Desfecho liquida Lula no rumo das urnas, mas reacende a chama do PT

Resultado de imagem para lula e o pt charges

Charge do Angeli (Folha)

Pedro do Coutto

Escrevo este artigo no meio da noite de ontem e não havia ainda uma decisão concreta sobre a prisão do ex-presidente Lula no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. A dúvida persistia: se ele se entregava à Justiça ou se a Polícia Federal teria que prendê-lo naquele sindicato, criando a hipótese de um conflito em torno do prédio. Mas seja qual for o desfecho ele não vai assegurar a sobrevivência política do ex-presidente da República. Entretanto, o capítulo que começou na manhã de sexta-feira e ultrapassou o crepúsculo vai deixar Lula como um personagem na estrada do tempo e, paralelamente reacende a estrela do PT.

Não que isso signifique a vitória que sorriu para o partido nas eleições de 2002, 2006, 2010 e 2014. O impacto, na minha opinião não será suficiente para isso, porém pode ser suficiente para o êxito em algumas disputas estaduais e também num acordo possível em torno da sucessão presidencial de outubro.

SEM LULA – O PT prepara-se assim para uma fase que classifico como de lulismo sem Lula. Um jogo que os dirigentes partidários souberam executar ao longo de uma jornada que parecia atravessar a noite. Lula, analisando-se bem o quadro, transformou-se num símbolo além de si próprio, uma vez que é totalmente improvável possa reverter a decisão de quarta-feira do Supremo Tribunal Federal.

Perdeu em todas as instâncias até agora: na primeira, na segunda, no STJ e no STF. Seus recursos foram em vão. Terá que cumprir a pena que lhe foi aplicada. Esperam seus advogados que na próxima quarta-feira o Supremo possa votar uma ação direta de constitucionalidade, como pretende colocar em mesa o ministro Marco Aurelio. Entretanto, ele enfrenta a resistência da presidente Carmen Lúcia. Mas os obstáculos não são somente os habeas corpus impetrados pelo ex-ministro Antonio Palocci e pelo deputado Paulo Maluf. Os habeas corpus têm preferência na pauta. No entanto, antevejo uma barreira difícil de transpor.

PRECEDENTE LARGO – Há o fato de na quarta-feira passada ter o STF negado o HC a Lula em questão semelhante, o que se choca com a possibilidade de apenas uma semana depois mudar de pensamento. Inclusive o habeas corpus requerido por Lula era especificamente para ele, embora abrisse precedente bastante largo. A ação que o Ministro Marco Aurélio Melo deseja colocar na mesa é abrangente a todos os casos que se referem aos presos em decorrência de sentenças de 1ª e 2ª instância. Uma diferença entre um desfiladeiro estreito e um abismo 100 vezes mais largo. Mas esta é outra questão.

O desfecho de ontem vira mais uma página da história do Brasil e encerra um capítulo em que Luiz Inácio Lula da Silva, perdendo e vencendo, sempre foi um dos atores principais.

3 thoughts on “Desfecho liquida Lula no rumo das urnas, mas reacende a chama do PT

  1. Que a prisão do Lula crie o efeito dominó e prenda todos os outros chefes da corrupção !

    A PGR Raquel Dodge tem que fazer a 3ª denúncia contra Temer.

    Caso contrário ela estará cometendo crime de prevaricação !!!

  2. Não reacende chama alguma. O crustáceo nordestino jamais permitiu que essa seita tivesse outro lider além dele. Ele é suspeito de ter mandado assassinar dois oponentes na disputa do Sindicato dos Metalurgicos na década de 80 e é suspeito de mandar matar Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André, por medo de que se revelassem os crimes da organização criminosa. Sem o Lula, os petralhas são um amontoado de pessoas incompetentes, larápios, bandidos, sugadores da nação e dos trabalhadores. O PT, PC do B, PSOL e outras porcarias são quadrilhas em extinção. O Brasil extirpará esses tumores cancerígenos para progredir em paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *