Desemprego recorde não preocupa Paulo Guedes, esse homem fatal de Nelson Rodrigues

Frases de Nelson Rodrigues | Amantes do Saber™ AminoPedro do Coutto

O Globo edição de hoje, reportagem de Cássia Almeida, revela que, pela primeira vez na história, mais da metade da população com idade laboral está atingida pelo desemprego e pelo não emprego. Portanto, são praticamente 100 milhões de homens e mulheres fora do mercado e portanto do consumo pleno, de acordo com as faixas de renda em que se encontram.

O problema é gravíssimo, sobretudo porque é preciso considerar que o crescimento demográfico brasileiro é de 1%a/a: nascem 1,7% e morrem 0,7%. Perdendo para o índice populacional, a renda per capita do país anda para trás.

O HOMEM FATAL  – Mas eu disse que o ministro Paulo Guedes é o homem fatal de Nelson Rodrigues, que foi meu amigo pessoal.                       O grande teatrólogo usou essa imagem seguidamente em suas peças e textos jornalísticos para definir a presença marcante de certos personagens ao longo de diversas situações na vida humana. No futebol era para definir os jogadores de maior presença, negativa ou positiva nos lances aos olhos das multidões.

Para mim, Paulo Guedes integra-se à galeria dos homens fatais. Sua presença no governo Bolsonaro é predominante. Economista, mais ligado ao sistema financeiro do que a projetos de desenvolvimento econômicos e sociais, parece que ele não dá a menor importância à face que reflete a angústia e os anseios dos assalariados, entre os quais os servidores das empresas estatais e os funcionários públicos.

QUEBRA-QUEBRA – Bernardo Caran, na Folha de São Paulo de ontem, destaca uma palestra que ele, Guedes, realizou para empresários. A matéria vazou para Bernardo Caran.  Paulo Guedes afirmou que, não fosse o abono de 600 reais por três meses para a população mais carente, teria havido quebra- quebra nas principais cidades do Brasil. Assim ele chamou atenção para o problema da fome e de suas consequência, entre as quais a preservação da saúde.

Uma contradição, entretanto, destaca-se a seguir. Ele concordou com a prorrogação do benefício por mais alguns meses, mas propôs a diminuição de seu valor. São 64 milhões de pessoas em estado de carência. Os 600 reais são um benefício, algo que se dá sem retribuição. Os salários e as aposentadorias, ao contrário, são um direito. No caso da aposentadoria um seguro social que vence com 35 ou 30 anos de contribuição. Nos dois tempos homens e mulheres resgatam a apólice do seguro social que fizeram. Portanto, o resgate não é um benefício. É um direito.

O que alarma é o desemprego muito alto somado ao não emprego. E o não emprego reúne parte da população que atinge a idade de trabalhar, mas não consegue um lugar ao sol.

VÂNDALOS BRITÂNICOS – Em Londres, um grupo de vândalos tentou destruir o monumento a Winston Churchill, a meu ver a maior figura do século XX. Um líder que enfrentou a Alemanha nazista com a Inglaterra lutando sozinha contra Hitler e Mussolini.

Não fosse ele, talvez a destruição nazista tivesse ocupado mais países do que ocupou distribuindo aqueles contrários por mais campos de concentração e da morte. Glória eterna a esse grande homem. Não importa que ele tenha sido deputado conservador. Importa, mais que tudo, que ele se tornou um herói da liberdade.

A GloboNews, em seu noticiário da manhã de hoje, destacou manifestação de ontem quando extremistas carregaram Weintraub em ruas de Brasília, elogiando sua posição contra o STF. Para mim, Weintraub representa um novo caso Jurandir Mamede, ocorrido em 1955.

UM NOVO MAMEDE – No dia 3 de outubro de 1955, os brasileiros elegeram JK nas urnas. Lacerda assumiu a liderança de um movimento para impedir a posse do residente eleito. Escrevia na Tribuna da Imprensa e falava na rádio Globo.

Em outubro também, falecia o General Canrobert Pereira da Costa, que foi ministro do Exército no governo Dutra. No seu enterro falaram diversos militares e os discursos foram encerrados com a fala do ministro Henrique Lott. De repente toma a palavra, depois do ministro falar, o coronel Jurandir Mamede. Insolitamente, Mamedei aproveita a ocasião e prega o golpe para impedir a posse de JK. Foi o estopim da crise político militar desencadeada dos dias 11 e 21 de novembro.

Juscelino tomou posse e cumpriu seu mandato. Por causa de Mamede, o Congresso Nacional decidiu impedir o ex -presidente Café Filho e o deputado Carlos Luz. Juscelino tomou posse a 31 de janeiro de 1956 e governou até 31 de Janeiro de 1961. Foram os anos dourados do desenvolvimento brasileiro.

4 thoughts on “Desemprego recorde não preocupa Paulo Guedes, esse homem fatal de Nelson Rodrigues

  1. JUSCELINO FOI O MELHOR PRESIDENTE QUE O BRASIL JÁ TEVE. E, dificilmente, terá outro igual. Já paulo guedes, sem a menor dúvida, é o pior ministro que esse país já teve a desgraça de possuir. Nada entende de economia e muito menos de política. Que tenha a honestidade de se reconhecer incapaz e a hombridade de se retirar.

    • Juscelino ppderia ter sido o melhor presidente, caso não houvesse Vargas que é incomparavelmente melhor em tudo.
      E ainda de lambuja, Vargas teve a inteligência de manter capital no Rio de Janeiro, local adequado cultural, historico e aconomicamente superior à Brasília.
      Não fpi dele a idéia, todos sabem, mas o fato que este interesse permaneceu inconfessável.
      Não que çhe atribuir nada que o desonre porque não pode mais se defender, mas que vacilou, nenhum brasileiro atento aos fatos históricos pode concordar com a transferência da capital de um Rio de Janeiro para um meio de mato, com todo respeito.

  2. boa noite.
    crendo ser verdadeira a informação ” 100 milhões de homens e mulheres fora do mercado “,
    O Brasil vai parar?
    De onde tiram informação, é baseado em dados confiaveis, ou chutam numeros altos?
    Se estou errado, corrijam por gentileza.
    grato.

    • É isso mesmo.
      Mas o brasileiro que sobreviveu ao PT, de luiz Inácio, dilma e de outros corruptos, também vencerá essa.batalha contra Bolsonaro que só não.consegue ser que seus antecessores porque não treina.
      O brasileiro gamhou todas as guerras que enfrentou e está pronto para ganhar mais essa.
      Easa do desemprego está com os dias contados porque logo que Bolsonaro cair, a Vitória virá.
      Somos assim, somos brasileiros leais à Pátria, e somos profissionais no amor ao Brasil.
      Viva o Clube de Regatas Vasco da Gama, sempre com o Brasil nos momentos de festa ou de dor.
      Viva a Cruz de Malta, verdadeiro símbolo de um clube luso brasileiro.Viva o Brasi e viva Portugal, nosso fundador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *