Desfaça isso, presidente! Não se pode aceitar a nomeação de Kassio Marques para o Supremo…

Bolsonaro indicará desembargador Kassio Nunes, do TRF-1, a vaga no Supremo,  diz fonte Por Reuters

Bolsonaro não consegue justificar a estranha indicação

Percival Puggina

Os atos de Estado, os atos políticos, cobram explicações. Muitas vezes, nós, pobres cidadãos, as dispensamos porque os atos são esperados e coerentes. Noutras ocasiões, porém, eles surpreendem e ensejam elucubrações, mal-entendidos e desgastes. Para evitar isso, os governos promovem eventos em que anunciam suas ações. P

or isso, os projetos de lei se fazem acompanhar de justificativas. Por isso, o Congresso e o STF realizam audiências públicas, os ministros dos Tribunais Superiores leem seus votos e os parlamentares discursam.

ESCOLHA PARA O STF – A indicação feita pelo presidente da República para ocupar a cadeira vacante no STF está a exigir uma explicação. A sucessão causada pela aposentadoria do ministro Celso de Mello vinha proporcionando sugestões fáceis de entender, coerentes com expectativas que se foram consolidando nos últimos dois anos.

De repente, o nome de Kassio Nunes Marques sai, sabe-se lá de qual cartola, como um estranho e surpreendente achado. Não estou falando de pouca coisa, nem de pouca gente.

Um contingente numeroso de cidadãos confiava – confiava, sim – em que emergiria deste momento que estamos vivendo um novo ministro antagônico ao que tem caracterizado a conduta da maior parte de seus futuros colegas, notadamente após a vitória de Bolsonaro.

QUAIS SÃO AS RAZÕES? – O presidente sabia disso. As manifestações que se seguiram à revelação do nome e as informações que foram surgindo em nada contribuíram, porém, para esclarecer as razões de sua decisão.

A indicação não é autoexplicativa e o que foi dito em nada ajudou. Esperava-se alguém que não fosse tão festejado pelo cacique da OAB, Felipe Santa Cruz. Pessoalmente, eu preferia um jurista que causasse grande contrariedade a esse cavalheiro. Preferia um nome que fizesse tremer as bochechas do ministro Gilmar Mendes.

Preferia alguém a favor da prisão obrigatória após a condenação em segunda instância, ou seja, que proporcionasse o voto necessário para reverter a decisão que restaurou, em novembro do ano passado, travestida de “garantismo”, a eterna impunidade dos meliantes endinheirados. Preferia alguém que sequer soubesse quem é o senador piauiense Ciro Nogueira.

UM JUIZ DE VERDADE – Para conveniência do próprio colegiado, preferia alguém oriundo dos quadros da Justiça de Primeiro Grau, aprovado em concurso, com experiência forense, curtido em audiências de criminosos e de suas vítimas. Preferia alguém pé no chão do Brasil real, aquele onde vivem cidadãos que não aceitam pagar as lagostas dos jantares da Corte. Eu não queria alguém indulgente com as pretensões ideológicas de um tribunal que legisla e, a toda hora, intervém em atos do Executivo.

Esse perfil, perfil das expectativas vigentes durante tanto tempo, se aproximaria muito mais dos anseios que muitos de nós mantínhamos em relação a quem ocupará a cadeira desde a qual Celso de Mello vinha servindo à nação sua amargura e sua visão de mundo.

Enquanto escrevo, olho a janela. Chove e venta em Porto Alegre. A chama da minha esperança não pode sair à rua. Reitero: desfaça isso, presidente!

35 thoughts on “Desfaça isso, presidente! Não se pode aceitar a nomeação de Kassio Marques para o Supremo…

  1. Não desfaça não, pois necessitamos de muito mais disso ainda. É pouco muito pouco.
    Fure o teto dos gastos e deixe a inflação disparar pois aí; todos pagam a conta mas, o que só ganha para comer pagará com muito mais dor.

  2. Quando até Percival Puggina, um aliado fervoroso do presida, começa a entrar em desespero com o mandatário, é porque as coisas não andam bem para o lado das bolsonaretes.

  3. 1) Ainda é cedo para julgarmos…

    2) Disse Jesus: “Não julgueis para que não sejais julgados…”

    3) Mas a ave mitológica Garuda me disse que o atual presidente está se aproximando das oposições…

    4) …

    4)

    • Caiu a ficha, Percival?
      Olhe bem a aparência do cavalo que tu vinhas apostando, e tu não és bobo, pois sabes que não é nada boa.
      Bolsonaro nao mudou e nem mudará, faz parte da sua natureza ser corrupto, e em tudo que faz a marca aparece.
      Quem se desentende com uma pessoa do caráter de Moro é porque falta caráter, e o tempo vem nos mostrando como o aprendiz de feiticeiro travestido de presidente não consegue enganar ninguém de caráter.
      Bolsonaro conseguiu enganar Percival por algum tempo, mas a ficha caiu.
      Agora, falta cair também a de boa parte do povo que aspira as migalhas que o matuto metido a malandro, quando distraído, deixa cair da mesa farta surrupiada do povo brasileiro.
      A sorte de bolsonaro é que existe luiz inacio, mas do jeito que a coisa vai, terá que amarrar seu rabo no dele.

  4. Se o néscio do Malafaia e o beócio do Olavo de Carvalho estão contra o novo ministro do stf é porque, como se diz aqui no Nordeste, “o cabra é bom”.

      • Começou a sair faísca entre o Bolsonabo e o Telepastor bilionário Cifra$ Maracutaia.
        O Telepastor começou cuspindo fogo contra o Presidente.
        Bolsonabo também deu uma patada com luva de pelica, mas não citou o nome da Besta Fera.
        Vamos aguardar o que vem pela frente
        Será interessante ver a pancadaria entre os dois “cristãos”.
        Por falar nisso , por onde anda o tal “amor cristão”….

        Vive La République…

  5. Noticiaram um encontro ontem tendo como convivas Toffolli, Alcolumbre, Bolsonaro e o Kassio Nunes, indicado para a vaga no STF. Esse encontro me lembrou um documentário sobre a Mafia de New York dos anos 60/70. É a lama, é a lama.

    • Estou de recesso, mas não deixo de acompanhar o cotidiano desta Tribuna, ajudado por doses cavalares de Sal de Frutas e não tenho previsão de voltar tão cedo, devido a outra ocupação temporária e absorvente.
      Mas esse singelo comentário do sempre objetivo e preciso Perez, eu não poderia deixar passar em branco, o artigo do Sr Percival, perfeito, de uma clareza e veracidade sem igual, como é fácil escrever quando se retrata a realidade sem tendenciosidade. Parabéns aos dois, foram muito felizes.

  6. O pior que o próprio Bolsonabo que era o anti-tucanalhismo-petralha em pessoa loteou seu des-governo com vários tucanalhas-petralhas….

    Vive la République.!!!!

  7. Data vênia caro Percival, isto o que você quer nunca vai acontecer, seria romper com a tradição, seria bizarro demais, até mesmo incompreensível, um ministro de tribunal superior com conhecimento de Direito, um trabalhador desta área, abusou desta vez caro Percival.

  8. Ninguém conhecia o desembargador, mas Bolsonaro conhecia, de longa data inclusive. E o que é importante para a escolha: Kassio não é ligado a nenhum dos ministros atuais do STF. Os urubus de toga também não gostaram. Kkk…

  9. “A indicação feita pelo presidente da República para ocupar a cadeira vacante no STF está a exigir uma explicação.”

    Ah, Sr. Puggina!

    Sr. Puggina, Sr. Puggina!

    Depois da informação de que foi o “Anjo” Frederick Wassef quem sugeriu o nome de Kassi Nunes ao Presidente;

    Depois que Kakay elogiou a indicação;

    Depois que o presidente foi beijar a mão de Gilmar Mendes e Toffoli para ratificar a indicação;

    Depois que o presidente defendeu a compra de lagostas com dinheiro público pelo STF, para defender o nome de Kassio Nunes;

    Depois do encontro de ontem entre o presidente, Alcomlumbre e Toffoli;

    Depois do abraço caloroso (fraternal, eu diria….kkkkk xD) entre Toffoli e o presidente divulgado ontem;

    Depois de tudo isso o senhor ainda considera necessária alguma explicação ????????

    Jura, Sr Puggina????

    Se o sr. é ingênuo a esse ponto (tenho certeza de que não é…), só me resta exclamar: “O sancta simplicitas!”

    • Não apaguei nada, Roberto Marques. Vou conferir o que está havendo. Tem certeza de que foi nesta matéria? Acho que você publicou no artigo do Antonio Rocha. É só copiar e repetir na matéria do Puggina.

      ABS.

      CN

      • Tenho certeza absoluta que foi aqui. Como o primeiro saiu com erros, pus uma resposta com a versão correta depois. Ambas sumiram. Qualquer coisa posto de novo.

  10. Certamente a minha idade está me alterando a mente porque estou cada vez mais tendo dificuldades de entender certos artigos.

    Li que vários comentários elogiaram Puggina, pelo fato de que ele pede um outro ministro para o STF, assim como fizeram Malafaia e Olavo de Carvalho.

    Malafaia e Olavo foram duramente criticados por isso, inclusive por mim, logo, discordo do texto do articulista em tela, pois os três senhores pedem o mesmo.

    Mas este é o problema da escolha presidencial sobre quem serão os ministros do STF!
    Se a Constituição lhe compete a escolha referendada pelo senado, o processo deveria ser substituído há tempo, pois tem provado que a Alta Corte se transformou em um tribunal político, renunciando às suas funções precípuas de isenção e imparcialidade.

    Ou se muda esse método ou jamais teremos justiça com o STF.

    • Temos que mudar primeiro a maneira como são escolhidos nossos representantes no congresso. A chamada “mãe das reformas (política)” que nunca chega infelizmente. Está TUDO errado no país e a maneira como se escolhe ministros do STF é mais uma coisa errada dentre TANTAS outras por aqui. Enquanto não tivermos instrumentos concretos e efetivos de cobrança para com nossos representantes nada feito. Temos que mudar o financiamento das campanhas, acabar com voto obrigatório, criar um sistema unicameral com voto distrital puro que atenda ao preceito de “um homem um voto” acabando com as super e as sub representações no congresso. Está TUDO ERRADO !!! O povo aqui no Brasil não “apita” nada! Só é chamado para pagar a conta!

  11. Bolsonaro refém dos corruptos em Brasília? Vamos analisar.
    Durante a campanha para a eleição presidencial em 2018, Bolsonaro pregava que se eleito manteria total independência com relação ao famoso toma lá, dá cá, ou seja, iria ignorar o processo corrupto do uso da troca de cargos pelos votos dos congressistas.
    Eleito, começou o governo fazendo exatamente o que havia dito na campanha, mas a sua gestão passou a ser prejudicada pela ingerência do Guru Olavo de Carvalho, que de lá dos Estados Unidos indicava seus apadrinhados para cargos no primeiro, e segundo escalão. Em virtude da intromissão desse guru o presidente exonerou do seu Staff, até alguns Generais do seu círculo de amizade como o Santos Crus e outros.
    No Alvorada Bolsonaro frequentava uma cerca em forma de curral na qual dava entrevistas e falava aos seus seguidores. Em toda e qualquer entrevista, o deputado Hélio Lopes um afrodescendente que, aparentemente era usado pelo presidente para apagar a sua fama de racista, sempre aparecia ao lado do presidente.
    Os seus filhos, 01, 02 e 03 mandavam e desmandavam no governo. Dentro do palácio do Planalto, ministros e auxiliares temiam a força deletéria do clã, mas aí começou a surgir muitos pedidos de impeachment os quais foram devidamente engavetados pelo presidente da Câmara, que na oportunidade era visto como inimigo, mas vez ou outra, mandava sinais de fumaça para o ex-capitão.
    Ao que parece, um desses sinais fez efeito, pois temendo que um processo de impeachment fosse aberto por Maia, o homem buscou guarida no colo do CENTRÃO. Aí o governo mudou. O homem deixou a cerca; passou a trocar cargos por votos; o guru escafedeu-se; os filhos, fora as orelhadas do 01 no processo da rachadinha; desapareceram; o afro descendente, também sumiu e foi substituído pelo deputado do Centrão, Ricardo Barros, agora, líder do governo no Congresso Nacional.
    E, pelo visto, nada, mais nada mesmo acontece nesse governo sem que o Centrão capitaneado por Rodrigo Maia, opine e/ou até mesmo, determine.
    Kassio foi recolhido pelo centrão para proteger os “bons parlamentares” que só visam o bem comum do povo brasileiro. Bolsonaro aceitou sem ressalvas.
    Alimenta cobra para ser picado. Pior que ele não enxerga nada.
    Assim fica difícil transformar o Brasil para melhor.

    • NÃO ACREDITO!
      NÃO ACREDITO!
      NÃO ACREDITO!

      Almas saíram do inferno, depois desse comentário postado pelo Cidadão Brasileiro, antes um defensor ferrenho de Bolsonaro!

      Parabéns!
      Não porque criticou o presidente, mas pelo fato de abrir os seus olhos com relação à administração levada a efeito, que se aproxima cada vez mais das anteriores, que tanto Bolsonaro criticou!

      Gostei da resenha apresentada, gostei muito.
      Abordou as promessas de campanha, o que realizou e deixou de lado, a sua aproximação com o Centrão, proteção aos filhos, mudanças de comportamento que em nada mais estava em acordo com o que pregou anteriormente.

      Isso, Cidadão Brasileiro, chama-se consciência cívica!

      Parabéns, mais uma vez.
      Fico feliz que retornes à cidadania brasileira, hoje tão desprezada, abandonada, maltratada e humilhada por Bolsonaro e quadrilha (aliás, antes também tivemos um presidente com a sua quadrilha nos governando)!!!

      Abraço, Cidadão Brasileiro.
      Muita saúde e paz.
      Cuide-se da pandemia, pois temos plena consciência que não é uma gripezinha, ainda mais que temos como “testemunhas” quase 150 mil brasileiros mortos!

  12. A vidência de Ulisses Guimarães “Está achando ruim essa composição do Congresso? Então espera a próxima: será pior. E pior, e pior…” é imortal e se aplica. em regra, aos tres poderes de Brasilia.

    Basta que seja adaptada aos fatos que surgem em abundância diluviana.

    Agora, ao presente momento do STF cabe a adaptação: Voces acham o que está saino era “juiz de merda”? Aguardem o próximo …

  13. Ainda tem mais ; DE NADA adiantará mudarmos as regras do jogo político, aproximando o eleito do eleitor, se o brasileiro comum continuar saqueando caminhão tombado na estrada ou furando fila para se dar bem! Falei!

  14. “A indicação feita pelo presidente da República para ocupar a cadeira vacante no STF está a exigir uma explicação.”

    Ah, Sr. Puggina!

    Sr. Puggina, Sr. Puggina!

    Depois que se soube que o nome de Kassio Nunes foi sugerido a Bolsonaro pelo “Anjo” Wasseff;

    Depois que o presidente foi beijar a mão de Gilmar Mendes e Toffoli pra ratificar a indicação;

    Depois que Kakay elogiou a indicação;

    Depois que o presidente, numa live, chegou a defender o “direito” de o STF comprar lagosta com dinheiro público, para defender a sua indicação;

    Depois do abraço caloroso (eu diria fraternal….kkkkkk xD) do presidente em Dias Toffoli, no encontro entre os dois e Alcolumbre, ontem, na casa de Toffoli;

    Depois de tudo isso, há necessidade mesmo de uma explicação?

    Jura, Sr. Puggina?

    Se o sr. é inocente a esse ponto (eu tenho certeza de que não é….), só me resta exclamar: “O sancta simplicitas!”

  15. Conheço Puggina ha vários anos. Acompanho sua trajetória nos comentários políticos e na cultura. É um brasileiro sério, trabalhador. Também estranhei nos últimos meses, suas posições em relação ao presidente. Por tudo que já passou e assistiu na política, não acreditava que pudesse “passear numa canoa furada”! Discordei, por vezes calado, vários de seus comentários. Mas o respeito!
    O de hoje é dentro da verdade atual!
    Tenho pessoas muito próximas que não enxergam os fatos. O que fazer, afinal são milhões de pessoas que, por paixão ou visão turva, acham o presidente correto. Milhões ainda diz\em ser Lula inocente!
    Bolsonaro já errou demais!, para o meu gosto e para os com os compromissos que assumiu. Procure descobrir o que já cumpriu com o que prometeu e o que descumpriu. Encontrará muito mais traições do que tarefas cumpridas.
    Em 2022, só será reeleito se centra o PT, seja com o poste-mor ou com algum de seus discípulos.
    O Brasil de verdade espera reformas urgentes. Uma delas é a que garantirá o voto responsável!
    Através de eleitores com qualidade, teremos eleitos que representarão a democracia e a sociedade.
    Nos dias atuais, cada vez mais estamos indo em direção a lugar nenhum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *