Desorientada e sem rumo, Dilma desiste de recriar a CPMF

Valdo Cruz e Natuza Nery
Folha

Diante de reações negativas, a presidente Dilma Rousseff desistiu neste sábado (29) de propor a recriação da CPMF, o chamado imposto do cheque, para cobrir um rombo de R$ 80 bilhões no Orçamento da União de 2016.

A decisão foi tomada durante reunião hoje à tarde da presidente com os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Nelson Barbosa (Planejamento).

Durante a reunião, a avaliação feita é que a reação contrária à ideia, principalmente de aliados e empresários, foi muito forte e inviabilizou sua aprovação neste ano.

Agora, o governo pretende fazer uma discussão de médio e longo prazos sobre o financiamento da saúde. Nestas discussões, a ideia de recriar a CPMF pode ser levantada novamente.

PRESSÃO

Além de aliados como o vice-presidente Michel Temer (PMDB), políticos e empresários, a presidente Dilma Rousseff foi pressionada também por assessores diretos a desistir de propor a volta da CPMF, o imposto do cheque, que a equipe econômica pretendia apresentar ao Congresso na próxima segunda-feira (31).

O argumento da área econômica foi o de que a recriação do tributo era o melhor caminho para o governo fechar o Orçamento de 2016 e tapar um buraco de R$ 80 bilhões causado pela continuação da queda da receita federal em 2016.

5 thoughts on “Desorientada e sem rumo, Dilma desiste de recriar a CPMF

  1. Dona dil-má está mais perdida do que barata em caminhão de mudanças.
    O dinheiro está bem na porta dela, coisa facilnho de fazer e resolver.
    È só ter coragem.
    Posso ajudar, mas com uma condição….
    Só uma medida dava mais de 10 vezes o valor da CPMF……

  2. Dilma é como todos os políticos brasileiros só sabem administrar, pelo lado da receita, se é que sabem administrar,
    Não sabem administrar pelo lado a eficiência e da despesa por que dá trabalho e dor de cabeça.

    Uma das muitas provas são as construções do Pan Americano, Copa 2014 e Olimpíadas 2016.

  3. SÓ UMA IMBECIL TOTAL PODE SEQUER PENSAR EM REVIVER UMA EXCRESCÊNCIA COMO A CPMF. SE O PAÍS ESTÁ TÃO RUIM DAS PERNAS, POR QUE TEMOS TANTOS DEPUTADOS, SENADORES, MINISTROS E FUNCIONÁRIOS GOVERNAMENTAIS GANHANDO VERDADEIRAS FORTUNAS E PEDINDO MAIS AUMENTO ENQUANTO O POVO, COM DESTAQUE PARA OS PENSIONISTAS E APOSENTADOS, COME O PÃO QUE O DIABO AMASSOU? ISSO É A PROVA MAIS CABAL QUE SOMOS UM POVO ANALFABETO E DESORIENTADO, TOTALMENTE SEM LÍDERES. AQUI SÓ TEM LADRÃO !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *