Desmatamento da Amazônia aumenta e a Câmara oferece maiores facilidades

Resultado de imagem para Parque Nacional do Jamanxim

Grileiros já estão destruindo o Parque do Jamanxim

Daniela Chiaretti
Valor Econômico

Uma área do tamanho do Estado de Sergipe, de 1,1 milhão de hectares, estará desprotegida na Amazônia se os plenários na Câmara e no Senado aprovarem o resultado de duas manobras parlamentares feitas terça-feira e ontem em uma comissão mista. Áreas de floresta no Pará, que tinham status rígido de preservação, estão agora abertas à ação de especuladores de terra e poderão ser vendidas. A sinalização é péssima em uma região que está batendo recordes de desmatamento considerando-se as unidades de conservação federais e vai na contramão de se conter o desmatamento em escalada na Amazônia.

Também segue em direção oposta ao compromisso brasileiro de reduzir gases-estufa, assumido no Acordo de Paris.

RAPIDAMENTE – Em apenas sete minutos, uma comissão mista do Congresso fragilizou ontem compromissos ambientais na Amazônia repetindo o que havia acontecido no dia anterior. O Executivo editou em dezembro a Medida Provisória (MP) 758 com a intenção de desafetar 862 hectares de floresta no Parque Nacional do Jamanxim. Era um trecho pequeno na lateral da BR-163, que deixaria de ser parque para permitir curvas no trajeto da Ferrogrão, a ferrovia que deve levar soja do Mato Grosso ao porto de Miritituba, no Tapajós.

Parlamentares se apropriaram da prerrogativa do Congresso de analisar MPs e transformaram, por meio de emendas, os 862 hectares iniciais em 540 mil hectares, segundo relatório aprovado ontem na comissão. A decisão consta do relatório do deputado José Reinaldo (PSB-MA). A vítima de ontem foi o Parque Nacional do Jamanxim.

Todas as alterações propostas pelos parlamentares enfraquecem a preservação da Amazônia: 273 mil hectares do parque foram transformados em duas áreas de proteção ambiental (APAs).

ARDIL PERMISSIVO – A APA é a mais permissiva das unidades de conservação. Uma APA permite agropecuária e garimpo – Brasília está dentro de uma APA. Outros 70 mil hectares do parque passam para a Floresta Nacional do Trairão. Também foi aprovada a emenda que transforma em APA mais de 169 mil hectares da Flona de Itaituba 2.

“Em dois dias o oeste do Pará perde 1,1 milhão de hectares de florestas públicas que podem se tornar florestas privadas, se isso seguir adiante”, alerta o biólogo Ciro Campos, analista do Instituto Socioambiental (ISA). “Há duas forças principais nessas manobras. A turma da especulação de terras e a da mineração”, diz. O governo, quando propôs a “descriação” de áreas, fez acordos para ampliar outras. O setor de mineração impediu as ampliações, afirma Campos.

AVANÇO DO DESMATAMENTO – “Ao longo da discussão da MP 758, o Ministério de Minas e Energia apresentou sugestões ao relator, defendendo que o novo desenho deixasse de fora do parque áreas com potencial para mineração”, diz nota do WWF-Brasil.

“Alterar a categoria de proteção dessas áreas para aproveitamento agrícola, como justifica a emenda feita à MP original, é apostar noavanço do desmatamento na Amazônia”, diz nota técnica do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Os dois projetos de lei seguem para os plenários da Câmara e Senado.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A excelente matéria de Daniela Chiaretti mostra que é um verdadeiro festival. Além de liberar a venda de terras a estrangeiros na Amazônia, em projeto que avança no Congresso, agora vem essa excrescência legislativa para aumentar o desmatamento, que, aliás, é uma especialista do atual ministro da Casa Civil, Eliseu Resende, que é réu em dois processos – no Rio Grande do Sul e em Mato Grosso. E ainda chamam isso aí de “política”. (C.N.)

9 thoughts on “Desmatamento da Amazônia aumenta e a Câmara oferece maiores facilidades

  1. Caro Newton, os 3 patetas, não estão cumprindo o chamamento do Alm. Barroso, o Brasil espera que cada um cumpra seu Dever, a tropa, na guerra do Paraguai. no momento temos uma corja nos 3 poderes, a transformar o Brasil em Senzala.
    Creio que só com intervenção das Forças armadas, pode evitar os crimes hediondos das quadrilhas sediadas em Brasília.
    Dia 28, greve geral, como aviso, a bem da verdade, a corja do congresso, deveria estar presa, bem como membros dos outros ´podres poderes. Temer, está destruindo, o que ainda resta, de soberania nacional, ele mesmo acusado, com seus sinistros. O STF, que está stf, estupra e vilipendia a Justiça, com seus passos de cagado, e mordomias mil, e o trabalhador se danando, a sustentar a corja.
    Almas trevosas, a serviço do mal, já tem garantido o Ranger de dentes, por suas obras maléficas.
    Que Deus nos ajude a sair desse Pântano, pacificamente.

  2. Uai, eles recebiam propina para fazer Medidas Provisórias, por que não imaginar que devem estar recebendo Caixa Dois para fazer o desmatamento da amazônia? Um Congresso que rouba uma vez rouba sempre – ladrão só precisa da oportunidade.

  3. Vocês que incentivaram o golpe, não sabiam que a colônia em que vivemos, não seria liquidada com a turma do PMDB / psdb? Façam um mea culpa e digam que vocês após uma vida falando de política, não sabem de nada, só escrevem depois do capítulo ir a tela.

  4. O que importa e que estao destruindo o BRASIL e ninguem faz nada, so escrever nao adianta, ou paramos essa corja nefasta que esta no poder a mais de 30 anos ou ELES vao destruir o BRASIL.
    Sera que isso vai acontecer??? Os militares , os juizes honestos, alguem nacionalista levante a bandeira ou as armas e vamos tirar essa corja do poder, cadeia e prisao por 30 anos e perda de todos os bens adquiridos . A todos os corruptos que roubaram e continuam roubando o BRASIL do povo brasileiro sua hora chegou…CADEIA PRA TODOS

  5. Este crime de devastação é de longa data, era criança e já praticavam este crime ambiental, o mundo mudou, mas o Brasil continua na idade da pedra, nenhum presidente se preocupou em preservar o pulmão do país, é uma vergonha, tudo a custa de dinheiro corrupto, dá vergonha desta raça.

  6. Agora me digam, se conseguiram transformar, por meio de emendas, os 862 hectares iniciais em 540 mil hectares, imagino o que não farão com a constituição, por meio da votação da Constituinte Exclusiva para Reforma Politica? No mínimo tirarão o “exclusiva” e aí reformularão toda a constituição ao bel prazer. Esse congresso já não é mais legítimo. E as matérias e leis que votarem TODAS terão que ser revogadas.

    • Sim, e era para ontem, que crimes assim fica muito difícil reverter, nem tirando o couro do desgraçado que o cometeu resolve…

      Alternativa: ‘snipers’, mirando na gang do vampiro, deflagrando alguns projeteis certeiros.
      ‘Pelas onças’, vai…..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *