Dilma, a juíza da equipe econômica

Valdo Cruz
Folha

O PT não gostou nem um pouco, mas a equipe de Dilma Rousseff já ensaia o discurso em defesa da escolha de Joaquim Levy, para substituir Guido Mantega no comando do Ministério da Fazenda.

Tudo bem que ele é um economista adepto da ortodoxia, algo considerado uma doença para petistas. Mas hoje, dizem dilmistas, o futuro ministro, tudo indica, está bem mais maduro e mais consistente.

Fazem questão de lembrar que Levy fez críticas aos juros altos quando era secretário do Tesouro do governo Lula. Reclamava que cumpria sua parte no controle de gastos e o Banco Central exagerava um pouco no aperto da política monetária.

Além disso, o Palácio do Planalto aposta numa equipe econômica mais equilibrada neste segundo mandato, criando um ambiente para um “debate saudável” sobre os rumos da economia brasileira a partir de 2015.

De um lado, Levy e sua ortodoxia. De outro, Nelson Barbosa com sua visão mais desenvolvimentista no Ministério do Planejamento. E, no BC, Alexandre Tombini mirando a inflação no centro da meta.

SEM TRABUCO

No primeiro mandato, só deu a linha desenvolvimentista. Se gerou desemprego baixo e renda do trabalho em alta, deixou inflação elevada, juros salgados, rombo nas contas externas e crescimento medíocre. Mistura explosiva e pronta para destruir as conquistas sociais.

Não por outro motivo Dilma Rousseff fez o que fez. Para surpresa de amigos, depois de bater na Neca do Itaú na campanha, convidou o Trabuco do Bradesco e escolheu Joaquim Levy para Fazenda, também do Bradesco e adepto da mesma cartilha econômica de Armínio Fraga.

Total incoerência com o discurso eleitoral, daí a tristeza no mundo petista. Pior, porém, seria insistir nos erros que estavam levando o país a um quadro de estagflação.

Agora, depois dos bons sinais na escolha da nova equipe, é preciso saber como Dilma Rousseff exercerá seu papel de árbitra da economia.

8 thoughts on “Dilma, a juíza da equipe econômica

  1. Taxa de desemprego baixa?
    Manipulada, claro.
    Milhões de cadastrados no bolsa família não entram como desempregados.
    E ainda por cima, são considerados empregados…”Pessoas que exerceram trabalho, remunerado ou sem remuneração, durante pelo menos uma hora completa na semana da pesquisa”.
    Assim é fácil corromper os números.

    • É ‘aquele ‘ calculo, só é considerado desempregado que procurou emprego nos últimos 6 meses e não encontrou. Dessa forma as 56 milhões de pessoas do Bolsa Família são consideradas empregadas.

  2. “Não existe saída para se evitar o colapso final de um BOOM provocado por uma expansão de crédito.

    A pergunta é somente se a crise vem antes através da redução expontânea da expansão de crédito,ou depois com uma catástrofe total e terminal do sistema monetário da nação.”

    (Ludwig Von Mises)

    PS: Toda a política econômica-financeira-monetária das Eras Lula/Dilma/PT são fundamentadas no populismo,na irresponsibilidade e na fraude.

  3. Caro amigo Carlo Germani:
    Muito boa, excelente, a frase do sábio alemão, von Mises, que o Sr. citou acima. Ele profetizou o colapso econômico da URSS com setenta anos de antecedência, ou seja, sabia muito bem do que falava.
    Tenho alguns livros do Sr. Mises, como: “As seis lições de economia”, “Ação Humana”, “A mentalidade anticapitalista”, e o colossal “Socialism: An Economic and sociological Analysis”, sendo o último, para mim, o seu melhor livro.
    Infelizmente os brasileiros não despertaram para a realidade, e não enxergam que o Brasil caminha para o desastre socialista. As mesmas ideias que foram defenestradas na Europa, foram acolhidas pelos brasileiros sob a batuta do PSDB e do PT.
    É muito triste ver os brasileiros caminharem para o matadouro, como bois. É muito triste ver as piores ideias prevalecerem.
    Acho que os brasileiros só aprenderão que as ideias socialistas encarnam o mal, quando chegarem ao fundo do poço.A história do século XX com os 100 milhões de cadáveres das vítimas do socialismo não foi suficiente para que o socialismo, esse “queridinho” dos pseudos intelectuais, do formadores de opinião e de outros inocentes uteis, enxergasse toda a sua maldade.
    Saudações.
    Bom fim de semana.

    • Caro Antonio Valente,

      Desde que li o primeiro comentário seu,percebi que você tem especial acuidade cultural-intelectual.Ao citar as obras principais de Von Mises,confirmou.

      Num oceano de inocentes-úteis,idiotas-úteis,(…),ter pessoas com senso de realidade,como você,permite revigorar as esperanças de um Brasil próspero e justo.

      PS: Toda país para definir um verdadeiro projeto de nação,teve de passar por um mega
      conflito interno.O Brasil não escapará dessa provação.
      O número de oportunistas,existencialistas-materialistas e de imbecis coletivos é imenso.

      PS2: Você disse: “Acho que os brasileiros só aprenderão que as idéias socialistas encarnam o mal quando chegarem ao fundo do poço”.
      É a pura verdade.Concordo plenamente.

      Abraço e bom fim de semana.

  4. A ÚNICA SOLUÇÃO PARA O CAOS ECONOMICO QUE JÁ ESTAMOS VIVENCIANDO, COMEÇA PELA QUEDA DA PRESIDANTA! COM ESSA ANTA NO PODER NÃO HÁ SOLUÇÃO! E OLHA QUE A SAIDA DELA É UMA CONDIÇÃO NECESSARIA, PORÉM PODE SER INSUFICIENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *