Derrota de Lula no Amazonas

O presidente se jogou “inteiro” na campanha para governador desse estado. Por dois motivos. O primeiro de ressentimento, o segundo por amizade e também interesse político.

1 – Queria (não tem mais tempo) eleger o senador (e seu ex-ministro duas vezes) Alfredo Nascimento. Pediu ao ex-governador Eduardo Braga para apóia-lo. Braga está elegendo seu vice, Omar Azis. O ex-governador não atendeu, Lula ficou furioso, comentou, “atendi a todos os pedidos dele, durante anos”.

2 – Se Alfredo Nascimento fosse eleito, sua vaga no Senado seria preenchida pelo amigo João Pedro. Suplente durante 3 anos e 3 meses, agora ganharia mais 4 anos no Senado. Só que EFETIVO, deixaria para trás seu diminutivo SUPLENTE.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *