Deu a louca no PT e Dilma quer ajudar campanha de Lula, que não sabe como recusar

Brasil x Paraguai e Lula e Dilma nas charges deste s�bado - Brasil x Paraguai e Lula e Dilma nas charges deste s�bado - Regi�o - Jornal NH

Charge do Sinovaldo (Jornal VS)

Carlos Newton

O jornal O Tempo, editado em Minas Gerais, anuncia que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) não deve disputar as eleições do próximo ano, reservando a agenda para ajudar na campanha do ex-presidente Lula da Silva (PT) ao Palácio do Planalto. A informação é de interlocutores dos petistas.

Como se sabe, a ex-presidente disputou e perdeu na eleição de 2018 uma vaga para o Senado por Minas Gerais, embora fosse considerada favorita em todas as pesquisas e houvesse duas vagas, que foram preenchidas pelo então deputado Rodrigo Pacheco (DEM) e pelo jornalista e apresentador Carlos Viana (PHS), que passaram ocupar as cadeiras pertencentes a Aécio Neves (PSDB) e Zezé Perrella (MDB).

NO RIO GRANDE – Com a surpreendente derrota, Dilma preferiu continuar morando no Rio Grande do Sul e decidiu não concorrer na próxima eleição, que será ainda mais difícil, porque só há uma vaga de senador.

Segundo o jornal O Tempo, a ex-presidente anunciou que vai se dedicar à campanha de Lula.; Com isso, cria uma situação que causa constrangimento entre os petistas, porque ninguém sabe se ela traz ou tira votos.

Ainda está na memória de todos a tenebrosa convenção de 2014, quando os participantes gritavam “Volta Lula!” e ele surpreendeu os convencionais, ao mandar que votassem na candidatura de Dilma Rousseff à reeleição.

DILMA PEITOU LULA – O fato concreto é Dilma peitou Lula, dizendo ter direito constitucional à reeleição. Ele insistiu em ser candidato e a então “presidenta” ameaçou revelar que a amante dele, Rosemary Noronha, tinha viajado para o exterior mais de 30 vezes como clandestina, sem o nome na lista oficial de passageiros do Aerolula, para enganar dona Marisa Letícia. A “presidenta” prometeu divulgar também os gastos de Rose no cartão corporativo, no Brasil e no exterior, e Lula teve de recuar.

Mais quatro anos se passaram, Dilma Rousseff não é mais nada e agora Lula não tem empecilhos para se candidatar. Mas há dois problemas que podem atrapalhar sua vitória – a possibilidade de união de centro-esquerda em torno de um candidato de terceira via e a necessidade de recusar a ajuda de Dilma Rousseff, que tem potencial para destruir as chances de o PT ganhar a eleição.

###
P.S. –
Nas hostes de Bolsonaro e dos demais candidatos, a torcida é grande no sentido de que Dilma comece logo a subir nos palanques ao lado de Lula, para que as pesquisas mudem a tendência atual. (C.N.)  

13 thoughts on “Deu a louca no PT e Dilma quer ajudar campanha de Lula, que não sabe como recusar

  1. Carlos Newton, muito oportuna a sua observação, eivada de exemplos incontestáveis.
    Dilma não agrega nada a Lula, logo favorece Jair.
    As pautas do governo Bolsonaro são muito semelhantes as do governo Dilma, as quais enumero para melhor compreensão do leitor contribuinte:
    Dilma tinha relação difícil com o Congressos, Bolsonaro idem,
    Dilma desrespeitou o teto de gastos, Bolsonaro idem,
    Dilma privatizou estatais, Bolsonaro idem,
    Dilma tinha apoio do Centrão, Bolsonaro idem,
    Dilma não tinha boas relações com o vice Temer, Bolsonaro vive dando caneladas no vice Mourão, idem,
    Dilma insistia com o Ministro da Economia Mantega, que não entregava resultados, Bolsonaro com Paulo Guedes idem,
    Dilma aumentou as verbas do Bolsa Família Bolsonaro idem, nessa seara, um ponto positivo dos dois,
    Dilma tinha pouca vontade na preservação do Meio Ambiente, Bolsonaro tem muita má vontade e atua na destruição das nossas florestas, não posso citar o idem nesse caso específico,
    Bem, as semelhanças ficam por aqui, não é, porque Dilma, apesar de tudo, tinha muito, mais muito mais sensibilidade social do que Bolsonaro.
    No confronto direto entre Dilma e Bolsonaro, não votaria de jeito nenhum no senhor Jair. Rezaria todos os dias pela chegada da terceira via.

  2. Toda essa história de Rosemery é ficção digna de um filme. Uma história só aqui contada. Para inglês ver.
    Mais de trinta viagem às escondidas e nenhum paparazzi flagrou todos esses? Ainda mais no exterior… não levantou registros nem nada.

  3. Maravilha !!!

    Fico imaginando Lula, Dilma e Rosemary no mesmo palanque, juntinhos e com afeto.

    Parece que os gastos com o cartão corporativo são pagos com o dinheiro do povo, certo ?

    Por qual razão esses gastos não são disponíveis para os cidadãos que pagam a conta ?

  4. Dilma é burra e má !!! Ela sabe que fez dois governos quase tão desastrosos como o do boçal. Sabe que Lula é, muito provavelmente, o único candidato capaz de derrotar o boçalnato. Sua ajuda só vai atrapalhar . Sabendo disso, só podemos chegar a UMA conclusão: ela é bolsonarista !!! MEGERA !!!

    • Então. Sabe-se que não governou, por quê? Não liberou o orçamento… Tem hoje o Genocida liberando e nem assim governa. Preferível Dilma ao Genocida.

      • Nem com Tratoraço, milícia e a equipe econômica com Chicago-boy esse Genocida faz um governo. É um Desgoverno em todas as áreas passando vergonha.

  5. O PT (Partido de narcoTraficantes) sempre foi louco. Louco por trasnformar o país numa ditadura “socialista do séc XXI, louco pelo dinheiro do povo (que roubava às escâncaras dos cofres públicos), louco por putaria e degeneração social (financiada e aplaudida pelo ladrão-mór, Lula da Silva), louco por comprar a alma de jornalistas venais e prostituídos, etc.

      • O agente militar que levava a droga foi nomeado durante o governo do PT (partido dos traficantes).

        “O PT tinha umas conversas cabulosas com nóis”, palavras de um chefe do PCC.

        Segundo o “Pollo” Carvajal, chefe do tráfico venezuelano preso na Espanha, os malotes diplomáticos do Itamaraty eram usados para transportar dinheiro do narcotráfico da venezuela para outros países. Icompreensível que tais denúncias ainda não tenham sido analisadas pela Tribuna da Internet.

  6. Os brasileiros votaram em Bolsonaro em busca de uma saída, de melhoria da qualidade de vida, mas, ledo engano, foram enganados pelo candidato fake, que não conhece nada de Economia delegando tudo para o investidor Guedes, em paraíso fiscal, naquela offshore Britânica, Inglaterra é claro, pois nosso país remunera o rico dinheirinho dessa gente, com merreca. Os bancos brasileiros não se emendam. Por isso, a galera que tem dinheiro está migrando para as criptomoedas, entre elas os biticoins, significando uma perda muito grande para os banqueiros.
    Não demora muito para Bolsonaro criar o PROER, aquele auxílio dado por FHC para socorrer os Bancos quase quebrados, no governo do sociólogo tucano
    Bolsonaro está desesperado para dar Auxílio para rodo mundo de olho na reeleição, tanto que o Relator da PEC do Auxílio Brasil para os necessitados, muito justo, afinal, pois bem o deputado do PP integrante do Centrão, reclamou da vigência do Auxílio, somente para o ano de 2022, chamando o corte no tempo de medida eleitoreira. Olha quem diz isso não é a esquerda, viu, é um deputado da base Bolsonarista. Terminou a eleição, Bolsonaro se elege e o auxílio acaba. E as pessoas voltarão a passar fome? Sob todos os aspectos, isso é de uma crueldade, típica do mau Mito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *