Talvez esperando um “bolsa-preguiça”. No fim, é a geração perdida, revoltada com tudo, mas sem nos propor nada que reverta este mundo sem rumo.

Voltando à vaca fria, numa análise ainda inicial, a violência já atinge 60 mil mortes anuais – o triplo de soldados americanos mortos no Vietnã, transformando não só as grandes e decadentes cidades e capitais, mas levando aos rincões o pânico em explosões de caixas bancários, a infestação do crack, a indecente corrupção generalizada. Podemos dizer que já vivemos em plena guerra urbana, com linchamentos, confrontos com a polícia, tráfico e mafiosos das verbas públicas.

IR E VIR???

Além disso, some-se os congestionamentos infernais, que faz do ir e vir, em sucatas de trens, ônibus e metrôs, torturas diárias. Ou filhos ao Deus dará, nas ruas, à mercê de marginais e molestadores, sem escola decente, abrigo de creches, formação técnica.

Sejamos francos, venhamos e convenhamos, qual o futuro, o estímulo, os sonhos que restam aos jovens e à população em geral? Arrumar uma guilhotina e repetir a revolução francesa, tirando o pescoço dos políticos em geral, dos capitalistas insensíveis que mamam nas tetas deste estado corrupto, encarcerar prefeitos, governadores, presidentes? Mandar a elite para Miami? Reciclar o Supremo desinfetando o judiciário de cima para baixo?

Como diziam os que nos venderam a esperança contra o medo e nos roubaram a dignidade e o caráter: “o brasileiro não desiste nunca”.

Desculpem minha sinceridade, fruto de uma vida como psiquiatra que se recusou a continuar a enriquecer com a dor na alma dos deprimidos e estressados, e se propôs a implantar projetos em educação pública, saúde pública, cultura e meio-ambiente, e me deparei nos últimos dez anos com propostas corruptas do poder público, indiferença dos empresários e detentores do poder, máfias em todos setores, que querem manter tudo precário pois é assim que o “sistema” se alimenta do povo. Vampirizando os impostos, dividindo com seus pelegos e asseclas, mantendo o povão alienado com copas, olimpíadas, falsas promessas, estatísticas mentirosas, arrotadas em programas políticos, fedendo a caviar.

A SENZALA ABRIU AS PORTAS

Senhores de engenho (políticos, empresários, capitalistas em geral, mafiosos das verbas públicas, espertos em geral como doleiros, laranjas, falsos juristas, profissionais liberais de todas áreas, que vendem a alma para o diabo, entre outros falsos líderes e vendedores de ilusão): a senzala abriu as portas! Pobres, pretos, mestiços, cidadãos de segunda e terceira categoria querem o que é também seu, o direito a uma vida digna, justa, fraterna, cidadã, humana. Pois o dia em que “hordas de doentes mentais”, abandonados sociais, órfãos do capitalismo selvagem e a periferia revoltada se levantarem, não sobrará pedra sobre pedra!

Enquanto isso, vamos assistir a tal “copa das copas” em preto e branco, pois nos falta o orgulho da amarelinha, das ruas pintadas, das bandeiras e enfeites, de uma época que não sentíamos medo, e nos restava uma batia esperança!

26 thoughts on “Depressão no Brasil de hoje é igual a país em guerra

  1. Caros CN e Dr. Eduardo Aquino … “que vendem a alma para o diabo” … não é só a Psiquiatria que constata o avanço da depressão; conheço padre que afirma o mesmo – diz que é a doença do século XXI nos confessionários.

    “1. A cólera do Senhor se inflamou novamente contra Israel e excitou Davi contra eles, dizendo-lhe: Vai recensear Israel e Judá. 2. Disse, pois, o rei a Joab e aos chefes do exército que estavam com ele: Percorrei todas as tribos de Israel, desde Dã até Bersabéia, e recenseai o povo, de maneira que eu saiba o seu número. 3. Joab disse ao rei: Que o Senhor, teu Deus, multiplique o povo cem vezes mais do que agora, aos olhos do rei, meu senhor. Mas que pretende o rei, meu senhor, com isso?
    4. A ordem do rei, no entanto, prevaleceu sobre a opinião de Joab e dos chefes do exército. Eles deixaram o rei e foram fazer o recenseamento do povo de Israel.
    (2Sm 24)

  2. Prezados … na passagem paralela temos: “1. Levantou-se Satã contra Israel, e excitou Davi a fazer o recenseamento de Israel. 2. Disse Davi a Joab e aos chefes do povo: Ide, fazei o recenseamento dos israelitas desde Bersabéia até Dã e fazei-me um relatório, para que eu saiba o número deles. 3. Respondeu Joab: O Senhor multiplique seu povo cem vezes mais! Não são todos eles, ó rei, meu senhor, os servos de meu senhor? Por que, no entanto, exige meu senhor isso? Por que sobrecarregar Israel de um pecado? 4. Mas o rei persistiu na ordem que dera a Joab. Joab partiu e percorreu todo o Israel, depois retornou a Jerusalém. (1Cr 21)

    cólera do Senhor ou Satã??? ??? ???

  3. Caro CN … são semelhantes a depressão psíquica, sofrer sob a cólera do Senhor e estar entregue a Satanás … vivi muita dor até entender a diferença – passei por todos os estágios da depressão, até sentir a presença da Dona Morte – com minha alma tentando se desgarrar do corpo e era algo como pegajoso que impedia o desenlace fatal … renunciei DEFINITIVAMENTE a tudo que me prendia ao Diabo … reconheci VERDADEIRAMENTE o Senhorio de Jesus … … … e Papá do Céu me deu NOVA vida com Missão de RESTAURAR TODAS AS COISAS – isto foi pelo meio de 2007, numa noite em Peruíbe, litoral Sul SP.

    Entregar a Satanás é obra de Misericórdia:
    1 – “É o caso de Himeneu e Alexandre, que entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar”. (1Tm 1,20)
    2 – “seja esse homem entregue a Satanás, para mortificação do seu corpo, a fim de que a sua alma seja salva no dia do Senhor Jesus”. (1Cor 5,5)

  4. http://pmdb.org.br/wp-content/uploads/2012/06/DIARIO-OFICIAL.pdf:

    “PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO
    EDITAL DE CONVOCAÇÃO
    CONVENÇÃO NACIONAL ORDINÁRIA
    A Comissão Executiva Nacional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, com fundamento no artigo 8º da Lei 9.504/97 e artigos 22, 26, 64, incisos II e III, 66, inciso I, todos do Estatuto Partidário, CONVOCA a Convenção Nacional com seus respectivos membros, os Deputados Federais e Senadores da República, os Delegados titulares e suplentes das Seções Estaduais e do Distrito Federal, os membros titulares e suplentes do Diretório Nacional e os membros do Conselho Nacional não integrantes do Diretório Nacional, a comparecerem à reunião ordinária deste órgão partidário que se realizará no dia 10 de junho de 2014, no Auditório Petrônio Portella do Senado Federal, situado na Praça dos Três Poderes – na cidade de Brasília/DF, para dar cumprimento à decisão da Executiva Nacional, tomada na reunião de 02 de abril de 2014, com a seguinte ordem do dia:
    1.Aprovar a coligação nacional do PMDB com o PT -Partido dos Trabalhadores e o nome de MICHEL TEMER como candidato à Vice-Presidência da República na Eleição Nacional de 2014.
    2.Deliberar sobre alterações estatutárias.
    Nota:
    I-Todos os convencionais deverão estar munidos de documento de identificação;
    II-A Convenção terá início às 09 (nove) horas e terminará às 15 (quinze) horas, sendo que os respectivos suplentes serão convocados a partir das 13 (treze) horas.
    Brasília-DF, 29 de maio de 2014
    VALDIR RAUPP
    Presidente Nacional do PMDB
    MAURO LOPES
    Secretário-Geral”
    … … …
    no entanto, está lá embaixo – http://pmdb.org.br/#: “2014 – PMDB – Partido do Movimento Democrático do Brasil – Todos os direitos reservados”

    Afinal o PMDB é Brasileiro ou do Brasil??? nos tempos do Dr. Ulysses ninguém tinha dúvidas que era BRASILEIRO … agora deve ser mesmo do Brasil – será o PMDB ou PMDdoB kkk KKK kkk temos a Convenção para decidir!!! e a candidatura própria???

  5. Belo artigo Aquino, me fez lembrar do professor e psicanalista Jacques Lacan (1901-1981) qdo certa feita disse: “Eu não sei se a psicanálise vai sobreviver, mas as religiões sim”. É por isso que o mercado da fé cresce. E os autênticos caminhos interiores sofrem com a mercantilização das crenças.

  6. “Não vos escrevi como se ignorásseis a verdade, mas porque a conheceis, e porque nenhuma mentira vem da verdade”. (1Jo 2,21) … é a reiteração de São João Evangelista.
    Jesus já afirmara: “”Vós tendes como pai o demônio e quereis fazer os desejos de vosso pai. Ele era homicida desde o princípio e não permaneceu na verdade, porque a verdade não está nele. Quando diz a mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira”. (Jo 8,44)”

    Há em nossa Constituição Federal Cidadã de 1988: “PREÂMBULO … Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.”

    Temos honrado a proteção de Deus??? caso contrário, a IRA do Senhor pode nos entregar a Satanás!!!

  7. Os dados da PENAD do IBGE revelam que a verdadeira taxa de desocupação da força de trabalho na economia brasileira é de 7,1%.

    Falava eu para um comentarista assíduo do blog da Tribuna da Internet que a quantidade de gente ociosa no Brasil era de cerca de cinquenta e dois milhões de brasileiros entre jovens, adultos e velhos.

    Eu me enganei. É um pouco mais, infelizmente.

    A informação correta encontra-se na Pesquisa Nacional por Amostra em Domicílio contínua (PNAD contínua) 2013/2014, publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – o IBGE -, divulgada no último dia 03 de junho.

    De duzentos de dois milhões de brasileiros, 79,8%, ou 161 milhões compõem a população com idade de trabalhar, isto é, são pessoas com 14 anos ou mais. Os outros 20,2%, ou 41 milhões são jovens e crianças com menos de 14 anos.

    Da população em idade de trabalhar, isto é, dos 161 milhões de brasileiros, temos 61,1%, ou 98 milhões, que compõem a força de trabalho, ou seja, são as pessoas ocupadas e, também, as desocupadas, mas, que estão em busca do emprego no período de realização da pesquisa.

    Os outros 39,9%, ou 63 milhões de brasileiros, se referem às pessoas que estão fora da força de trabalho, isto é, que durante o levantamento da pesquisa não estavam empregados, nem tampouco, procurando emprego. Essa parte da população é composta por 29,4% de jovens com menos de 25 anos, 36,9% de pessoas com 25 até 59 anos, e, 33,7% de idosos com 60 anos ou mais.

    Voltando à população que compõe a força de trabalho, isto é, aos 98 milhões de brasileiros, a pesquisa revela que no primeiro trimestre deste ano, o número de gente trabalhando foi de 92,9%, ou 91,1 milhões. E os desocupados totalizaram 7,1%, ou, 6,9 milhões de trabalhadores.

    Para se considerar desocupado o trabalhador ocioso tem, necessariamente, de estar procurando por emprego, senão é considerado pessoa fora da força de trabalho!

    Veja-se que a PNAD contínua revela uma taxa de desocupação superior àquela apresentada mensalmente pelo próprio IBGE nas pesquisas mensais que englobam apenas seis regiões metropolitanas. A PENAD é realizada em todo o território nacional, e enquanto a taxa de desocupação da última pesquisa mensal apontou uma taxa de desocupação da nossa força de trabalho de 4,9%, a PENAD, mais completa, portanto, mais certeira, revela que é de 7,1% a taxa de desocupação efetiva.

    Em verdade, se somarmos à população desocupada, isto é, aos 6,9 milhões de trabalhadores sem trabalho ao contingente formado pelas pessoas que nem à procura de emprego estavam, isto é, às pessoas consideradas fora da força de trabalho – 63 milhões -, chegaremos a 69,9 milhões de pessoas que não estavam exercendo nenhuma atividade laboral.

    Portanto, conforme mostram os dados da PNAD para o primeiro trimestre deste ano, dos 202 milhões de brasileiros, 41 milhões eram jovens demais para trabalhar, 69,9 milhões estavam efetivamente sem trabalho e apenas 91,1 milhões trabalhavam e mantinham o sistema econômico brasileiro ativo.

    É muito pouca gente trabalhando (45%) para manter todo o sistema ativo!

    Quem quiser ser aprofundar nos detalhes pode acessar aqui: http://saladeimprensa.ibge.gov.br/noticias?view=noticia&id=1&idnoticia=2650&busca=1&t=pnad-continua-mostra-desocupacao-7-1-primeiro-trimestre-2014

  8. A cada leitura dos comentários de Wagner, maior a certeza de que precisamos “tomar vergonha na cara”. obrigado Wagner.

    Brasil, país das mentiras.

    PETROBRÁS – VAMOS VENDÊ-LA?

    Extraído do Blog Reinaldo Azevedo 06/06/2014 às 16:20

    É INCRÍVEL ( OU O NÃO,,,) O PT CONTA MENTIRAS ATÉ A SEUS PRÓPRIOS MILITANTES.

    Ai, ai… O PT decidiu criar uma seção em sua página na Internet destinada, como diz o título, a contar “tudo o que você precisa saber sobre a Petrobras, mas não vai ler na mídia”. Como resta claro, os petistas chamam “mídia”, em tom pejorativo, o jornalismo independente, que se leva a sério, que não é sustentado por estatais para contar mentiras e fazer proselitismo a soldo.

    Muito bem. Encontro lá esta coisa fantástica, que segue em vermelho (prestem atenção):

    3) Mas é verdade que o Fernando Henrique quis privatizar a Petrobras?
    O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, disse à Folha que o modelo de gestão da empresa no governo tucano (1995-2002) reduzia a exploração petrolífera, desmembrava a área de refino, inibia investimentos e deixava o custo para a empresa e o lucro para o setor privado.

    Há inclusive documento no Fundo Monetário Internacional que comprova a tentativa do governo tucano de privatizar a estatal:

    “The government intends to accelerate and further broaden the scope of its privatization program–already one of the most ambitious in the world. In 1999 it intends to complete the privatization of federal electricity generation companies, and in 2000 it will begin the privatization of the electricity transmission network. At the state level, most remaining state-owned electricity distribution companies are expected to be privatized in 1999. The government has also announced the intention to sell in 1999 its remaining shares of previously privatized companies (notably Light and CVRD), as well as the remaining portion of the noncontrolling share of Petrobrás. The legislative framework for the privatization or leasing of water and sewage utilities is being prepared. The government also intends to accelerate the privatization of toll roads and the sale of its redundant real estate properties. Total receipts from privatization are projected at around R$27.8 billion (nearly 2.8 percent of GDP) (of which R$24.2 billion at the federal level) in 1999 and at R$22.5 billion over the period 2000-2001.”

    O governo também anunciou a intenção de vender em 1999 a parte remanescente nas participações de empresas previamente privatizadas (ressalta-se Light e Vale), assim como a participação remanescente das ações da Petrobras. (Tradução livre do trecho sublinhado:http://www.imf.org/external/np/loi/1999/030899.htm)

    Voltei
    1) Recorrer a uma fala toda enviesada de José Sérgio Gabrielli como prova de que FHC queria privatizar a Petrobras é como convidar Satanás para fazer uma leitura independente das Santas Escrituras.

    2) Reparem que os petistas falam em “tradução livre” do trecho sublinhado. Ô!!! Nem diga! Como diria Castro Alves, trata-se de uma tradução “libérrima e audaz”. E mentirosa também! Escancaradamente mentirosa. O documento do FMI prova justamente o contrário. O partido engana até os seus militantes, coitadinhos!, que não conseguem ler o que vai no texto do Fundo.

    Vejam lá. O PT esqueceu de traduzir “noncontrolling share of Petrobrás”. As ações, então, a serem vendidas jamais dariam ao comprador o controle da companhia. O texto diz exatamente o contrário do que anuncia o partido.

    O PT, nesse caso e como de hábito, faz é uma tradução livre da verdade, que também atende pelo nome de “mentira”.

    Por Reinaldo Azevedo
    Tags: Petrobras, PT

    E agora?
    O PT sempre mentiu sobre:
    – dados das dívidas externa/interna;
    – corrupções e mensalões (mais de um);
    – estatais;
    – inimigos de ontem, amigos de hoje;
    – dados e índices da economia;
    – defesa dos aposentados do INSS:
    – e quantas coisas mais!

    Enquanto não buscarmos, como cidadãos e brasileiros, a responsabilização de quem age com má fé, continuaremos morando num mar de lama!

    E, por favor, não venham com discursos medíocres, baratos – de “bêbados” de plantão.

    • Bom texto, Sr. Fallavena.

      Mas, eu pergunto, notadamente sem estranhar o fato narrado pelo jornalista: o que se pode esperar de um grupamento de bandidos? Que se fale a verdade? Que se jogue limpo? Esperar essas atitudes de bandidos? De guerrilheiros? De gente que se une ao PCC, ao CV e às FARC, e é dirigido por uma organização que foi criada por lula e fidel castro com o intuito de derrubar as democracias latino americanas e substituí-las pelo comunismo castrista – regime de exceção e ditatorial?

      Os senhores querem jogo limpo dessa turma?

      Estamos nas mãos de bandidos, os mais perigosos e audazes, senhores!

      • Agora a verdade!

        PETROBRAS TRIPLICOU SEU VALOR NA GESTÃO FHC

        Ao contrário do que dizia a oposição na época, em especial o PT, a Petrobras ganhou em especial o PT, a Petrobras ganhou músculos com a transferência do monopólio do petrólio para a União, em novembro de 1995.

        A estatal triplicou de valor, passando de R$ 19 bilhões, em 1999, para R$ 60 bilhões, em 2000 e seu lucro, em 2001, foi de US$ 9,867 bilhões.

        Em agosto também de 2000, 320 mil pessoas investiram parte de seu dinheiro no FGTS em ações da Petrobras. O valor dessa operação foi estimado em US$ 1,5 bilhão.

        A emenda constitucional no. 9, de novembro de 1995, permitiu à Petrobras formar “joint ventures” com multinacionais do petróleo que levariam o Brasil à descoberta das jazidas do pré-sal no campo de Tupi, em 2007, alardeada como conquista do PT pelo ex-presidente Lula.

        A despeito da repetida acusação do PT de que o PSDB queria privatizar a Petrobras, em carta enviada ao presidente do Senado, José Sarney, em agosto de 1995, o então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, assumiu o compromisso histórico de manter a Petrobras sob controle estatal.

        Em agosto de 1997, a Petrobras anunciou que a quebra do monopólio atrairia investimentos externos de US$ 13 bilhões num prazo de três anos. E 60 empresas já negociavam parcerias com a estatal.

        Em setembro daquele ano, o mercado financeiro elegeu a Petrobras como a estrela dos pregões. A estatal passou a despertar o interesse de investidores estrangeiros e de empresas dispostas a fechar parcerias milionárias.

        Em 1997, cada lote de mil ações da Petrobras tinha um rendimento previsto de US$ 7,62. Para 1998, a previsão era de uma renda de US$ 11,98.

        O Morgan Stanley e o Banco Garantia previam um lucro de US$ 25,27 em 1999.

        E as reservas de 14 bilhões de barris, registradas em 1997, ainda podiam ser ampliadas. Quase 80 empresas estrangeiras estavam negociando parcerias e a Petrobras discutia 138 projetos de parceria de 20 bacias.

        Em março de 1998, a Folha de S. Paulo anunciou que a União deveria arrecadar US$ 60 bilhões com a cobrança de taxas, royalties, e Imposto de Renda sobre a produção de petróleo no país nos próximos 18 anos.

        Ao contrário do que alega o atual governo, o petróleo do pré-sal era conhecido da Petrobrás há mais de 50 anos.

        Em Sergipe, ele já era extraído de campos terrestres da camada pré-sal, como ocorria no campo de Carmópolis, desde 1960.

        Na bacia de Campos, descobriram-se vários campos na camada do pré-sal, já nos anos 70, como Badejo, Trilha e Enchova, situados em águas rasas.

        O desafio estava na exploração do pré-sal nas áreas em que ocorriam os conhecidos óbices tecnológicos: elevada profundidade dos poços, grande espessura da camada de sal, alta pressão e temperatura.

        Mesmo assim, em setembro de 1999, o presidente Fernando Henrique anunciou a descoberta de um campo gigante de petróleo na bacia de Santos.

        Os cálculos preliminares indicavam que ele tinha uma reserva de 600 a 700 milhões de barris e óleo, avaliados em US$ 11 bilhões.

        Em julho de 2000, a abertura do mercado havia atraído para o país bilhões de dólares em investimentos, dezenas de novas empresas, criado milhares de empregos e ainda prometia recuperar a indústria naval.

        Em julho de 2001, a Petrobras anunciou a descoberta de 4 novas áreas de exploração de petróleo e gás nas bacias de Sergipe-Alagoas, Espírito Santo, Recôncavo Baiano e Potiguar.

        Consórcio formado pela Shell, Petrobrás e Texaco descobriu, em dezembro de 2011, um campo de petróleo na bacia de Santos. A descoberta estava a 200 km da costa, em frente à Região dos Lagos. As reservas foram estimadas entre 300 milhões e 500 milhões barris de petróleo e tinham um valor entre US$ 600 milhões e US$ 1 bilhão.

        No final de 2002, a Petrobras tinha um valor de mercado de US$ 15,4 bilhões.

        Estava aberto o caminho para a descoberta do pré-sal do campo de Tupi.

        Fonte: http://www.afavordobrasil.net.br/

    • Não sou a favor da privatização total da Petrobrás, mas o minimo que o governo controlador da empresa deveria fazer é tratar com mais respeito os acionistas. Isso não ocorre por exemplo com a Vale que apesar de também não estar indo muito bem, tem uma maneira muito diferente de tratar os acionistas. Assim por exemplo se a Vale5 chegou a bater em mais de R$ 40 e hoje está em uns R$ 26 a Petr4 chegou a mesmos R$ 40 mas hoje está em uns R$ 17. Com o papel PETR3 que é a açao ordinária cujos detentores são muito mais odiados pela incompetente DILMANDONA a situação ficou pior ainda.
      Mas a esperança é a última que morre esse governo incompetente com certeza acabará e a Petrobrás irá sobreviver e botar para correr esses PETRALHAS que a estão dilapidando.

  9. Com o advento da mente, a mentira. O ideal. A “verdade”. (MJV)

    Com o advento de Paulo Freire, hoje o Brasil é um dos piores do mundo em educação escolar.

    • Esse Paulo Freire e seu método construtivista foi um perfeito imbecil e um dos responsáveis pela decadência no nosso sistema educacional.

      Nossa educação é uma tragédia, graças, também, a este imbecil chamado e que se autodenominava de intelectual.

      É só mais um débil mental a nos prestar um desserviço.

  10. Caros CN, Dr. Eduardo Aquino e demais HomeMulher que estão de olho nestas meditações escritas … Viver DEPRESSÃO é mergulhar nas PROFUNDEZAS da condição humana … só a ESPERANÇA nos faz sair da fossa … se há profundeza humana, há também profundeza de Deus e profundeza de Satanás???!!!…

  11. O assessor de Serra disse ainda que a obrigatoriedade de que a Petrobras opere ao menos 30% de todos os blocos do pré-sal “traz um grande risco”. Entre outras questões, afirmou que seria “ruim para o Brasil” ficar preso à capacidade da Petrobras investir. O ex-presidente da Agência Nacional do Petróleo( genro de Fernando Henrique Cardoso)criticou o aumento da participação do Estado na empresa, retomando o discurso histórico do PSDB que defende a privatização da Petrobras. Para ele, “não tem que existir estatal comprando ou vendendo petróleo”.

  12. O artigo fala sobre a depressão e insatisfação em grande parte do povo no presente, e algumas consequências deste estado de espírito no futuro próximo. Avalio que realmente estamos em um clima de guerra mas quem tem as armas são os verdadeiros opressores do povo que atuam em duas frentes; uma, mostrando e ostentando o poder do capital e outra, promovendo a segregação de parte da população, incubando o conflito entre a elite e o “povo”. O conceito de elite é tão elástico quanto queira o demagogo da hora, pois quem ganha por mês acima de oito salários mínimos pode ser colocado no balaio das elites em relação àqueles que ganham apenas um salário mínimo, quando na realidade ambos vivem mal em uma cidade de grande porte.
    O ponto de equilíbrio social, e estamos muito longe disso, é a construção continuada e sistemática do paradigma de bem estar social. Este paradigma é inatingível e indefinível, mas pode ser colocado como objetivo de todos os homens e governos para surtir efeito em quinze a vinte anos. Que paradigma seria este? Não sei, mas certamente não são as propagandas televisivas esbanjando luxo como sinônimo de felicidade, novelas televisivas que abandonaram o romance clássico familiar, filmes violentos para todas as idades, notícias e exemplos de políticos cheios de mordomias afrontosas, mentiras sobre o “grande” padrão de vida que o povo pode ter. Todas estas falácias, para começar, teriam que se transformar em sinceridade quanto ao nosso verdadeiro tamanho, nossa insignificância perante o mundo, identificação dos nossos verdadeiros inimigos internos, procura de objetivos sociais factíveis e verdadeiramente honestos. Estas poucas medidas já despertariam alguns do sono eterno que vivem, com direito a sonhos bons no lugar de pesadelos.
    A propaganda é uma faca de dois gumes; nos acostumamos a ver o lado da exaltação da mediocridade. Está na hora de virar o gume desta arma para exaltar a virtude de quem a tem. Por incrível que pareça, existem pessoas virtuosas, embora procurem ficar ocultas.

  13. Caros CN e Dr. Eduardo Aquino … “Todavia, Deus no-las revelou pelo seu Espírito, porque o Espírito penetra tudo, mesmo as profundezas de Deus”. (1Cor 2,10) … “Pois quem conhece as coisas que há no homem, senão o espírito do homem que nele reside? Assim também as coisas de Deus ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus”. (1Cor 2,11) … “A vós, porém, e aos demais de Tiatira que não seguis esta doutrina e não conheceis (como dizem) as profundezas de Satanás, não imporei outro fardo”. (Ap 2,24)
    … … …
    E o que há nas profundezas do HomeMulher, nas profundezas de Deus e nas profundezas de Satanás??? ??? ???

  14. Está em http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/encyclicals/documents/hf_jp-ii_enc_18051986_dominum-et-vivificantem_po.html: “CARTA ENCÍCLICA DOMINUM ET VIVIFICANTEM DO SUMO PONTÍFICE JOÃO PAULO II SOBRE O ESPÍRITO SANTO NA VIDA DA IGREJA E DO MUNDO
    Veneráveis Irmãos e Amados Filhos e Filhas
    Saúde e Bênção Apostólica!
    INTRODUÇÃO

    4. O Espírito que transforma o sofrimento em amor salvífico
    39. «O Espírito, que perscruta as profundezas de Deus», foi chamado por Jesus, no discurso do Cenáculo, o Paráclito. Ele, de facto, desde o princípio «é invocado» 145 para «convencer o mundo quanto ao pecado».É invocado, de modo definitivo, por meio da Cruz de Cristo. Convencer do pecado quer dizer demonstrar o mal nele contido. Isto equivale a desvendar o «mysterium iniquitatis» [mistério da iniquidade]. Não é possível atingir o mal do pecado em toda a sua dolorosa realidade sem «perscrutar as profundezas de Deus». O obscuro mistério do pecado apareceu no mundo, desde o princípio, no quadro da referência ao Criador da liberdade humana. E apareceu como um acto da vontade da criatura-homem contrário à vontade de Deus: contrário a vontade salvífica de Deus; ou melhor, manifestou-se em oposição à verdade, com base na mentira já definitivamente «julgada» — mentira que colocou em estado de acusação, em estado de permanente suspeição o próprio Amor criador e salvífico. O homem seguiu o «pai da mentira», pondo-se contra o Pai da vida e o Espírito da verdade.
    O «convencer quanto ao pecado», portanto, não deveria significar também revelar o sofrimento, revelar a dor, inconcebível e inexprimível, que, por causa do pecado, o Livro Sagrado, na sua visão antropomórfica, parece entrever nas «profundezas de Deus» e, em certo sentido, no próprio coração da inefável Trindade? A Igreja, inspirando-se na Revelação, crê e professa que o pecado é of ensa a Deus. O que é que, na imperscrutável intimidade do Pai, do Verbo e do Espírito Santo, corresponde a esta «ofensa», a esta recusa do Espírito que é Amor e Dom? A concepção de Deus, como ser necessariamente perfeitíssimo, exclui, por certo, em Deus, qualquer espécie de sofrimento, derivante de carências ou feridas; mas nas «profundezas de Deus» há um amor de Pai que, diante do pecado do homem, reage, segundo a linguagem bíblica, até ao ponto de dizer: «Estou arrependido de ter criado o homem». 146 «o Senhor viu que a maldade dos homens era grande sobre a terra … E o Senhor arrependeu-se de ter criado o homem sobre a terra … O Senhor disse: “Estou arrependido de os ter feito”». 147 Mas o Livro Sagrado, mais frequentemente, fala-nos de um Pai que experimenta compaixão pelo homem, como que compartilhando a sua dor. Esta imperscrutável e indizível «dor» de Pai, em definitivo, gerará sobretudo a admirável economia do amor redentor em Jesus Cristo, para que, através do «mistério da piedade», o amor possa revelar-se mais forte do que o pecado, na história do homem. Para que prevaleça o«Dom»!”
    … … …
    Nas profundezas humanas chega-se à depressão … nas profundezas divinas há sofrimento e dor, inconcebível e inexprimível, segundo São João Paulo II … nas profundezas de Satanás também está presente o sofrimento decorrente da maldição: “Então o Senhor Deus disse à serpente: “Porque fizeste isso, serás maldita entre todos os animais e feras dos campos; andarás de rastos sobre o teu ventre e comerás o pó todos os dias de tua vida”. (Gn 3,14)

    E a Serpente: “Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva Serpente, chamado Demônio e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com ele os seus anjos”. (Ap 12,9) … “Ele apanhou o Dragão, a primitiva Serpente, que é o Demônio e Satanás, e o acorrentou por mil anos”. (Ap 20,2)

    • Não me sinto muito a vontade para discutir religião mas não gosto mesmo quando se leva muito a sério as escrituras principalmente quando se sataniza por exemplo a figura de uma serpente. É um animal como qualquer outro que faz parte da natureza, que é perigoso sim, principalmente os peçonhentos, mas faz parte da natureza e tem um papel importante no equilibrio ecológico.
      Da mesma forma, principalmente o velho testamento levado tão a sério por muitos cristãos, quando se sabe que Jesus Cristo foi um um revolucionário, principalmente quando revelou que todos eram filhos do Senhor Deus e não apenas o povo de Deus, isto é, os judeus. Foi uma blasfemia para os poderosos da epóca(os fariseus) e por isso mesmo ele foi crucificado.
      Assim apesar de não ser nem mesmo um estudioso no assunto, me sinto mais a vontade mesmo é com o kardecismo que interpreta que muitas vezes os ensinamentos divinos eram muito divulgados em termos de parabolas e alegorias, mais compativeis com o grau de conhecimento das pessoas da epóca, para quem certas verdades não eram muito convenientes de serem ditas abertamente. Aliás uma delas, uma das principais, é exatamente a reencarnação. No meu modo de ver, inclusive, a vida não faria nenhum sentido se ela não existisse.

      • Estimado Willy Sandoval … saudações!!!
        1 – “Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos. Sede, pois, prudentes como as serpentes, mas simples como as pombas”. (Mt 10,16)
        2 – “Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem,” (Jo 3,14)

        Não há satanização das serpentes … Jesus aconselha aos seus enviados que sejam prudentes que nem as serpentes … e no Evangelho de João o próprio Jesus é comparado à serpente que Moisés levantou no deserto, conforme:
        1 – “Nem tentemos o Senhor, como alguns deles o tentaram, e pereceram mordidos pelas serpentes”. (1Cor 10,9)
        2 – “5. Mas o povo perdeu a coragem no caminho, e começou a murmurar contra Deus e contra Moisés: “Por que, diziam eles, nos tirastes do Egito, para morrermos no deserto onde não há pão nem água? Estamos enfastiados deste miserável alimento.” 6. Então o Senhor enviou contra o povo serpentes ardentes, que morderam e mataram muitos. 7. O povo veio a Moisés e disse-lhe: “Pecamos, murmurando contra o Senhor e contra ti. Roga ao Senhor que afaste de nós essas serpentes.” Moisés intercedeu pelo povo, 8. e o Senhor disse a Moisés: “Faze para ti uma serpente ardente e mete-a sobre um poste. Todo o que for mordido, olhando para ela, será salvo.” 9. Moisés fez, pois, uma serpente de bronze, e fixou-a sobre um poste. Se alguém era mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze, conservava a vida. (Nm 21)”

        Igualmente, temos o próprio Senhor:
        1 – “1. Moisés respondeu: “Eles não me crerão, nem me ouvirão, e vão dizer que o Senhor não me apareceu”. 2. O Senhor disse-lhe: “O que tens na mão?” “Uma vara.” 3. “Joga-a por terra”. Ele jogou-a por terra; e a vara transformou-se numa serpente, de modo que Moisés recuou. 4. O Senhor disse-lhe: “Estende tua mão e toma-a pela cauda – ele estendeu a mão e tomou-a, e a serpente tornou-se de novo uma vara em sua mão–; 5. é para que creiam que o Senhor, o Deus de seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó, realmente te apareceu”. … 17. Toma em tua mão esta vara, com a qual operarás prodígios”. (Ex 4)
        2 – “8. O Senhor disse a Moisés e a Aarão: 9. “Se o faraó vos pedir um prodígio, tu dirás a Aarão: toma tua vara e joga-a diante do faraó; ela se tornará uma serpente”. 10. Tendo Moisés e Aarão chegado à presença do faraó, fizeram o que o Senhor tinha ordenado. Aarão jogou sua vara diante do rei e de sua gente, e ela se tornou uma serpente. 11. Mas o faraó, mandando vir os sábios, os encantadores e os mágicos, estes fizeram o mesmo com os seus encantamentos: 12. jogaram cada um suas varas, que se transformaram em serpentes. Mas a vara de Aarão engoliu as deles. (Ex 7)

        chegamais

  15. Terminemos, por enquanto, com textos de ESPERANÇA, que nos levam a crer na RESTAURAÇÃO DE TODAS AS COISAS:
    1 – “E disse em seguida ao homem: “Porque ouviste a voz de tua mulher e comeste do fruto da árvore que eu te havia proibido comer, maldita seja a terra por tua causa. Tirarás dela com trabalhos penosos o teu sustento todos os dias de tua vida”. (Gn 3,17)
    2 – “ao qual pôs o nome de Noé, dizendo: “Este nos trará, em nossas fadigas e no duro labor de nossas mãos, um alívio tirado da terra mesma que o Senhor amaldiçoou.”” (Gn 5,29)
    3 – “O Senhor respirou um agradável odor, e disse em seu coração: “Doravante, não mais amaldiçoarei a terra por causa do homem porque os pensamentos do seu coração são maus desde a sua juventude, e não ferirei mais todos os seres vivos, como o fiz”. (Gn 8,21)

    Noé foi uma alegria ao Senhor; antecipando a alegria por Jesus!!! Se Deus não mais amaldiçoa a terra, certamente que pode deixar de não mais amaldiçoar nenhuma de Suas Criaturas … Restaurando todas as coisas e voltando a ser feliz com toda Sua Criação!!!

    chegamais

  16. Eu acho que devemos formular nossas próprias opiniões e não desses bandidos da Globo e Veja.Essa turma não tem moral para falar de ninguém,seus chefes são multimilionários às custas de muito sangue e suor do povo brasileiro.Seus senhores e amo viveram sempre na aba dos governos não importa regime,pois essa turma só interessa o poder e dinheiro.Eu nunca vi essa turma de Merval,Reinaldo,Jardim e outros menos votados criticarem essa mídia vergonhosa,imunda,corrupta,que sem sombra de dúvidas enlameiam esse país .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *